segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Linha 7-Rubi é alvo de críticas por parte de usuários

Por Diego Silva

A Linha 7-Rubi da CPTM, que liga a estação Luz até Jundiaí, tem sido alvo de duras críticas por parte de seus usuários. Tudo isso graças às obras que estão em andamento na região da estação Palmeiras-Barra Funda. Esta obra contempla toda a troca de dormentes, assentamento de uma nova via e troca de aparelho de mudança de via, visando a utilização de mais uma plataforma no terminal multimodal da Barra Funda. Estas obras, segundo informações apuradas, era para ter sido entregue à pelo menos duas semanas, mas um erro no cronograma das obras causou o atraso. Enquanto isso, a viagem entre Palmeiras-Barra Funda e Luz, que normalmente é de cinco minutos, está sendo feita em 30 minutos, e até mesmo beirando os 40 minutos, segundo noticiado por uma leitora do blog, através do Twitter.
Diariamente, utilizamos esse mesmo trecho, e comprovamos os fatos: espera-se muito entre estas duas estações. Ao sair da estação Palmeiras-Barra Funda, a composição estaciona nas proximidades do lavador de trens. E por ali fica, por alguns minutos. Quem observa pela janela, nota que existe uma fila de trens para entrar e sair da estação Luz: apenas um desvio está sendo utilizado para toda essa frota. Na saída da estação Luz, os trens da Linha 7 saem pela via 2, e ao lado da estação Júlio Prestes, realizam transposição para a via 3, por onde descem até Palmeiras-Barra Funda. Com isso, os trens provenientes de Francisco Morato aguardam na Via 4, e quando ganham autorização, sobem e realizam duas transposições, para a via 3 e depois para a via 2. Essa estratégia da CPTM tem causado revolta por parte dos usuários, que reclamam das obras e da estratégia. 'A CPTM deveria fazer esse tipo de obra durante o final de semana, não na hora de voltar para casa', reclamava um usuário na tarde de sexta-feira. O blog ainda não teve informação sobre até quando essas obras serão realizadas. Mas há de se considerar: a CPTM está realizando toda essa construção, a fim de melhorar o sistema, adicionando mais uma via em Palmeiras-Barra Funda, trocando amv's para transposições em maiores velocidades, e preparando a estação Luz para a futura integração com a Linha 4-Amarela do Metrô, que deverá ocorrer no final de setembro.

9 comentários:

  1. [i]"a viagem entre Palmeiras-Barra Funda e Luz, que normalmente é de cinco minutos, está sendo feita em 30 minutos, e até mesmo beirando os 40 minutos"[/i]

    E eu reclamando que os trens demoravam até cerca de uns 30 minutos da Barra Funda até Osasco(Linha 8), onde o tempo normal é de uns 17 a 20 minutos.

    Agora vejo que estou reclamando de barriga cheia.

    Não sabia que a linha 7 era esse estresse. Aliás, há comentários em um post aqui no blog onde as pessoas criticam duramente a linha 7.

    ResponderExcluir
  2. Tem dias que é pior que isso, Daniel. Essas obras quebraram e muito a rotina dos usuários da Linha 7-Rubi. Como estou utilizando diariamente esse mesmo trecho, no pico da tarde, sofro as mesmas consequências, mas claro, sou mais 'na minha', porque sei do que está acontecendo. Os outros não, falam o que querem...

    ResponderExcluir
  3. Daniel,você tem razão reclamamos de barriga cheia,mas comparados a linha 7,12 e 11 (b) estamos as mil maravilhas.agora isso é um absurdo,30 á 40 minutos de Barra funda a Luz,conheco gente que usa a linha 7,e fazem o seguinte, vem de Pirituba (no caso)e em Barra Funda tomam o metrô (nesses últimos dias)aínda sou a favor dos trens circulárem apenas até Barra funda,e haver ônibus gratuíto da Barra Funda á Luz,antes dava-se (para nos,usuários da linha 8-diamante) orgulho e achava-mos que a linha 8 era a pior mas agora é o contrário,o que é certo é que tem que haver looping e essas obras tem de ser concluídas,basta saber quando.

    ResponderExcluir
  4. Diego Silva, por que você não pega o metrô e faz as integrações,nesse trajéto demora-se no máximo uns 20 min, metade do tempo da linha 7-rubi,e eu tenho sorte,de não ser usuário da linha 7, por que lá pelo visto a onça está bebendo água!!

    ResponderExcluir
  5. Diego Fernando, impossível fazer looping até BFU, e ainda mais PAESE... Grande parte da demanda da Linha 7 fica na Luz, e fazer isso só tornaria a situação pior.

    Eu pego o Metrô de vez em quando na Linha 3, mas é mais comum eu seguir direto pela CPTM, para fazer companhia à uma amiga, que desembarca na Luz. Para mim, tanto faz... o importante é chegar em casa.

    ResponderExcluir
  6. Então Diego,qual seria a solução,se não tem looping a única solução seria a obra ser feita apenas fins de semana e feriados,como na linha 8,mas aqui é diferente...e outra pergunta mesmo sendo praticamente óbvia,a situação piora de mais quando se tem de pegar o expresso leste até o Brás,para você e se já há previsão da volta ao normal.e para nos amantes da ferrovia não importa o tempo,mas sim que estamos no nosso tão amado trem!!

    ResponderExcluir
  7. Não existe solução óbvia, a não ser tentar agilizar o processo de mudança de via na região da Luz, o que vem sendo feito após diversas reclamações dos usuários. Não tem nem como fazer isso aos finais de semana, porque o impacto seria basicamente o mesmo.

    O embarque no Expresso Leste é um caos, na Estação Luz. Será nossa postagem de amanhã. É pior para mim, mas não vejo problema em embarcar ali. Esperamos que até o final de setembro tudo esteja funcional, uma vez que dia 30 de setembro deverá ser a entrega das estações Luz e República da Linha 4-Amarela.

    ResponderExcluir
  8. Ainda continuo com o meu pensamento os trens da Linha 7 Rubi deveriam ir só até a Barra Funda e os trens das linhas 10 e 11 até o Brás e como os trens Alstom Siemens Série 3000 não estavam sendo usado, colocasse ele para fazer o trajeto Barra Funda-LUZ-Brás!!!

    Mesmo que a demanda as linhas é para a estação LUZ isso afetaria menos as linhas 7, 10 e 11, só afetaria um pouco o trem que iria fazer o trajeto Barra Funda-LUZ-Brás.

    E outra já basta nós ter os piores trens da CPTM pois todos os nossos trens velhos não ganharam reforma em 2007-2010 com o expansão SP, temos 5 trens novos circulando, na maioria dos dias roda mais trens de Série 1100 que tem 6 vagões e por fim sempre quebra uma composição!!!

    Bom eu tinha dito que a Linha 7 iria virar a famosa "LINHA F", e não faltaria muito tempo para os trens andarem com portar abertas, mais aí...

    TEVE O CASO DO MOLEQUE QUE ESTAVA PRATICANDO SURF NO TREM DA CPTM NA LINHA 7 NA SÉRIE 1700, nossa avançou muito o que eu tinha comentado!!!...

    ResponderExcluir
  9. Bruno, a atual demanda não permite uma nova Linha Integração Centro. Muitos usuários desembarcam nessas três estações, e seria uma confusão sem tamanho ter que integrar entre Brás e Barra Funda.

    ResponderExcluir

Seguidores