quinta-feira, 28 de julho de 2011

Linha 13-Jade irá até o aeroporto

Fonte: Folha de São Paulo
Imagem: Diego Silva


O trem popular prometido pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) para ligar a capital paulista a Guarulhos será estendido ao aeroporto de Cumbica até 2014.
A decisão foi comunicada nos últimos dias a políticos da região e confirmada ontem pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos.
A pasta diz que a linha, a cargo da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), permitirá a viagem do Brás, no centro de São Paulo, até Cumbica em 23 minutos.
Mas o padrão do trem será comum, com tarifa hoje em R$ 2,90, intervalos de seis minutos e características semelhantes às dos demais que atendem as periferias --e que chegam a ter acima de seis pessoas por m2 nos picos.
Ou seja, não será igual à antiga proposta do Expresso Aeroporto, que foi engavetada e que previa um serviço diferenciado, mais caro, sem paradas, voltado para quem quisesse pegar um voo.

JADE
O novo trem, batizado de linha 13-jade, segue a rota já existente da linha 12-safira da CPTM entre Brás e Engenheiro Goulart, na zona leste. A nova ligação sobre trilhos começa a partir desse ponto.
Alckmin já havia prometido que faria pelo menos um trecho de 8 km da zona leste até a região do Cecap Zezinho Magalhães, em Guarulhos. Um eventual prolongamento até Cumbica, porém, era considerado incerto --por se tratar de um trem comum e desconfortável para quem tem muita bagagem.
Por ordem de Alckmin, segundo a secretaria, foi decidido fazer essa extensão de mais 3 km para que haja conexão da linha ao aeroporto.
O Estado diz que ela será atrativa, por exemplo, para 28 mil pessoas que trabalham em Cumbica --e que também deverá ser uma opção inclusive para uma parte dos passageiros dos aviões.

HORÁRIO NÃO INTEGRAL
O horário de funcionamento da CPTM, porém, não é integral -vai das 4h à 0h. Hoje há ônibus executivos de São Paulo ao aeroporto, mas com tarifa de R$ 33.
A gestão prevê licitar a linha 13-jade no ano que vem para que as obras comecem até 2013 e terminem em 2014.
O Estado não comentou a possibilidade de ela ficar pronta antes da Copa. Pela previsão original, a nova ligação só entraria em operação no segundo semestre, depois do evento, às vésperas do fim do mandato do governador.

TREM-BALA
O recente fracasso na licitação do TAV (trem-bala federal) foi um dos estímulos para a decisão de prolongar a linha popular até Cumbica.
A linha 13-jade chegou a ser estimada em R$ 947 milhões, e a gestão Alckmin já manifestou a intenção de implantá-la por meio de PPP (parceria público-privada).



CPTM em Foco antecipou notícia

Clique no link para visualizar a matéria:
http://cptmemfoco.blogspot.com/2011/07/indefinicoes-no-tav-atrapalham-criacao.html

No dia 7 de Julho, nós publicamos uma matéria sobre as indefinições do TAV, que utilizariam o possível trajeto da Linha 14-Ônix, o futuro Expresso Aeroporto. Não havíamos cogitado a possibilidade de se chegar ao aeroporto com a Linha 13, mas havíamos comentado que essa indefinição teria travado todo o projeto. Mais uma vez o Blog CPTM em Foco se antecipa na notícia, e traz para você o que é de mais importante e relevante sobre os trilhos paulistas!

2 comentários:

  1. está na cara que o fracasso do projeto do expresso aeroporto tem o dedo da empresa que oferece o serviço de onibus, que custa 34 reais e leva mais de 1 hora pra chegar ao aeroporto saindo da Barra Funda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, Norman, o Expresso Aeroporto afundou por conta da indecisão do Governo Federal em construir ou não o TAV. Me parece que o trem bala utilizaria o mesmo traçado do Expresso Aeroporto, ou seja, não seria viável construir. Mas com essa dúvida, a CPTM preferiu levar a Linha 13-Jade até o Aeroporto, pela tarifa comum.

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores