sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Trens CAF 2100 apresentam série de avarias


A neblina estava um pouquinho densa ontem, típico de R.G. da Serra mesmo...

Seguidores, não sei o que acontece com essa frota... Do dia 04 até hoje, nada menos que 5 composições da Série 2100 avariaram em Rio Grande da Serra. Cada dia, encontro um trem no fundo da estação com um problema diferente. Hoje, um trem não partia, provavelmente por algum problema de tração.
Ontem, um trem avariou durante a manhã, e não estive presente para fotografar. Mas quando voltei da universidade, a composição que me trouxe avariou o ar condicionado, nos segundo e terceiro carros. Segundo o maquinista, houve um problema em uma caixa localizada abaixo do carro C127;
Dia 04, por algum motivo mais uma composição avariou por aqui. Não souberam me informar o motivo, mas sabe-se que é um trem a menos na circulação...



Com essa situação, a CPTM não encontra alternativa a não ser repor a frota de trens da Linha 10 com os trens série 1100, que rodaram por aqui no ano de 1997. Alguns usuários não gostam desse trem, e com isso, cria-se um preconceito contra ele. Mas trata-se de um excelente trem, com mais de 50 anos de serviços em SP. É esperar para ver o que acontecerá aqui na linha 10...

7 comentários:

  1. Por isso que os 1100 estão rodando com frequencia na L10 . . .

    ResponderExcluir
  2. Eu, e MUITOS outros usuários da linha 10, odiamos os Mafersas, acho uma falta de respeito colocá-los para rodar em nossa linha enquantos todas as outras recebem os novos CAF Série 7000... e a linha 10, não recebe trens novos porquê?!

    ResponderExcluir
  3. Caro anonimo;
    De nenhuma maneira é falta de respeito oferecer serviços de transporte para os usuários da CPTM. Entenda que em alguns casos, existe grande número de avarias dos trens série 2100, o que torna necessário a utilização do trem série 1100 na linha 10. Ambos possuem caracteristicas semelhantes, o que torna possível a utilização dos dois nessa linha. Lembrando que o trem série 1100 presta serviços nas ferrovias paulistas desde meados dos anos 1950.

    A questão das outras linhas receberem o CAF 7000 é a seguinte: A CPTM licitou a compra de 48 novos trens para as linhas 7-Rubi (20), 9-Esmeralda (8) e 12-Safira (20). Vemos esse trem rodando nessas linhas, e ainda na linha 11-Coral, onde estão emprestadas duas unidades, enquanto os trens dessa linha passam por reforma. Mas todos estão rodando em suas respectivas linhas, o que torna a sua questão inválida.

    Porque a Linha 10 não recebe novos trens:
    A começar, a linha 10 não necessita de trens novos, porque sua frota é consideravelmente util, não precisando de renovação. Temos um trem dotado de boa performance, com ar-condicionado e um conforto ímpar. Outro fator a se considerar: recebemos a frota 2100 praticamente nova, o que torna indispensável uma nova frota em substituição a essa. Se recebermos novos trens, os mesmos seriam de 8 carros, ou seja, não caberiam nas plataformas. Perceba que tanto o 2100 quanto o 1100 prestam serviços com 6 carros.

    Espero ter sanado sua dúvida. Qualquer outra divergência, entre em contato. Obrigado pela participação no blog.

    ResponderExcluir
  4. Tudo bem que precisa-se de trens reservas, mas é muito injusto tirar trens titulares da série 1100 da linha 7, enquanto esta sofre super lotação nos horário de pico, mesmo com a chegada de alguns trens novos....
    É a mesma coisa que tirar terra de um lugar para tapar outro...

    ResponderExcluir
  5. Caro anônimo, na época da postagem, os trens retirados da Linha 7 eram apenas no horário de vale, ou seja, de menor movimento. Creio eu que duas unidades ficavam aqui na Linha 10 nos horários de pico, mas não deixavam espaços na Linha 7, por conta da presença dos novos trens série 7000. Já faz algum tempo que toda a frota série 2100 está de volta para a Linha 10, então, não se vê mais a necessidade de trens reservas, pelo menos num primeiro momento. Caso haja necessidade, a CPTM enviará trens série 1100, que possuem basicamente a mesma configuração do trem série 2100 (seis carros, motorização nas pontas e encaixe de plataforma), e tais trens não farão falta na L7, já que essa possui novos trens recém-chegados. Estamos num momento onde a CPTM está com ´sobra de trens`, algo que nunca aconteceu em sua história.

    ResponderExcluir
  6. Está certo que podem não deixar buracos, mas se for verdade que a série 1100 vai descer pra linha 10, não adianta de nada 20 novos trens se 11 saíram de operação da linha, é claro que vai ter menos atrasos já que as duas séries são mais rápidas, entretanto o saldo de trens a mais será apenas de 9... E também uma pesquisa realizada o ano passado diz que as linhas 7 e 11 são as mais superlotadas com 8,4 passageiros por metro quadrado, então precisa-se de trens...
    Outra, a linha 7 está praticamente abandonada nas obras: O viaduto de Caieiras e estação Vila Aurora (que nem saiu do canto) eram para terem ficado prontas o ano passado e nas estações Franco da Rocha e Francisco Morato não se nota quase singuém trabalhando... Enquanto que em outras linhas as obras ficam prontas com muita rapidez... E as estações do eixo Jundiaí estão precisando urgentemente de reformas, principalmente Jundiaí terminal da linha 7, uma cidade tão bonita com uma estação tão feia, infelizmente...
    Então são coisas para se pensar. Por a se trabalhar e dar mais valor ao povo da região Noroeste, por que com certeza isso está faltando!

    ResponderExcluir
  7. Caro anônimo, não temos informação concreta sobre a vinda dos trens série 1100 para a L10, e postei isso apenas como suposição. Todavia, há de se considerar que, com a troca de sinalização, e com os 20 trens novos, mais os trens série 1700, a operação na linha 7 não será muito afetada.
    Quanto as obras, estão atrasadas mesmo, por conta de alguns trâmites burocráticos. Jundiaí não pode ter obras, por ser patrimônio.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores