segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Bicicletários na CPTM

Trem série 1700 - Pátio da Lapa
Fonte: CPTM

A exemplo do Metrô, a CPTM incentiva o uso de bicicletas no sistema. Em 2007, foram inaugurados quatro bicicletários: um em Jurubatuba e um em Autódromo (Linha 9 – Esmeralda), um na Estação Itapevi (Linha 8 – Diamante) e outro em Pinheiros (Linha 9 – Esmeralda). Todas as novas estações em construção terão bicicletários. A empresa também estuda a implantação do equipamento em outras unidades. Confira as estações da CPTM com bicicletários em funcionamento:
  • Linha 7-Rubi: Caieiras (67 vagas)
  • Linha 8-Diamante: Jandira (48 vagas ) e Itapevi (207 vagas)
  • Linha 9-Esmeralda: Ceasa (144 vagas ), Villa Lobos/Jaguaré (233 vagas),Cidade Universitária (60 vagas), Pinheiros (13 vagas), Vila Olímpia (94 vagas), Jurubatuba (262 vagas), Autódromo (261 vagas), Primavera-Interlagos (226 vagas) e Grajaú (178 vagas);
  • Linha 10-Turquesa: Mauá [administrada pela Ascobike] (1.968 vagas) e Santo André [em parceria com a EMTU] (327 vagas)
  • Linha 12-Safira: Itaim Paulista (256 vagas), Comendador Ermelino (196 vagas), USP Leste (270 vagas), Jardim Helena/Vila Mara (256 vagas) e Jardim Romano (240 vagas).
Os bicicletários são gratuitos, exceto a unidade de Mauá, que é mantida por uma associação de ciclistas, a Ascobike, onde a diária custa R$ 1,00 para os não-sócios. O serviço funciona de domingo a sexta-feira, das 4h à meia-noite. Aos sábados é das 4h à 1h. Para utilizá-lo, basta fazer o cadastro mediante apresentação de RG e levar o próprio cadeado para prender a bicicleta. Menores de 12 anos somente poderão usar o serviço com o acompanhamento de um adulto responsável.

A Companhia permite o acesso de ciclistas, aos sábados, a partir das 14h, e aos domingos e feriados, o dia inteiro, com embarque sempre no último carro das composições. 
Com a qualificação da Linha 9 – Esmeralda, entende-se que a proposta para o uso cicloviário das bordas do rio Pinheiros pode contribuir sobremaneira para a execução de um plano integrado de transportes, contando com o modal “bicicleta”, de forma a contribuir com a rede de ciclovias proposta pela Prefeitura Municipal de São Paulo. A meta é alcançar 23,7 km de percurso entre Jurubatuba e CEASA. Hoje a ciclovia Rio Pinheiros possui: 14 km de extensão; Sanitário masculino/feminino com acessibilidade para portadores especiais; Estacionamento no ponto de encontro 02 c/ vagas demarcadas para idosos e deficientes; Bebedouro nos 2 pontos de encontro; 01 ponto de apoio ao lado da estação Santo Amaro com banheiro químico; Suporte para colocar as bicicletas nos ponto 01 e 02; Sinalização horizontal na pista e lixeiras acopladas nos postes de sinalização vertical.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores