sexta-feira, 6 de julho de 2012

CPTM a 100 km/h


Por Diego Silva

Leitores, não é a primeira vez que tal ideia me vem à cabeça. Seria possível, em alguns trechos, a CPTM operar à velocidade de 100 km/h? Tal dúvida surgiu, num primeiro momento, durante viagem no Expresso Leste. No trecho compreendido entre as estações Corinthians-Itaquera e Tatuapé, onde não existem paradas intermediárias (é um trecho bastante longo), recentemente a Companhia permitiu o aumento de velocidade. Em se falando de longas distâncias, acredito que ali poderia-se aplicar um aumento de mais 10 km/h na velocidade dos trens. Existem mais ganhos do que perdas nesse aumento.

Mas fazendo uma análise mais visionária, existem trechos onde os trens podem operar numa velocidade maior do que a permitida atualmente. A saber: Extensão da Linha 7-Rubi (em sua totalidade), Perus até Jaraguá (Linha 7), Jurubatuba até Autódromo (Linha 9), Ribeirão Pires até Guapituba (Linha 10), Ipiranga até Mooca (Linha 10), Corinthians-Itaquera até Tatuapé (Linha 11), Brás até Tatuapé (Linha 12), Tatuapé até Engenheiro Goulart (Linha 12).

Não são muitos trechos, visto que em certos casos a proximidade das estações são mínimas. Mas nos trechos citados acima, é possível aumentar a velocidade dos trens. Ganha-se em intervalos menores. Claro, temos que considerar diversos fatores para que isso aconteça. Conforme foi conversado com o amigo Luis Fernando, é preciso avaliar se a via permanente teria condições, se os trens teriam como fazer tal proeza. Além claro, reprogramar os ATC para um novo limite de velocidade e etc.

Falar assim, parece interessante. Sabemos que existe todo um protocolo por trás de uma decisão como essa. Mas fica a ideia, que poderia ser aplicada já num primeiro instante, na Linha 13-Jade, que terá um amplo espaço entre Engenheiro Goulart e Zezinho Magalhães. Nesse trecho, com uma via permanente completamente nova, seria mais que possível aplicar esse sistema. Mais velocidade significa mais gente sendo levada cada vez mais rápido.

3 comentários:

  1. Tem o trecho também Perus <---> Caieiras que é um trecho bem longo, e se não tivesse restrito o trecho Caieiras <---> Franco da Rocha poderia também fazer parte.... Mas é uma ideia muito legal e interessante, além de agilizar as viagens...

    ResponderExcluir
  2. tomara que nas novas linhas este limite seja padrão! Em certos trechos os trens chegam a quase 90km!

    ResponderExcluir
  3. Hey, na linha 8 tambem tem um trecho que parece que o trem vai á 90kmh. Entre as estações Barra-funda e Lapa parece que o trem vai á 90kmh por que é muito rapido. Quando o 5000 passa por ali o motor faz muito esforço parecendo ir a 90 kmh.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores