sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Jaraguá irá ganhar nova estação de trem

Trem série 1700 - Região da Luz (1999 aprox).
Fonte: CPTM

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), como parte do plano de expans ão do transporte metropolitano, irá reconstruir a estação Jaraguá de trem, na zona oeste de São Paulo. A atual estação, que pertence à Linha 7-Rubi (Luz - Francisco Morato), é tombada como patrimônio histórico de São Paulo e, portanto, não pode receber as obras de modernização e acessibilidade.

Segundo a assessoria de imprensa da CPTM, o projeto é orçado em R$ 39,4 milhões e deve durar 24 meses a contar da data da assinatura da ordem de serviço. O novo edifício será construído ao lado da atual estação e terá plataformas cobertas, escadas rolantes e todos os itens de acessibilidade (elevadores, piso e rota táteis, comunicação em braille, corrimãos e rampas adequadas, sanitários exclusivos para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida). 

Fernando, 31, acredita que o projeto deve trazer melhorias significativas, mas teme o período das obras: “vai ser um transtorno terrível, vai tumultuar, vai complicar a vida”. José, 25, revela que “apesar dos transtornos nas obras, daqui uns 5 anos deve melhorar bastante”. Já Edmar Soares de Oliveira, 48, vê como essencial a instalação de escadas rolantes, pois acha “perigosos os degraus da escada atual, que são de ferro e estreitos”. Todos os entrevistados esperam que as obras não interfiram no funcionamento dos trens.

A atual estação do Jaraguá tem 120 anos e possui uma arquitetura inspirada nas estações da Inglaterra. Até a conclusão das obras da nova estação, vai atender aos usuários. Após este período, terá uma nova vocação, ainda não definida.
 
O tombamento, determinado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), foi publicado no Diário Oficial da União, em 17 de julho de 2010. Apesar do tempo, muitos moradores da região ainda desconhecem o fato. Rita de Cássia, 47 e Ana, 32, acreditam que a divulgação é importante para o bairro, “para atrair turismo e movimento”.

4 comentários:

  1. Só uma coisa a dizer: Já estava na hora! Aquela estação(Estação Jaraguá), é muito desorganizada, uma plataforma em um lugar, outra em outro, quem desembarcou na Estação e quer voltar a Luz, tem que avisar o guarda, que diz no rádio para a mulher da catraca liberar, aí libera, no meio, vem os impostores, sabe. Acho que essa estação, era a mais necessitada e essa construção, e graças a Deus, brevemente teremos a "Nova Jaraguá"!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que a Estação nova deveria continuar a chamar Estação Jaraguá, já a antiga receberia o nome de quando foi contruída em 01 de outubro de 1891 que chamava Estação Taipas.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TAIPAS? Pra que? Para confundir mais as pessoas? Taipas é lá em cima. A Aurora já foi mal nomeada.Deviam sim destombar o patrimônio histórico e construir uma estação no melhor lugar sem a velha no caminho. Além disso um prolongamento da rua que vem de Pirituba seria bem vinda.

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores