sábado, 19 de novembro de 2011

CPTM irá alterar circulação nesse fim de semana, para obras de manutenção

Trem série 1700 - Abrigo da Lapa
Fonte: CPTM

Neste fim de semana, dias 19 e 20/10, a CPTM realizará obras de modernização e intervenções de manutenção em suas linhas. Com isso, a operação terá mudanças em horários e trechos específicos. Os trabalhos serão realizados em horários de menor movimentação, a fim de gerarem o menor impacto possível aos usuários. Veja como fica a operação em cada linha.

Linha 8-Diamante [Júlio Prestes-Itapevi]: das 18 h de sábado [19] às 21 horas de domingo [20], equipes da CPTM realizarão a implantação de equipamento do sistema de vias entre as estações Carapicuíba e Jandira. No mesmo trecho, das 8h às 20 horas de domingo [20], haverá implantação de equipamentos do sistema de alimentação elétrica dos trens. As atividades provocarão maior intervalo médio entre as composições.

Linha 9-Esmeralda [Osasco-Grajaú]: das 22 horas de sexta-feira [18] até o fim da operação comercial de domingo [20], haverá implantação de equipamentos do sistema de vias entre as estações Santo Amaro e Jurubatuba, ocasionando maior intervalo médio entre os trens.

Linha 11-Coral [trecho Guaianazes-Luz]: das 8 horas às 22 horas de domingo [20], haverá manutenção no equipamento de vias entre as estações Guaianazes e Corinthians-Itaquera. Em razão disso, os trens circularão com maior intervalo médio.

Linha 12-Safira [Brás-Calmon Viana]: das 8h às 20 horas de domingo [20], acontece a substituição de componentes do sistema de vias na região da estação USP - Leste. A intervenção provocará aumento no intervalo médio entre os trens.

8 comentários:

  1. Linha 7??? Não tenho mais fé para nada, acho que nem receberá os outros trens, pouco estão se importando, eu estou odiando a CPTM com esse descaso com a L7, não dá prazos, não fala se os trens irão voltar, se irão quando, essa empresa decaiu tanto que se compara com outras empresas de quinta categoria... Estou estressado, e pronto falei meu ponto de vista e a verdade que a própria empresa e muitos outros escondem...

    ResponderExcluir
  2. Nada mais das promessas que eles fazem para a linha 7 acredito, a não ser que aconteça, estações paradas, via + ou - e sinalização e energia um lixo!!! Porcaria de governo, CPTM e planejamento um lixo!!!!

    ResponderExcluir
  3. Como sempre a falta de respeito com a pobre linha 7, uma linha que parece ser o patinho feio da cptm, aquela que nao merece atencao alguma. os tucanos estao a quase vinte anos no poder em Sao Paulo e no mundo da politica sempre houve um discurso, que era o seguinte; Quaqtro anos e muito pouco para fazer grandes mudanças, e por isso e necessarios pelo menos masi quatro anos para um boa melhoria na situacao. Sao quase vinte anos no poder. Qual é a indagaçao agora tucanos para tanta incompetencia?

    ResponderExcluir
  4. Wagner, entendo que esteja revoltado com a atual administração e situação da Linha 7-Rubi. Sou da seguinte tese: se essa linha não está recebendo manutenção, é porque está em boas condições. Claro, volta e meia temos problemas na rede aérea, mas são casos isolados. A via permanente está em bom estado, pois os trens podem desenvolver boa velocidade sem qualquer risco. Sinalização está antiga tanto na L7 quanto na L10, portanto, ambas estão dando conta até agora.

    ResponderExcluir
  5. Arquiteto, não acho que seja falta de respeito com a Linha 7-Rubi. Por ser uma grande rede com 270 km de trilhos, a CPTM tem que dispor de algumas prioridades. Estamos passando por um momento de atualizações, com instalação de novos sistemas de energia e sinalização, troca de dormentes e readequação de vias.
    O governo tucano está investindo desde 1998 na ferrovia. Basta ver o histórico: aquisição da série 2100, construção do Expresso Leste, aquisição da frota 3000, reforma da estação Luz, revisão geral nas frotas 1700 e 5000, construção de novas estações e modernização das mais antigas, reforma das sucatas de trens para criação da frota 5550, revisão geral da frota 4400, revisão geral da frota 1400/1600, aquisição da frota 7000, frota 7500, frota 8000, frota 9000, novas locomotivas, reconstrução da estação Brás... São muitas coisas para o qual vocês não se atentam. Claro, foi pouco, pois a demanda cresceu mais do que as entregas, o que faz com que hoje tudo seja mais difícil.

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem Diego, mas quando assinamos algo é para ser cumprido, o que mais me revolta sao promessas nao cumpridas, ex a reforma da estacao francisco morato e a construcao da estacao franco da rocha. onde estao? _ estaco franco da rocha que ja era para ter sido entregue, anda a passos de formiga, A estacao de frncisco morato que seria demolida para a construcao de outra, se quer comecou, e o pior se que demoliram a antiga que possibilitaria mais agilidade,no inicio das obras. Ja a estacao de Osasco, e uma vergonha, A cerca de quatro anos atras foi feita uma reforma, com a colocacao de escadas rolantes, e tudo isso hoje esta no chao, para outra reforma, ou seja dinheiro no ralo.E o que e pior no contrato de aquisicao de trens da serie 7000 la constava 20 trens para linha 7 e 20 para linha 12, onde estao atualmente? E quanto a revisao dos trens 1700 nada foi feito, e com relacao aos 5000 ha 3 revisoes vencidas, e nada foi feito. Sem falar que originalmente existiam 100 trens da serie 5000 e hoje so ha 17 em circulacao, o que é uma perda terrivel.|Ou seja quase nada foi feito... Obs: A demanda cresceu ano a ano e nada foi feito, so agora algo apareceu, se tivesse investimentos regulares ano a ano hoje estariamos com um transporte de ponta.

    ResponderExcluir
  7. Arquiteto, não fale mal dos Tucanos do PSDB! Se fosse o PT, nem manutenção nós teríamos...

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores