quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

CPTM diz não ter previsão de liberação das linhas 7 e 8 após incêndio na Favela do Moinho

Incêndio na Favela do Moinho matou uma pessoa. Trens não circulam para Luz e Júlio Prestes
Fonte: G1

Mesmo depois de o Corpo de Bombeiros controlar no início da tarde desta quinta-feira (22) o fogo que atingiu um prédio e uma favela na região dos Campos Elíseos, Centro de São Paulo, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ainda não tinha uma previsão do retorno da circulação de trens na linha próxima ao local.

Por causa do incêndio, a circulação de trens foi interrompida na Linha 7, entre as estações Luz e Barra Funda, e na Linha 8, entre as estações Barra Funda e Julio Prestes. Os passageiros eram avisados pelo sistema de som das estações. Como alternativa, os passageiros podem utilizar o Metrô por meio da integralção gratuita nas estações Palmeiras-Barra Funda e Luz. O sistema Paese (transporte gratuito por ônibus) não foi acionado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um corpo foi encontrado no primeiro andar do prédio. Não foi possível identificar se era um homem ou uma mulher. A corporação vai verificar se irá retirar o corpo – pois o prédio corre risco de desabamento – ou se irá aguardar a chegada da perícia.
Três pessoas ficaram feridas no incêndio. Duas foram socorridas com sinais de intoxicação para a Santa Casa e a outra teve fratura no punho e queimaduras e foi para o pronto-socorro do Tatuapé. O fogo começou por volta das 10h e foi controlado pouco antes das 13h.

Em nota, a CPTM informa:
''Em razão do risco de desabamento do prédio atingido por incêndio hoje [22], por questões de segurança, será mantida a interdição da operação nos trechos entre Barra Funda e Luz, na Linha 7 e entre Barra Funda e Júlio Prestes, na Linha 8.

Os trens operam normalmente entre Barra Funda e Jundiaí e entre Barra Funda e Itapevi. A alternativa para quem precisa acessar a região é pelo Metrô nas integrações nas estações Barra Funda e Luz.

A CPTM aguardará os laudos do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil em relação ao prédio atingido pelo incêndio para restabelecer a operação de trens naqueles trechos.'' 

Prédio corre risco de desabamento. Em primeiro plano, as linhas da CPTM por onde passam os trens da Linha 7-Rubi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores