quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A eterna reclamação dos usuários - Parte 3 de 8

Trem série 5000 em Itapevi: frota nova já está a caminho
Crédito da foto: Diego Silva
Na terceira reportagem da série, falaremos sobre a linha 8-Diamante, no que compreende Júlio Prestes a Itapevi. Construída há muito tempo atrás, pela então Estrada de Ferro Sorocabana, a linha conta com 20 estações ligando São Paulo a Itapevi. De um tempo para cá, se tornou a pior linha da CPTM, já que falta acessibilidade, regularidade nos trens, e principalmente, trens. A frota da Linha 8 está totalmente sem condições de circulação, já que os trens ultrapassam os 30 anos de idade, não dispõem de um sistema de ventilação, e sofrem constantes avarias. Ou seja, nessa linha, os usuários têm toda a razão de reclamarem, pois em sua obra realizada pela Fepasa, o sistema era para ser adotado como metrô de superfície, com intervalos regulares de no máximo cinco minutos.

Trem série 5000 chegando em Palmeiras-Barra Funda
Integração com a linha 7 da CPTM e Linha 3 do Metrô 
Crédito: Diego Silva

A história da linha 8 não é das mais antigas. Quando a Fepasa operava tal rota, os trens costumavam seguir até Sorocaba, claro, em integração, por conta da via métrica. Mas havia um serviço bastante extenso. Segundo testemunhas da época, o serviço prestado era excelente, uma vez que a Fepasa marcou seu nome na história da ferrovia paulista. Além dos famosos trens de passageiros oferecidos em viagens de longa distância, os trens de subúrbio competiam com os trens da CBTU pelo melhor serviço.
Atualmente, a Linha 8-diamante vive problemas sérios. Sua frota inteira está comprometida, circulando com riscos eminentes de avarias. Assim como todo a malha, o sistema de sinalização é outro ponto negativo, o que complica ainda mais a situação. Recentemente, a CPTM deslocou duas unidades de trem série 5500 para auxiliar na operação da linha, uma vez que os trens série 5000, com suas constantes avarias, vão deixando buracos na circulação, além de não contar com substitutos.

Trem série 5500 chegando em Itapevi:
trens da linha 12-safira socorrem trens da linha 8-diamante
Crédito: Diego Silva

Porém, o que era para ser ajuda, a princípio se tornou ainda mais problema. Com a chegada dos trens série 5500, houve a necessidade de um ajuste para que o mesmo pudesse circular com 12 carros. Em seus primeiros dias de operação, muitos problemas aconteceram, causando ainda mais atrasos e reclamação dos usuários. Hoje, as duas unidades lá presentes circulam sem grandes complicações. A maior reclamação dos usuários da linha 8-diamante é a questão do possível esquecimento da CPTM. As demais linhas andam recebendo novos trens e melhorias frequentes, enquanto a linha 8 está as escuras, sem novidades. Mas a CPTM não pode cuidar de tudo ao mesmo tempo, há de se fazer tudo por partes. E os problemas da Linha 8 estão com os dias contados. Desde o ano passado, a CPTM começou a reforma e modernização das estações de Itapevi (já entregue), Eng. Cardoso (já entregue), Carapicuíba, Barueri e Osasco. É pouco diante de tanto problema, mas já é um começo de melhoras para essa linha. Além disso, já foram comprados os 36 novos trens para atender a demanda, e o primeiro deles deve chegar em meados de julho, vindo diretamente da construtora espanhola CAF.

Trem série 7000: Espanhola CAF entregará 36 trens semelhantes
Crédito da foto: Diego Silva

A questão da extensão operacional
 Trem série 4800 em Amador Bueno: trecho em obras
Crédito: Diego Silva
A extensão operacional Itapevi x Amador Bueno, o pior trecho dessa linha, encontra-se em obras. Até abril de 2010, a linha recebia um serviço muito precário, com um trem sem as mínimas condições de conforto, num trecho curto que a composição levava cerca de 25 minutos para cumprir. Com o final do serviço, os habitantes da região de Amador Bueno tem se utilizado de ônibus da operação PAESE, que irão operar até o final das obras, estimado para o novembro desse ano. As obras incluem a total modernização do trecho, alteração de bitola de métrica para larga, reconstrução das estações, aquisição de novos trens (viagens serão feitas entre Júlio Prestes e Amador Bueno direto, segundo informa a CPTM). A equipe do Blog CPTM em Foco esteve no penúltimo dia de operação da extensão da linha 8, e gravou os últimos momentos em fotos e vídeos, disponíveis no youtube. Após muitas reclamações dos usuários da extensão contra o PAESE, entramos em contato com a CPTM que deu certeza na entrega das obras em novembro desse ano. Resta a nós, usuários e admiradores, esperar que fim terá a extensão, e se realmente as obras serão entregues no prazo.

Trem série 5000 em Itapevi: melhorias estão a caminho
Crédito: Diego Silva

Em síntese, os usuários dessa linha tem sim do que reclamar. Atrasos frequentes, superlotação nos trens, falta de acessibilidade, e principalmente, constantes avarias nos trens fizeram da linha 8, a pior da CPTM nesses últimos tempos. Mas melhoras vem aí, e a população deve ser paciente, pois já em julho chegarão novos trens para essa linha, e as melhoras estão em andamento.
Na nossa próxima matéria da série, a linha 9-esmeralda em foco. A menina dos olhos da CPTM diante das reclamações dos usuários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores