sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

CPTM receberá 400 trens até 2012, diz novo secretário de transportes

O indicado para a Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Jurandir Fernandes, informou que a expectativa do governo estadual é de que a conclusão da primeira fase da Linha 4 (Amarela) do Metrô será entregue no primeiro semestre de 2011. Depois de ter seu nome anunciado para o cargo, o futuro titular da pasta antecipou investimentos na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que, de acordo com ele, receberá entre 2011 e 2012 mais de 400 trens.
Ele ressaltou ainda que a expansão da Linha 2 (Verde) do Metrô já está com a licitação pronta. Segundo Fernandes, amanhã também serão abertas as propostas para a Linha 17 (Ouro), que ligará a região do Aeroporto de Congonhas ao Estádio do Morumbi, por meio de monotrilho.
Questionado, o secretário indicado disse que "não há dúvida" de que a Linha 5 (Lilás) do Metrô não ficará pronta até da Copa do Mundo de 2014. "Estamos preocupados com o desfecho da Linha 5", afirmou. "Nós queremos realmente verificar todas as possibilidades de adiantar o máximo possível a solução, seja para nova licitação, seja para equacionar o que já está lá." Depois de denúncia de que houve fraude na licitação dos lotes três a oito da Linha 5, os contratos foram suspensos até que investigações, abertas a pedido do governo de São Paulo, sejam concluídas.
O Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo também recomendou hoje à presidência da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) que não autorize o início da execução dos contratos referentes à licitação da linha 5. A medida seria adotada até que terminem as investigações da própria administração pública ou o inquérito civil instaurado pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social para apurar suposta fraude no processo licitatório. 
 
 
Diego Silva opina:
Seguidores, acho essas promessas muito sem fundamento. A começar: esse secretário não fez nada de interessante pela CPTM em sua administração anterior. O que muito fez foi comandar a reforma dos trens série 5550. Nada mais. Agora, prometer 400 trens num prazo de dois anos é algo muito compremetedor, uma vez que a CAF ainda não conseguiu entregar os 48 trens que foram prometidos até o fim desse ano, então, que história é essa de querer enfiar 400 trens na CPTM? Agora me respondam: onde vão colocar tanto trem? Falta linha, falta energia, falta sinalização, falta quase tudo para receber tantas composições! Esse novo secretário não tem 10% da visão que o atual tem (sr. José Luiz Portella). Portella sim, comandou uma revolução histórica nos trilhos paulistas, trazendo tecnologia e modernidade. Se preparem, porque vamos regredir muitos anos com o retorno desse secretário. E não fiquem surpresos se o blog for encerrado por censura. Sou muito a favor da permanência de Portella e de Sérgio Avelleda na CPTM. A evolução não ode parar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores