sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Siemens pretende disputar Trem entre Santos e São Paulo

Siemens Desiro ML
Fonte: Revista Ferroviária

Lançado no início do ano mais como uma hipótese, o plano de fazer um trem de passageiros entre Santos e São Paulo ganhou novas definições. Conversas do governo paulista com possíveis fornecedores indicam que a obra é viável, a despeito do complicado trecho de subida na Serra do Mar - o projeto quer utilizar como base parte de uma antiga linha desativada nos anos 70, na qual os trens eram puxados por cabos. Segundo fornecedores, trens comuns também podem cumprir a tarefa.

A divisão de transportes da Siemens é até agora a candidata mais envolvida no projeto. A empresa vem participando de estudos preliminares, e identificou o tipo de composição e equipamento adequado ao trecho. Trata-se de um trem destinado ao transporte regional - batizado Desiro ML -, adotado em sete países, entre eles Alemanha, Suíça, Bélgica e Inglaterra. De acordo com a empresa, o modelo pode vencer o trecho de subida da serra usando uma composição curta, de dois carros, o suficiente para acomodar 200 pessoas.

Segundo Juarez Barcellos, gerente de vendas da Siemens, o trem oferecido pela empresa conseguiria subir a 90 km/h o trecho da Serra do Mar, vencendo uma inclinação de 8% - ou seja, a cada 100 metros percorridos, o trem sobe 8 metros. A inclinação, segundo o executivo, é pouco usual em ferrovias. Vencida a serra, o trem desenvolveria uma velocidade de 160 km/h no planalto, até São Paulo.

O produto da Siemens faria o trajeto em 45 minutos, dentro do tempo estimado pelo governo paulista, que queria o trecho coberto em até 50 minutos. A previsão de tráfego é de algo entre 30 e 50 mil passageiros ao dia, o equivalente a cerca de 15% a 20% do volume de uma linha urbana da CPTM. A visão do governo é de que trata-se de uma demanda com grande potencial de crescimento, devido ao futuro impacto da exploração do pré-sal na ocupação urbana da baixada santista.

O executivo da Siemens diz que a empresa não tem uma estimativa de custo da obra, que está por conta do governo, mas observa que o seu produto reduz custos devido à pouca necessidade de alteração no traçado já existente no trecho de serra. Quanto aos trens, custariam pouco mais do que o preço de um equipamento convencional destinado ao Metrô ou à CPTM, algo perto de US$ 3 milhões por cada carro da composição. Também ainda não há projeção de quantos trens precisariam ser adquiridos para dar conta da demanda.

Em março o então governador José Serra assinou um decreto expandindo a área de atuação da Secretaria de Transportes Metropolitanos, que passou a abranger todo o Estado. A secretaria criou então um grupo de trabalho para estudar a implantação dos trens expressos para Sorocaba e para a baixada Santista. Também havia planos para levar linhas para São José dos Campos e Campinas, mas essas foram deixadas de lado com a definição do trem-bala.

De início o trem até Sorocaba foi considerado mais viável, devido à possibilidade de utilizar linhas já instaladas, hoje sob concessão da ALL Logística. O trem de Santos depende da superação da Serra do Mar e ainda terá de passar por linhas de uso misto para carga e passageiros. O trecho compartilhado pela CPTM e a MRS Logística, cruzando São Paulo, é alvo de projetos para separar as linhas e viabilizar um uso intenso tanto para carga como para transporte urbano.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos não quis comentar o projeto do trem para Santos. Outras empresas do setor ferroviário com presença no Brasil - como Alstom, CAF e Bombardier - disseram ter interesse no projeto e produtos que podem atendê-lo, mas não confirmam ter tratado com o governo sobre maiores detalhes.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Vandalismo na Linha 10




Seguidores, hoje foi o cúmulo! Estava voltando para casa, depois de mais um dia de aula na universidade, e devido ao sono, acabei dormindo no trem. Acordei com a composição saindo de Ribeirão Pires, e haviam 3 pessoas dentro do carro, uma moça e dois garotos. Tudo normal, até que eu presto atenção, e um dos garotos estava riscando o vidro de uma das janelas. Detalhe: o trem contava com câmeras de segurança (carro 2107). Ao desembarcar, fiz meu papel de ferroviário e de Usuário Amigo da CPTM: denunciei o ato aos seguranças, que imediatamente abordaram os infratores. Para evitar problemas, saí rapidamente da estação, e em seguida informei a CPTM pelo atendimento 0800. As devidas providências serão tomadas. Até quando as pessoas irão praticar vandalismo nos trens? O que leva uma pessoa a destruir o que ela usa? Em casa, ela destrói a TV ou o rádio, ou mesmo o computador? Enquanto todos se calarem diante de fatos como esse, nada irá mudar. Mas enquanto existirem pessoas que se preocupam com o trem, assim como eu, o serviço irá melhorar cada vez mais. Se vocês, seguidores, notarem qualquer tipo de vandalismo, seja em trem ou estação, denuncie! A CPTM garante sigilo total. Existem três formas de denúncia: Atendimento 0800, onde você irá falar diretamente com a empresa (0800-055-0121); via email, onde será registrada sua denúncia (usuario@cptm.sp.gov.br); ou ainda, pelo SMS Denúncia, também mantendo sigilo (7150-4949). Todos por um transporte cada vez melhor!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Trens CAF 2100 apresentam série de avarias


A neblina estava um pouquinho densa ontem, típico de R.G. da Serra mesmo...

Seguidores, não sei o que acontece com essa frota... Do dia 04 até hoje, nada menos que 5 composições da Série 2100 avariaram em Rio Grande da Serra. Cada dia, encontro um trem no fundo da estação com um problema diferente. Hoje, um trem não partia, provavelmente por algum problema de tração.
Ontem, um trem avariou durante a manhã, e não estive presente para fotografar. Mas quando voltei da universidade, a composição que me trouxe avariou o ar condicionado, nos segundo e terceiro carros. Segundo o maquinista, houve um problema em uma caixa localizada abaixo do carro C127;
Dia 04, por algum motivo mais uma composição avariou por aqui. Não souberam me informar o motivo, mas sabe-se que é um trem a menos na circulação...



Com essa situação, a CPTM não encontra alternativa a não ser repor a frota de trens da Linha 10 com os trens série 1100, que rodaram por aqui no ano de 1997. Alguns usuários não gostam desse trem, e com isso, cria-se um preconceito contra ele. Mas trata-se de um excelente trem, com mais de 50 anos de serviços em SP. É esperar para ver o que acontecerá aqui na linha 10...

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Linha 10 recebe o primeiro trem com a nova identificação da CPTM


Por Diego Silva

Olá, seguidores! Notícia recente para vocês: a CPTM disponibilizou no último sábado uma composição da série 2100 com a nova identificação visual da empresa, para a linha 10 Turquesa (Luz - Rio Grande da Serra). A composição, com prefixos #2111 e #2135, foi a segunda da série a ser reformada, e foi enviada para a linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), onde existem outros trens dessa composição que auxiliam no horário de pico. A composição conta com assentos ergonômicos, câmeras de segurança em todos os carros, ar condicionado, e teve toda a parte mecânica e elétrica revisada e modernizada, detalhes que podem ser notados durante a viagem. O trem tem chamado a atenção dos usuários por onde passa, de acordo com funcionários da CPTM. Não trouxe imagens antes para vocês porque só hoje consegui de fato viajar nele, e o fotografei aqui em Rio Grande da Serra. Pelo que parece, a linha 9 irá ganhar nove novas composições, e com isso, os trens da série 2100 que lá estão serão deslocados de volta para a linha 10. Logo trarei mais notícias.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Visita técnica na CPTM


Por Diego Silva

Seguidores, hoje venho contar para vocês sobre a visita técnica ocorrida na CPTM, no domingo (25/07). Fui convidado pela empresa dessa vez, e fui autorizado a levar uma pessoa comigo. Escolhi meu sempre parceiro de viagem Derick Toshiba, para agradecer o tanto de coisas que ele já fez por mim na ferrovia. Começamos no Brás as 08h, num dia aparentemente frio.


Cheguei na estação por volta das 07h40, e enquanto não dava o horário da visita, fui tirar algumas fotos na estação. A foto acima foi uma delas, e por alguns motivos de força maior, minha camera não estava lá muito disposta. Tive problemas com a lente...


Depois de mais de uma hora de palestra, descemos para conhecer o CCO (Centro de Controle Operacional). Fomos orientados pelos funcionários, e nos explicaram algumas operações e estratégias de operação. Deslumbramos os paineis de controle, e tudo o que acontecia naquele momento nas linhas 8/9/11/12.



Depois do CCO, visitamos o CCS (Centro de Controle de Segurança), que assim como o CCS do Metrô, não nos permitiu fotografar dentro da sala de controle. Conhecemos o sistema de SMS denúncia, as câmeras de vigilância de todo o sistema... foi bem legal, e além disso, vimos alguns vídeos de acidentes ocorridos recentemente. Inacreditável como alguns usuários quase perdem a vida por nada nos trens! Só vendo para acreditar o que ocorre nessas estações...
Depois das visitas, a parte boa da visita: andar de trem! Nos deixaram a linha 11-Coral, para andarmos na cabine do trem. E ficou a dúvida: será que conseguiriamos viajar na cabine do 7000?? Pena que não. Veio até nós o trem K15 (#2029 - #2060)



Estavamos num grupo relativamente pequeno, mas fizemos um rodízio e todos puderam viajar na cabine do trem. Derick e eu pegamos o trecho Tatuapé-Brás, na cabine #2029. Por acaso não tenho fotos, porque estava filmando a viagem, então, fico devendo para vocês... Fim da viagem, fim da visita. Ainda fiquei pelo Brás tirando algumas fotos, para o meu acervo. Pude ver os novos trens da série 7000, um budd 1400, os er 4400... E uma surpresinha que apareceu de repente: O budd 1600 reformado!




E essa foi mais uma aventura na CPTM... Mais um sonho que se realiza, e mais um capítulo dessa história que eu espero não ter fim tão cedo. Ainda essa semana, venho trazer novidades para vocês, seguidores. Hoje retornei às aulas na universidade, então, estamos de volta na ferrovia, todos os dias! Hoje mesmo voltei de 1100 para casa (risos)... Agradeço a todos pelas visitas! Tenho acompanhado a evolução no contador, e cada semana mais pessoas tem surgido para conhecer meu trabalho, a todos vocês, meu mto obrigado! Até breve!

Siga o blog por email

Seguidores