segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Barracos atingidos por muro da CPTM serão demolidos pela prefeitura





Fonte: Folha de São Paulo


A prefeitura vai demolir os barracos interditados após a queda de um muro da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), no dia 18, em Pirituba, zona norte de São Paulo.
As 29 famílias atingidas foram orientadas a deixar as casas. De acordo com a Defesa Civil do município, as famílias correm risco se permanecerem na área.
O local, que é conhecido como favela Vila Bonilha ou favela Piqueri, é uma área particular e foi ocupada nos anos 90, segundo a prefeitura.
Segundo a secretaria, os moradores dos barracos estão abrigados em casas de parentes e amigos.
De acordo com a Secretaria da Habitação da prefeitura, as famílias serão cadastradas e vão receber auxílio emergencial no valor de R$ 1.200, mas isso deve ser pago somente em novembro.
A possibilidade de atender às vítimas com uma moradia definitiva através de programa de auxílio é também avaliada pela prefeitura.
Em 2004, o muro rente às casas já havia desabado. À época, os moradores realizaram protesto que prejudicou a circulação dos trens da CPTM.
Em nota, a CPTM disse que "a queda do muro foi provocada pelas construções irregulares que o utilizavam como arrimo, do lado externo da faixa ferroviária".
A nota ainda diz que "após a retirada das famílias do local [o muro] será reconstruído".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores