quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

CAF 8000 ainda não opera na Linha 8-Diamante: CPTM atrasou entrega

CAF 8000 - Novo trem da Linha 8-Diamante
Por Diego Silva

Caros leitores, juntamente com o assunto ''Linha 10-Turquesa no Brás'', outra pergunta que muitas pessoas me fazem é sobre o novo CAF 8000, ou seja, quando eles irão circular. Os trens já foram entregues pelo Governo do Estado, em cerimônia realizada na estação de Barueri (na data, também foi entregue a reforma e modernização dessa estação, trazendo melhorias para os usuários). Mas até hoje, os trens permanecem no pátio de Presidente Altino, após alguns testes realizados.

Anunciados em 2010, como a primeira PPP (parceria público-privada) do gênero no país, o contrato de compra desses trens tratava-se do fornecimento de 36 unidades de oito carros, com passagem entre carros (open gangway), ar-condicionado, câmeras de vigilância, anunciador automático de estações e portas mais largas em relação aos novos trens já entregues (frota CAF 7000 e 7500). Além disso, um contrato de manutenção de 20 anos também foi assinado, dando responsabilidade à CAF de cuidar dessa frota.

O blog noticiou a chegada do ''Sierra 01'': http://cptmemfoco.blogspot.com/2011/09/depois-de-muita-espera-caf-8000-enfim.html. Na época, foi uma notícia bastante interessante, pois tratava-se de um trem que já estava sendo esperado há algum tempo. Após seu desembarque em Presidente Altino, junto de seu posterior encarrilhamento, começou uma verdadeira operação de guerra no pátio de Presidente Altino: a segurança local praticamente lacrou o acesso, impedindo pessoas que fossem ''de fora'' de ir ver o novo trem. Parecia segredo de estado, caros leitores, mas sempre temos pessoas que conseguem façanhas. Essas pessoas, acima de tudo generosas, forneceram fotos para nós, para mostrarmos à vocês como era o novo trem por dentro.

Interior do novo CAF 8000
Após a entrega, durante entrevista para diversos canais de mídia, o presidente Mário Bandeira disse ao blog parceiro ''CPTM Notícias'', do amigo Denis Castro, que tais trens deveriam circular até o dia 20 de dezembro, de maneira comercial (até então, circulavam em testes). Já estamos no final de janeiro, ninguém viu nem sombra desse trem circulando na Linha 8. Segundo a empresa, as composições ainda estão em testes. Mas convenhamos: nem os CAF 7000 demoraram tanto assim. Em 05 de fevereiro de 2010, o amigo Luis Fernando clicou o então 'Quebec 01' (7001/7004) em testes, no pátio de Presidente Altino. No dia 28 de março do mesmo ano, participamos da entrega do trem, além de realizar as viagens inaugural e comercial. O CAF 8000 não tem nada de muito diferente em relação aos seus 'parentes' próximos: foi construído praticamente no mesmo desenho, sob a mesma caixa. O que muda é a passagem entre carros (que não interfere em absolutamente nada) e a ausência das cabines intermediárias.

Fala-se que na planta industrial da CAF, em Hortolândia, a linha de produção parou com a construção dos CAF 8000, porque não existe mais espaço físico em seu pátio. Enquanto isso, em Presidente Altino, o espaço físico já é limitado, o que torna impossível a chegada de mais trens. A CPTM está com um dilema, nessa questão. Os usuários da Linha 8-Diamante permanecem esperando seus novos trens, numa expectativa de um transporte cada vez melhor. Quando de sua completa chegada, os 36 novos trens deverão dar uma nova forma de operação na linha, dinamizando o transporte e operando com intervalos reduzidos, de maneira mais rápida e efetiva. Mas teremos que esperar para ver.

24 comentários:

  1. O senhor Mario Bandeira prometeu em entrevista que ate o final de 2012, os 36 trens estariam entregues e funcionando na linha 8, agora eu pergunto: Sera amsi uma promessa vazia do senhor Presidente?

    ResponderExcluir
  2. Entrei em contato com a CPTM com a atendente Barbara, perguntei se tem alguma data prevista para que os trens da série 8000 entrassem em circulação na linha 8, a mesma me informou que não tem um prazo, pois os trens estão "sendo montados", estranho né?
    Meu contato foi nesse momento no 0800 da CPTM, às 08:55 da manhã di dia 26/01/2012.

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa que leva anos (ou décadas mesmo) e por causa de algumas atitudes pode por tudo à perder é a credibilidade!!!

    Com o projeto Expansão São Paulo, o governo priorizou o transporte sobre trilhos para amenizar o caos da mobilidade urbana na região metropolitana de São Paulo, coisa essa que estava tirando a competitividade em relação à outras metrópoles sul-americanas... Com isso a CPTM, que ao contrário do Metrô depende do governo do estado recebeu algumas melhorias para tornar o transporte ferroviário tão bom quanto o Metrô, com a idéia de transforma-la num metrô de superfície. Com isso foram construídas novas estações mais modernas e com acessibilidade nas linhas 9-Esmeralda e 12-Safira, a modernização da frota da linha 12-Safira, a modernização de várias estações das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda e outros avanços que melhoraram bastante a vida de quem utiliza os trens.

    Só que de um determinado tempo vem acontecendo algumas coisas que podem por à perder esse mínimo de credibilidade que a empresa conquistou junto aos usuários: fatos que não se concretizam!!! E entre eles podemos citar as estações provisórias das linhas 7-Rubi e 8-Diamante (algumas até já completaram aniversário, um absurdo!!!), o remanejamento de uma frota de trens para outras linhas que nada foi prometido, um serviço de modernização para diminuir o intervalo entre um trem e outro e que acabou com o deslocamento dessa linha para uma estação antes, e com isso tirou uma opção de integração e outras mais que quem utiliza o serviço no dia-a-dia sabe muito bem...

    Tem muitos usuários da linha 8-Diamante que prefere a frota 5000 por causa dos 12 vagões e isso no horário de pico faz a diferença... mas qual o impedimento e porque a CPTM não passa com clareza o real motivo do atraso da operação dos CAF série 8000 entrarem logo em operação???

    Se isso é importante ou não para a empresa (esclarecer o real motivo do atraso nas operações), todo e qualquer anúncio de investimento e melhoria no sistema fica desacreditado, e aí logo acontece o de sempre: o cliente satisfeito comenta com uma pessoa, já o insatisfeito faz questão de que ao menos vinte pessoas saibam que tal produto ou serviço não presta... Cabe à CPTM optar por qual escolha à fazer!!!

    ResponderExcluir
  4. Embora os Serie 5000 tenha 12 carros, o que nos dá mais espaço, tem um sistema precário de ventilação, o que nesse verão de São Paulo faz dos vagões uma verdadeira sauna. Sem falar dos constantes problemas, as revisões vencidas e os outros detalhes que foram citados nesse site mesmo. Enquanto isso o governo gasta nosso dinheiro na compra de trens novos, que mesmo sendo caros, não é nada comparado a grana que rola nos cofres públicos, enfim, compram os trens com nosso dinheiro e deixam encostados mofando nos pátios, e agente que continue com os 5000. Queria saber dos orgãs públicos o que eles acham disso, uma vez que eles não usam os serie 5000 pra ir pra casa.

    ResponderExcluir
  5. O ministério público bem que poderia fazer uma investigação na CPTM, pois o nosso dinheiro tá sendo gasto, e em vez de retorno, o que temos é trens velhos, ambulantes, falta de segurança, atrasos...

    ResponderExcluir
  6. Caros amigos, muito boa tarde.
    Aqui em Altino estamos abarrotados de trens. Tem 6 unidades do "S" série 8000 paradas. Esta semana a sexta unidade foi "desempacotada" após semanas embalada no pátio.
    Levei um susto ao entrar na cabine e vê-la toda desmontada, sem AVI, sem a tela de monitoramento, enfim, os trens estão sendo terminados aqui.
    Já imaginou se tivéssemos que comprar um carro zero-quilômetro por alguns milhões de reais e ele ficar na garagem sendo montado?
    Esses trens chegaram antes do término do sistema CBTC na linha 8 e possuem somente esse sistema. Alguns ATC's foram retirados dos "7000"- cabines do meio para fazê-lo operar provisoriamente.
    É uma logística louca. Desmonta 7000, inverte cabines, faz giro, monta de novo, testa, testa 8000, volta pra vala, enfim, só vendo para crer.
    A coisa está feia. A empresa não fornece peças para os 7000. Faltam coisas básicas como pastilhas de freio e vira aquele verdadeiro "canibalismo".
    Vergonha para o Estado de São Paulo, a CPTM e principalmente para o cidadão, que além de pagar impostos, gasta R$ 2,90 por viagem.
    Lamentável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. paulo porque a cptm inverte tanto os 7000? e porque na linha 9 da tanto problema nos mesmos? smp passo entre osasco e altino e percebo q qdo quebra alguns 7000 os mesmo chegam a fikar quase 2 ou 3 meses parado esperando conserto ou ate ser invertido dnv.alias vc que esta ai nao sabe se por um acaso o pessoal da cptm vai entregar os 8000 jnt cm a nova estaçao de osasco ou se ja tem algum novo prazo?alias sobre os 8000 eu pensava q tinha 8 ja...pois os que vi cobertos se nao me engano eram o 8025-8028 = S7 8029-8032 = S8 que devem estar sendo montados agora...

      Excluir
    2. Oi Tarcísio

      Olha, as inversões ficam por conta de avarias. Quando uma cabine tem algum tipo de problema, para "ganhar" o trem acabam invertendo-as.
      O 7000 enfrenta um grande dilema da falta de peças. Uma coisa não pode ser queixada: a CPTM possui uma equipe de técnicos excelentes, com muitos anos de experiência, mas a falta de peças nos trens, mesmo os novos atrapalha o bom andamento da manutenção.
      A culpa não sei de quem é mas falta muita coisa. Existem trens 7000 parados há mais de um ano!
      Sobre a estação Osasco fica difícil dizer mas acredito não estar relacionada ao 8000 por se tratarem de setores diferentes, aliás, na parte das obras ficamos sabendo por meio da imprensa. São apenas 6 série 8000. Não reparei na numeração, mas pode ter vindo trem fora de ordem e lá em Hortolândia deve ter vários prontos aguardando.
      Forte abraço.

      Excluir
  7. Falta peças básicas de reposição para os trens da CPTM, mas para o Metrô não falta e estamos falando do mesmo fornecedor e que trabalha no mesmo modelo de negócio, ou seja, trens!!!

    É o tipo de coisa que precisa ser levado à diante porque quando está assim a nova frota dos série 7000 da CAF vai ficar igual aos série 5000 que rodam com manutenção vencida, sem peças de reposição e constantes avarias, ou seja, a credibilidade da empresa vai por água abaixo mesmo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliano

      Falta ainda ressaltar que o 5000 tem 34 anos de operação e o 7000 menos de 2 anos. Faltar peças pro 5000 é aceitável, mas para o 7000...

      Excluir
  8. E isso é o básico em qualquer relação contratual: quando um não cumpre a sua parte, ou você solicita amigavelmente o cumprimento do que foi estabelecido, ou descumpra o contrato, nem que seja levado aos tribunais, afinal estamos falado de algo que é de uso coletivo!!!

    ResponderExcluir
  9. é a cptm vai de mau a pior pois na falta dos 8000 na L8 perdeu-se mais um ou duas compossições 5000 hj devido a colisão no trecho entre Eng Cardoso e Itapevi ñ acredito em falha humana mais sim falha mecanica
    ta mais do qwe na hj do ministerio publico entrar em ação para averiguação e conduta da cptm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Edimilson

      Nem soube desse acidente! Estávamos com apenas 12 trens 5000 em média operando e agora mais um vai para a sucata. Quero ver o que a sindicância vai alegar agora.

      Excluir
  10. Pelo jeito os fepasões irão operar na L8 por mais algum tempo. Para piorar, essa mesma linha perdeu mais um 5000, devido a colisão que ocorreu na noite desta quinta.

    ResponderExcluir
  11. Ao todo a cerca de 17 serie 5000 e segundo o caro Paulo farias ha apenas 12 funcinando em media, o jeito sera colocar outros dois para circular, ate que um dia tudo acabe , assim quem sabe a cptm coloque os 36 novos trens para rodar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Arquiteto

      Tá feia a coisa. Ao andar da carruagem vão ter que colocar o 8000 pra rodar nos próximos dias e detalhe...acho que não vão poder tirar 5000 de operação por enquanto. Vão ter que injetar trens 8000 na L8 sem tirar os velhos.

      Excluir
  12. Se por ventura colocarem os caf para rodar essas composicões estão preparada para o dia a dia ñ vão deixar a população na mão como os 5500 qwe foi um verdadeiro fiasco ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 5500, segundo o pessoal mais antigo conta, sempre foi um trem problemático.
      Gastador de eletricidade costumava "roubar" energia dos outros trens, amarrando o tráfego. Até no pátio de Altino ele já desarmou subestação e conseguiu descarrilar.
      Mas o ideal é que as coisas acontecessem ao mesmo tempo. Que os 8000 já entrassem com o CBTC e as estações prontas. Receio que não haverá tempo.

      Excluir
  13. paulo n tem mais tempo para esperar o maldito cbtc,a linha 8 ta tendo que pegar 3000,7000 e antes tbm os 2070 da linha 9 pq os 5000 estao cd dia piores,é a mesma coisa de vc ter um carro velho e comprar um novo e deixar na garagem pq tem q acabar de montar e testar testar e testar durante uns 5 meses (tempo que o 8000 ta parado em altino,contando a partir de seu encarrilamento em altino,setembro de 2011) é complicado, 5 meses depois e nada,tomara q continuem quebrando cd vez mais 5000 só assim eles vao colocar os 8000 pra rodar... A FORÇA pq se depender da cptm a linha 8 ta fu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estão pouco de lixando para o usuário. Triste.

      Excluir
  14. Quem sabe agora, na base do forceps (depois do acidente em Itapevi em que 2 trens 5000 foram pro espaço), o Serie 8000 finalmente começa a operar e gradativamente tirem essas "máquinas de lavar" dos serie 5000 da linha 8???????

    ResponderExcluir
  15. Parece provocação! hoje tiraram os 7000 da linha 8 e ao invés de colocarem o 8000, colocaram os Metropolis 2070 na Linha 8! quando será que esta novela "Direito de nascer" vai acabar? assim que esta pouca vergonha que a CPTM está promovendo contra o usuário acabar tbm!

    ResponderExcluir
  16. Os Cofesbras foram tirados da linha 8 há alguns meses no intuito de "lubrificar" a rede aérea na linha 9 e também atender a mesma que estava com alguns de seus trens retidos na oficina.
    Por questões operacionais muitas vezes a CPTM desloca unidades entre linhas. Só quem não fica satisfeito com essas mudanças é o usuário. Abraço.

    ResponderExcluir
  17. Novidade aos amigos da linha 8

    Até sexta-feira próxima, pelo menos uma das unidades do série 8000 entram em operação, nos horários de vale.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores