segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Centro de Controle Operacional completa 5 anos

Centro de Controle Operacional da CPTM (Foto de Diego Silva)
Fonte: CPTM (Intranet)

Neste domingo, dia 27/11, o Centro de Controle Operacional Unificado da CPTM [CCO Brás] completou cinco anos de operação. Considerado o mais moderno das ferrovias brasileiras, o complexo foi inaugurado em 27 de novembro de 2006, pelo Secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

À época da inauguração, a empresa investiu cerca de R$ 50,4 milhões na unidade que assumiu todo o controle de tráfego das linhas 11-Coral [Luz - Estudantes] e 12-Safira [Brás - Calmon Viana]. Três meses depois, foi realizada a migração do controle das linhas 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi] e 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú], que eram supervisionadas pelo CCO de Presidente Altino, em Osasco.

Atualmente, o CCO Brás gerencia quatro das seis linhas da CPTM, que transportam cerca de 1,7 milhão de usuários/dia.

Espécie de cérebro da Companhia, o prédio, de arquitetura futurista, abriga em sua sala de controle de tráfego painéis retroprojetados com tecnologia LED que representam as quatro linhas do sistema e rádios digitais para comunicação entre o Centro de Controle e os maquinistas. A unificação facilitou a padronização dos procedimentos operacionais e proporcionou maior entrosamento entre as áreas de Operação, Manutenção e Segurança.

O prédio do CCO Brás abriga mais de 250 empregados distribuídos entre as áreas CCO, CIM, Manutenção e Segurança, além das equipes administrativas da Gerência de Circulação e Controle Operacional: CCO, Tração e Estratégias Operacionais. A edificação atende às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e suas mobílias [consoles e cadeiras] estão dentro do mais rígido padrão ergonômico, proporcionando maior qualidade de vida aos empregados.

Além da sala de controle [CCO e CIM], o local também abriga um confortável e moderno auditório, a sala de Gerenciamento de Crise, com telões LCD de 42 polegadas, e uma Central de Monitoramento de Segurança de onde é possível acompanhar as imagens das 1.570 câmeras instaladas nas 89 estações do sistema. No complexo do CCO Unificado do Brás também estão alocadas as equipes administrativas da GOC.

Com essa modernização tecnológica, a CPTM aprimorou ainda mais a qualidade de seus serviços ao permitir o gerenciamento de toda a circulação de trens de um único local.

Quanto ao futuro

Ao completar cinco anos de operação, o CCO Brás está prestes a receber a migração do controle das linhas 7-Rubi [Luz - Jundiaí] e 10-Turquesa [trecho Luz - BRAS], no início de dezembro e, posteriormente, no segundo semestre de 2012, o controle do restante da Linha 10[Mooca - Rio Grande da Serra] que atualmente são gerenciadas pelo CCO - Luz. Essas ações unificarão definitivamente a supervisão da circulação de todas as linhas da Companhia.

Para complementar a eficiência do trabalho desenvolvido pelo cérebro da CPTM, está prevista a implantação de novas tecnologias, entre elas, o Telecomando Centralizado de Energia [Subestações, Rede Aérea e Cabine de Paralelismo] para todas as linhas. Atualmente, esse recurso está instalado nas linhas 8-Diamante [Júlio Prestes - Itapevi] e 9-Esmeralda [Osasco - Grajaú].

A modernização tecnológica também abrangerá o sistema de sinalização, com a implantação dos sistemas CTBC [Communications Based Train Control - controle de trens baseado na comunicação] nas linhas 8, 10 e 11, e ATO [Automatic Train Operation - operação automática de trens], nas linhas 7, 9 e 12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores