sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Contrastes

Trem série 1100 - Estação Lapa - Linha 7-Rubi
Por Diego Silva

A CPTM é uma empresa cheia de contrastes. A cada novo dia em que embarcamos nos trens, constatamos tais fatos. Por mais que se tente colaborar para que as coisas funcionem da maneira que devem funcionar, ainda vemos certas coisas congeladas no tempo, ou então caminhando para trás.

Me surpreendo, caros leitores, como tanta gente está nadando contra a corrente dentro da CPTM. Como podem deixar ''pequenos problemas'' passarem despercebidos, sendo que esses pequenos problemas podem se tornam grandes obstáculos? Um desses problemas é a qualidade do serviço prestado pela segurança terceirizada nas estações. Ontem, uma mulher muito bem vestida estava parando diversos usuários na estação Brás, pedindo esmolas com alguma desculpa esfarrapada. Com um detalhe interessante: dois seguranças da 'Power' estavam há poucos metros, com plena visão do ocorrido. Passamos para o SMS-Denúncia (que diga-se de passagem, é um péssimo serviço, sendo que de cada dez denúncias que se envia, uma é atendida), que não atendeu o chamado (o que não é novidade). Ligamos no 0800 da CPTM, que enviou as equipes de segurança da plataforma. Mas como eu citei há pouco, o despreparo é tanto, que os vigilantes ficaram de frente com a infratora, mas não coibiram a ação. Ao ligar novamente para o 0800 e relatar tamanha ineficiência, disseram que iriam passar para o SMS-Denúncia resolver. 

Fica esse jogo de compadres entre setores da Companhia, e no fim, o problema não é resolvido. Enquanto isso, dentro dos trens, o comércio ambulante corre solto. Nas plataformas, usuários estão fumando e consumindo bebidas alcóolicas, sem qualquer impedimento. Os usuários de bem, que pagam caro para poder viajar com um mínimo de conforto, observam o declínio que a CPTM está, que parece não ter fim desde a saída de Sérgio Avelleda da presidência. O que mais me chateia nisso tudo é tentar ajudar e não ser ouvido, ser taxado como errado. Tantas vezes o pessoal de áreas internas já falou a mim e para outros amigos, que nós sabemos mais do que acontece no sistema do que eles próprios. O que é uma grande verdade: nós vivemos o dia-a-dia dos trens. Sabemos os problemas das linhas que utilizamos, quando e onde acontece. Mas ao tentar ajudar, a empresa nos vira as costas, deixando o triste espetáculo de infrações acontecer.

O sistema de segurança da CPTM melhorou muito nos últimos anos, não podemos negar. Mas ainda não é o que os usuários esperam. Em vinte anos de administração, ainda vemos os mesmos problemas da década de 1990. O que está postado aqui, é lido por diversas áreas da empresa. Como já disse outras vezes, se falando pessoalmente as coisas não acontecem, é necessário trazer ao público para ver se alguém toma alguma providência. Tenho esperança que a CPTM se torne uma grande empresa e que tenha um atendimento diferenciado. A meta de ser a mais moderna empresa de transporte ferroviário do país está cada vez mais distante, pois com tais atitudes, ninguém vai chegar em lugar nenhum.

5 comentários:

  1. Sobre o Comércio ambulante na linha 7 Rubi pelo que percebo os vendedores sempre aparecem na Estação Vila Clarice e depois desaparecem coisa que a gente vê com frequencia e nas demais linhas desde que utilizo os trens da CPTM desde 1998 e que ainda não foi resolvido, outro detalhe o 1100 que está na foto eu peguei ele hoje de manhã e teve havaria no vidro do lado direito da mascara muito provavelmente atingido por algum vandalo e assim que chegamos no ponto final Luz o condutor avisou "esta composição não prestará serviço".

    ResponderExcluir
  2. Com a excessão do Metrô, onde tudo, ou quase tudo funciona ou é respeitado, é justamente esse tipo de coisa que pode por tudo a perder quando a idéia é melhorar o que existe!!!

    Se há a intenção de coibir o comércio ambulante na CPTM, todos, sem excessão deveriam combater tal prática, pois como todos sabem é um ato ilegal, mas a conivência vem desde a base operacional até quem deveria, por direito e dever, punir tal comportamento!!!

    Não estranhe se amanhã voltar aquelas cenas que nós usuários víamos da década de 90 ou mesmo da época em que os trens em São Paulo era operados pelas péssimas RFFSA e CBTU!!!

    ResponderExcluir
  3. Prezados, boa noite.

    Hoje fui até o bairro do Jabaquara, saindo de Osasco. Pela linha 9 até Pinheiros uma viagem confortável, dentro de um trem Cofesbra (série 2070).
    Após descer 5 escadas rolantes, embarquei na linha 4. Sem dúvidas, um dos melhores sistemas de metrô do mundo.
    Mais adiante baldeei duas linhas (verde e azul) do metrô.
    O que percebemos é que o metrô está décadas na nossa frente. Andei em uma unidade antiga, da Mafersa. É impressionante! Trens velhos, porém em perfeito funcionamento. Limpos e nem riscos se via nos assentos e nas laterais internas.
    A promessa do ex-governador José Serra em transformar a CPTM em qualidade de metrô está longe, muito longe de acontecer.

    CPTM X Metrô = 10 a zero para o Metrô.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo Farias na minha opnião a CPTM de 14 anos pra cá evoluiu bastante no caso do Metrô lá o negócio é bem rigido se tiver algum risco nos vidros não tem trem nos bancos é bem raro de acontecer eu vi em uma ou duas ocasiões já na CPTM ai a história é outra se a administração adota-se essa mesma atitude com certeza o povo respeitaria e muito.

      Excluir
    2. Amigo Paulo, particularmente vejo o Metrô com muito orgulho. Uma empresa séria, de ótima administração, com políticas e regras que mantém a ordem no sistema. Desde a chegada do trem no fim da operação, até o dia seguinte, completos esforços para manter tudo na mais perfeita ordem, o que me impressiona. A CPTM tem muito o que aprender com o Metrô, mesmo já vindo de bastante tempo. Os trens da Linha 1-Azul são de 1974, mas andam num brilho que orgulha cada dia mais.
      O padrão de Metrô que a CPTM quer adotar não chegará nunca, em minha opinião. Podem alcançar a mesma forma de operar intervalos curtos, mas o padrão Metrô de São Paulo, desacredito.

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores