sábado, 2 de abril de 2011

Suzano terá estação provisória até julho


Fonte: DAT (Diário do Alto Tietê)

Suzano terá uma estação provisória da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ainda neste semestre. De acordo com a assessoria de Imprensa da empresa, vinculada à Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, o novo espaço para embarque e desembarque de passageiros será utilizado até que a estação atual seja reconstruída. Um canteiro de obras já foi instalado no local, além de uma placa anunciando o início dos trabalhos e o investimento previsto de quase R$ 37 milhões.
A companhia informou ainda que a construção da nova estação será iniciada até julho e o prazo de conclusão é de quinze meses a partir do começo das obras. O contrato entre a CPTM e a empreiteira Mendes Júnior Trading e Engenharia S.A., responsável pelo projeto e por sua execução, foi assinado no final do ano passado. Na ocasião, a assessoria de Imprensa do órgão afirmou à reportagem do DAT que não seria necessária a construção de uma estação provisória, mas voltou atrás ao confirmar a implantação do novo espaço.
Sobre os prazos da obra, que está atrasada há pelo menos dois anos, a CPTM informou que "readequou o cronograma atual deste semestre para viabilizar tanto as obras da própria estação provisória, como as de via permanente (modernização dos trilhos), que estão sendo feitas neste trecho da Linha 11 - Coral (Luz/Estudantes), além das obras da segregação de carga, tocadas pela MRS Logística, simultaneamente aos serviços da empresa".

Passarela
A assessoria de Imprensa da empresa confirmou a necessidade de demolição da passarela próxima à atual estação, que hoje recebe dezenas de ambulantes, mas não deu prazo para isso. Segundo nota da CPTM, quando a passagem for removida, "os usuários e a população local farão a transposição da ferrovia pela passarela da estação provisória".
As novas instalações, que contarão com conjuntos de escadas rolantes, escadas fixas e elevadores para portadores de necessidades especiais, apresentarão arquitetura moderna e infraestrutura necessária para garantir total acessibilidade. Também será implantado um estacionamento para veículos com 22 vagas e um bicicletário com capacidade para 300 bicicletas.

2 comentários:

  1. Que boa Notícia, assim a Linha 11 segue pra ter qualidade de METRÔ, tomara que mais pra frente todas as outras estações dessa linha recebam uma reconstrução.
    Tem uns boatos que a estação Manoel Feio e Itaquaquecetuba vão receber uma reconstrução na sua estrutura, isso é verde ou mito?
    Mas bem que essas estações estão precisando receber uma reforma total!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tenho notícias sobre a reconstrução das estações Manoel Feio e Itaquaquecetuba. Apenas a estação de São Miguel Paulista está sendo reconstruída, e estou aguardando notícias sobre as próximas.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores