segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Alstom série 9000 começa a ser fabricado

Projeto do Alstom série 9000 da CPTM
Por Diego Silva

Caros leitores, segundo informações recebidas de um contato da Alstom, os primeiros trens da série 9000 já começaram a ser fabricados. As composições, de aço inox e oito carros cada, prestarão serviços na Linha 11-Coral (Expresso Leste), dando reforço à frota CAF/Alstom série 2000. Similares aos trens CAF série 7000, essa nova frota irá atender a linha mais lotada da CPTM, onde atualmente, passam cerca de 618 mil usuários por dia. De acordo com nossa fonte, os trens já encontram-se sobre os estrados, ganhando as primeiras instalações. O prazo de entrega da primeira composição é para o segundo semestre de 2012. A CPTM adquiriu nove unidades dessa série.

Interior do trem série 9000 - Gangway similar ao trem série 8000 da CAF
O novo Alstom série 9000 não foge do padrão atual que a CPTM adotou. Trem com oito carros, ar-condicionado, indicadores de estação, anunciadores automáticos, passagem livre entre carros (gangway) e oito portas/carro são as características mais peculiares que veremos nesses novos trens.

31 comentários:

  1. diego gostaria de saber se essa nova serie tera algum aditivo de contrato como o presidente da cptm e governador alckimin disseram em algumas entrevistas que eu vi saltando de nove para um numero maior de carros,e sobre os 21 novos trens da L9 qual sera a serie dele?pois pelo que eu ouvi na entrevista do governador alckimin esses 21 trens seriam adicionados a algum contrato ja existente,como o o contrato do serie 8000 é PPP axo meio dificil que seja este assim restando o unico contrato em vigencia normal sendo o do serie 9000,e se com a chegada desses 21 novos trens (alem dos outros 40) esses vao ir para as linhas 7 e 12 ou ai sim eles vao liberar os 7000 ja zuados e vandalizados la da L9,e se com a chegada dessas 9 unidades do serie 9000 na L11 os 8 serie 7000 poderam ir para as linhas 7 e 12.porque segundo algumas pessoas da CPTM disseram sera mto dificil esses 7000 sairem da L11 mesmo com a chegada de mais trens.e vdd? aguardo responde desde. T+

    ResponderExcluir
  2. Tambem gostaria de saber o que acontece com os 21 trem prometidos para a linha 9 pois sendo com isso os serie 7000 voltariam para linha 7 e 12. e com isso seriam 21 novos trens para linha 9 mais 8 trens da serie 7500 ja existentes na linha 9 e a volta dos serie 2070 e 3000 para a linha 9.

    ResponderExcluir
  3. Tarcisio, não sei lhe informar se essa nova série terá aditivo, pois não tenho acesso aos contratos. O aditivo que o presidente e o governador comentaram, provavelmente seja relativo aos CAF's 7000/7500/8000, que foram contratos grandes.

    Sobre a frota nova da Linha 9-Esmeralda, ela sequer foi financiada, ou seja, não posso adiantar absolutamente nada, porque esses trens nem foram acertados ainda. Os trens série 7000 que estão na Linha 9 não estão zuados, como você citou. Pelo contrário, estão em perfeito funcionamento, perfeito estado. Os trens série 7000 que estão na Linha 11 deverão ficar lá pelo menos até a entrega dos Alstom 9000. Os Alstom 2070 também estão alocados para o Expresso Leste, segundo documento da intranet.

    ResponderExcluir
  4. Arquiteto, como citei acima, esses 21 novos trens para a Linha 9-Esmeralda sequer foram financiados. Entendo que todos vocês querem trens novos, mas prestem atenção às matérias. Nem licitação foi aberta para compra dessa frota ainda, portanto, não tem como adiantar qualquer informação sobre esses novos trens.
    Os Alstom 2070 deverão ir para o Expresso Leste. O plano para o Siemens 3000 seria a Linha 7-Rubi, mas até agora nada foi definido. Provavelmente essa frota fique na Linha 8, de trem reserva, ou retorne para a Linha 9-Esmeralda.

    ResponderExcluir
  5. Tinha certeza que isso iria acontecer, vão entregar MAIS trens novos para as linhas 9 e 11 para enfim entregar os 7000 (no mínimo semi-novos) para as Linhas 7 e 12. Os trens (7000) foram prometidos para as Linhas 7 e 12, se em outra linha está faltando trens (9 e 11) que mande os 1100...

    ResponderExcluir
  6. Bom, só espero que esses novos trens para a Linha 9-Esmeralda cheguem logo. E que brevemente sejam já financiados esses trens, pois os 7000 precisam retornar as Linhas 7 e 12. Já qual a frota desses trens, eu acho que serão 9000, mas não se sabe nada sobre isso, por tanto, isso é apenas um palpite meu. Por que isso, pois a demanda da Linha 9-Esmeralda é uma crescente sem fim (Fiquei sabendo que ultrapassou a Linha 8-Diamante), então, esses trens enfrentarão melhor a lotação.

    Já a volta desses trens, acho que está certo de os 2070 irem a Linha 11-Coral, pois assim, os 7000 poderão voltar as suas origens. Mas após a chegada de todos os 9000, o Expresso terá de logo ser ampliado até Suzano, pois seriam trens demais e não haveria necessidade para isso. Já o Siemens 3000, não há dúvidas de que a melhor escolha é a Linha 7-Rubi, pois seria a provisoriedade antes dos 7000 (Que já seria um maior número, pela chegada de 2070 a Linha 11 que ocasionaria a volta de alguns 7000). Ai, já deixaria uma frota mais completa a Linha 7-Rubi.



    Por que essa coisa de "que mande o 1100" sendo que ele é um ótimo trem? A Linha 7-Rubi, é uma linha privilegiada de contar com essa frota, a final são rápidos e confortáveis e perfeitos ao terreno da Linha 7-Rubi. Nas Linhas 9 e 11 eles não se adaptam bem. Já os 7000, teriam de permanecer lá até a chegada de novos trens, pois a CPTM os mandou para lá...

    ResponderExcluir
  7. Pode-se dizer que o 9000 é um 7000 evoluido só que com a marca da Alstom o mais curioso de tudo não sei se alguém percebeu nenhuma empresa fabricou nenhum trem com o prefixo "6000" Porque será?

    ResponderExcluir
  8. caro diego,sobre os 7000 DA L9 que eu disse q estao zuados,REALMENTE estao zuados,e vandalizados, alguns com vidro estourado,o Q10 7037-7040 foi prala com 1 vidro estourado,do carro 7037,e o mesmo foi invertido, rodando com os carros 7038-7039 pra fora,ja estouraram o vidro do carro 7038,tem tbm mais alguns mais agr eu n me recordo a identificação mais sao mais 2,na L11 é a mesma coisa,o Q30 7117-7120 e o Q3 7009-7012 o Q21 7081-7184 FORAM BOMBARDEADOS por pedras dos usuarios revoltados akele dia que deu problema na L12 e prejudicou funcionamento da L11 tbm na regiao do tatuape ate o bras ai bombardearam os trens,e esta nao e a primeira vez,fora os da L12...eu sei oq estou falando...fora os que estao com as janelas rabiscados e vandalizadas...eu ando td dia na L9 eu sei oq eu to falando...é fogo,nao gostaria que estivesse assim mais...fz oq neh...esta é SAO PAULO, depois a populaçao reclama dos trens velhos...

    ResponderExcluir
  9. CELSO a numeração 6000 é para LOCOMOTIVAS...olhe as locomotivas da CPTM tds elas usam a numeração 6000, alias os 3000 deveriam realmente ir para a L7,nas linhas 8 e 9 depois da xegada dos 8000 e da xegada dos trens definitivos da L9 (os 21 novos) os 3000 nao terao mais utilidade la,a nao ser trem reserva,e na minha opiniao,ele é considerado um trem ''NOVO'' perto de mtos por ai (1100,1400,1600,1700,4400,5000 e 5500)para fikar SOMENTE como trem reserva,e na L7 seria de grande utilidade la,pois akeles 1100 apesar de estarem em bom estado ja sao mto velhos...55 anos e mta coisa,sendo q tem trens sao bons sobrando ai...lg lg cm a xegada da serie 8000 q vai tomar conta da L8,e na L9 ele n entra mais...o grande problema seria a mudança da estrutura da SIEMENS para o patio da lapa neh,segundo algumas pessoa da CPTM a SIEMENS n parece mto disposta a mudar sua estrutura para outro lugar nao...vamos ver oqq acontecer com os SIEMENS 3000...

    ResponderExcluir
  10. Obrigado TARCISIO RODRIGUES pela explicação nem percebi esse detalhe valeu!!!!

    ResponderExcluir
  11. Só complementando a informação das locomotivas, as Alco RS3 da CPTM são numeradas por 6000 (6001 até 6008). As duas U20C são 3157 e 3159.

    ResponderExcluir
  12. outra curiosidade... DIEGO vc sabe porque o R1 7501-7504 NAO FOI ENTREGUE ate hj? sendo que ate o ultimo que é o R8 7529-7532 ja foi entregue,segundo algumas informaçoes que obtive o R1 seria um prototico dos 7500 o mesmo de origem da espanha,(nao sei se é verdade) assim como o 1 trem serie 7000,porem o R1 nos testes foi REPROVADO na maioria dos testes,dai a demora dos 7500 entrar em operaçao,ai largaram ele de lado e começaram a trabalhar emcima do R2 7505-7508 que apresentou resultados satisfatorios entrando em operaçao rapidamente,e o primeiro trem 7500 (R1) foi meio que eskecido,alguns dizem que ele esta la em altino ainda e que estao trabalhando emcima dele para tentar solucionar os problemas dele,outras dizem que foi mandado para CAF hortolandia para remonta-lo,gostaria d saber qual é a verdade e qual sera a solução para esta unidade ja que nao ouve mais noticias sobre ele,eram prometidos 8,só xegaram 7 na L9...

    ResponderExcluir
  13. Diego, gostaria de saber quais trens poderiam rodar na L7, além dos atuais (1100, 1700 e 7000)?

    ResponderExcluir
  14. Zocateli, eu mesmo vou tentar responder. Olha, os novos trens da CAF (7000/7500) são muito parecidos tecnicamente. O que os diferencia é o layout interno do 7500, por tanto, acho que se não houvesse outros trens, os 7500 poderiam ir a Linha 7-Rubi. Bom, eu digo que lá, na Linha 7-Rubi os 1600 teriam lugar, por ser parecido ao 1100 tecnicamente, mas ele caminha a aposentadoria, então é melhor deixar os bravos heroicos 1100 na Linha 7-Rubi sem mandar o apoio de seu "filho" 1600. Fora eles, os 3000 obviamente tem lugar na Linha 7-Rubi e também acho que os 2070 tem sim, chances de ir a Linha 7-Rubi (Condição de ir a Linha 7 e ter um bom desempenho). Eu acho que só esses, mas o Diego Silva sabe explicar melhor...

    Então Tarciso, os Milzinhos ainda tem condição de operar na Linha 7-Rubi, mas é por que o 1100 tem 55 anos e sua modernização foi a 15 anos (Apesar de alguns terem 37, pois são 1400 convertidos e viraram essa frota maravilhosa), então a revisão que a CPTM fará nele dará um gaz aos 1100, que eu sempre digo que devem completar o centenário. Claro, pois em 2014 ou 2015, o Expresso Jundiaí/Noroeste estará pronto, e se a demanda de Extensão Operacional da Linha 7-Rubi é de 10,440 usuários exatamente(Sem contar Francisco Morato, pois no mínimo 95% dos usuários da estação F. Morato utiliza o trecho principal que vai a Luz), e será o expresso que será estendido até Campinas, a Linha 7-B ficaria apenas com 4,448 usuários basicamente, pois pelo menos 95% da demanda de Jundiaí, iria ao Expresso Noroeste. Por tanto, a Extensão da Linha 7-Rubi, será uma linha com pouquíssimos usuários e por isso, os 11 1100 iriam dar uma qualidade imensa a linha e pouparia a adquirição de novos trens. Então, se reformar de quando em quando, após 2015, na Extensão Operacional da Linha 7-Rubi, pois será tudo calminho para o Milzinho.

    ResponderExcluir
  15. Diego, eu sei que não é o assunto da postagem mas, por que Rio Grande da Serra as duas plataformas existentes não são usadas ?

    ResponderExcluir
  16. É Diego Fernando, os 1100 já estão velhos, mas como ele ainda tem gás, não é justo simplesmente aposentá-los, a CPTM poderia mandar eles para a extensão da L7, com certeza durariam mais tempo do que se continuasse no trecho principal, pelo simples fato de ser um trecho muito mais tranquilo.

    ResponderExcluir
  17. Verdade Zocateli! O Milzinho está tão bom, por ter sido bem conservado pelos usuários da Linha 7-Rubi e por isso que merece prosseguir nos trilhos da CPTM. Agora, para conservar o 1100 muito mais é só reformar após 2015 de 5 em 5 anos. Assim, na Extensão da Linha 7-Rubi a coisa seria bonita...

    ResponderExcluir
  18. na minha opiniao esses trens deveriam ser reformados e/ou modernizados tbm e poderiam ganhar uma grande sobrevida alem de uma nova aparencia mais bonita,adoro essa frota,só axo q as vezes ele é meio lento e curto para andar na L7-A,uma coisa q eu vejo e gosto mto em outras linhas como a L9,L10 e L11 e a padronizaçao de frota,ate para a parada nas estacoes,na L7 e horrivel,pq qdo e o 1100 e em um lugar,qdo e o 1700 e em outro lugar,qdo e o 7000 e outro lugar q a porta abre,ja nessas outras 3 linhas isso n acontece e na maioria tem o lugar demarcado no chao para saber onde a porta abre,ate pelo padrao da frota e tbm pq os trens sao iguais ou parecidos como na L11 os 2000 e 7000,entao acredito que a L7 deveria fikar apenas com os 7000 e 1700 neh ja que nao da para ter uma frota padrao na linha ou 2 bem semelhantes...pois o 1700 e o 7000 nao sao iguais no comprimento e mto menos nas portas,mais is 1100 poderiam ser a unica frota da L7-B tranquilo,sao otimos trens e atenderiam a esta linha tranquilamente,e se for mesmo extendido ate campinas poderiam ganhar um reforço de alguns 4400 que vao sobrar da L11-B.

    ResponderExcluir
  19. Tarcisio, não tenho informações sobre o primeiro trem da série 7500. Já tem algum tempo que não visito as linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, portanto, não posso lhe informar sobre o que acontece com tal trem. Não acredito que a unidade tenha retornado para Hortolândia, pois os trens vem com um protocolo de peças que são instaladas pela CPTM.

    ResponderExcluir
  20. Zocateli, a Linha 7-Rubi possui características muito particulares. Por fazer parte da antiga SPR, a linha possui altos e baixos, com longas curvas. Além dos já conhecidos 1100, 1700 e 7000, tecnicamente falando, as frotas 1400, 1600, 7500/8000 podem circular sem restrições nessa linha. A frota 2100 consegue circular até Pirituba sem qualquer impedimento. Outros trens eu já não tenho certeza se iriam conseguir.

    ResponderExcluir
  21. Vítor, as duas plataformas da estação de Rio Grande da Serra são utilizadas. A plataforma 2 é a mais utilizada, pois é ali que os trens param. Em casos esporádicos ou emergenciais, a plataforma 1 também é usada. A antiga plataforma 3 (de onde partiam os trens para Paranapiacaba), essa sim não é utilizada.

    ResponderExcluir
  22. Diego Silva, então o problema dos 2100 na Linha 7-Rubi são as ladeiras e subidas?

    ResponderExcluir
  23. Basicamente sim, Diego. O CAF 2100 é bem pesado, ou seja, para subir ladeiras do tipo, daria muito trabalho. Ele até sobe, mas iria travar a circulação.

    ResponderExcluir
  24. Obrigado pela resposta Diego!!! Eu sempre quis que os 2100 circulassem pela Linha 7-Rubi, mas agora, sei por que não circulam...

    ResponderExcluir
  25. eu gostei muito da série 9000 tomara que fica pronto logo.
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  26. Jean, o plano é que os Alstom 9000 sejam entregues no segundo semestre de 2012. Um abraço!

    ResponderExcluir
  27. Diego, gostaria de saber quais os mistérios da L7, pq se falam em adaptação da linha (seria o terreno)? e pq quando se refere a L7 temos tandos problemas, essa linha ao meu ver é uma das mais importantes (se ñ for á mais importante), mas é a que mais sofre descaso, pega resto (quem ñ merece ganha estações modernas e trens novinhos... tipo um reboque aqui, uma massa ali e pinturinha aco-lá e pronto, os trouxas vão achar q. as estações são como nova, sem contar que os trens novos que deviriam ser de exclusivo da linha 7 e 12, estão sendo usados por usuários de outras linha que estão usando, abusando e gozando do que deveria ser nosso, para quando voltarem serem nosso como deveria ser, estarem em estado de semi-novos para velhos, para depois usarem, abusarem e gozarem de mais novos trens novos (8000 e suposto 9000), pq se é para deixarem os 7000 voltarem nessas condições, seria melhor então deixarem os 1100 e 1700 aqui mesmo (vai dar na mesma)! outra coisa.... para que trazer os siemens 3000 para a linha 7? outro exemplo claro de descaso com os usuários da linha 7, pq se é para usar sobras (L8 e 9) é melhor deixar os (1100 e 1700)que seria a mesma coisa ñ é verdade!?
    sou morador de Pirituba desde que nasci, neto de maquinista e um orgulhoso amande de ferrovia e da CPTM (defensor fervoroso), a estação de Pirituba é muito antiga, esta localizada numa região muito importante e desenvolvida, ao lado de um Term. Urbano SPTRANS, mas a estação esta totalmente largada, feita uma reforma qualquer e pronto, sem qualquer adequação e modernização necessária que ela merece como Escadas rolantes, elevadores, pisos emborrachados ou até uma ligação subterrânea para ligação entre o term. e a estação jamais né!? entrei em contato com a CPTM por e-mail e telefone para saber sobre todas as melhorias da linha e estação, mas nunca chegou um obrigado por nos procurarem, quem sabe vc pode responder as minha PEQUENAS perguntas, meu e-mail é rodricklion@hotmail.com.
    obrigadão e parabéns pelo seu trabalho, é de grande utilidade pública.

    ResponderExcluir
  28. porque os caf 7000 ou 8000 não circulam na L10 pq os 2100 ja deu o que tinha que dar lá,são mtos passageiros e ele não aguenta mto,nessa linha apesar do reforço que são os trolebus da emtu e metra,as pessoas que vem de outras cidades do abc tb sofrem eles deveriam colocar os 7000 ou reformar os 5000 e colocá-los na L10,mas pq só a L10 não recebe os trens novos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os CAF 2100 ainda tem muita lenha para queimar. A Linha 10 não precisa de trens novos, porque estes ainda funcionam perfeitamente.

      Excluir
  29. Pq eles não colocam um trem 7000 ou 7500 de 4 vagoes na L10?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque não faz qualquer sentido colocar trens com 4 carros para circular numa linha que atualmente é atendida por trens de seis carros. A ideia é aumentar e não diminuir mais a oferta.

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores