terça-feira, 17 de janeiro de 2012

CPTM lança editais para o Expresso ABC

Trens série 2100 - Estação Ipiranga - Linha 10-Turquesa

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) fornece neste mês os primeiros passos para que o Expresso ABC, no município de São Paulo, deixe de ser um projeto engavetado desde 2007.

A companhia lança a partir da próxima segunda-feira os editais para modernização das estações de trem que atendem a região. Serão R$ 11,7 milhões em investimento para elaboração dos projetos.

As paradas passarão a contar com escadas rolantes, itens de acessibilidade, como elevadores e piso e rota táteis, e banheiro público. As primeiras estações da Linha 10 - Turquesa a terem editais lançados serão Ipiranga, na capital, e Utinga e Prefeito Saladino, em Santo André.

A CPTM afirma que o material para concorrência será publicado na próxima segunda-feira, orçado em R$ 4,3 milhões. A entrega dos projetos deve durar oito meses, a contar da data de assinatura da Ordem de Serviço. No dia 24, será a vez das esta ções Guapituba, em Mauá, e Ribeirão Pires, no valor de R$ 2,8 milhões e seis meses de prazo para elaboração.

Os últimos editais serão para Brás, na capital, e São Caetano, previsto para o dia 9 de fevereiro com verba de R$ 4,6 milhões e prazo de 12 meses.

O Expresso ABC será uma linha rápida de ligação entre a região e a capital que utilizará a mesma rota feita hoje pelos trens, mas com menos paradas. A previsão é que esteja em funcionamento em 2014. O investimento inicial de R$ 1,2 bilhão foi revisto para R$ 1,5 bilhão.

8 comentários:

  1. ---

    Gente para de chorar.

    Quando a linha 11 ter o ponto final para a Barra Funda.

    TALVEZ

    A linha 10 volta para Luz.

    ---

    Fora que quando tiver o EXPRESSO ABC.

    AE É CERTEZA QUE ELA TERMINARÁ NO BRAS.

    Onde vão colocar linha expressa na luz?

    ---

    Não adianta ficar chorando.

    Porque ou o EXPRESSO ABC, ou a linha 10.

    VÃO TER PONTO FINAL NO BRAS.

    Ou seja

    no final, fica tudo na mesma.

    ---

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, ñ é chorar, é uma reivindicação. Ñ tiramos a razão dos q reclamam dos roubos dos 7000 das Linhas 7 e 12, e olha que eles são chatos as vezes. Nós tb somos.

    E segundo, duvido que o Expresso vá para Luz. É oq disse em outro comentário. O foco ñ é a linha paradora, e sim o Expresso. Se tirarem nossa linha da Luz, quem garante que o Expresso vai até ela? Se ela for, as coisas voltariam a estaca zero, pois haveria apenas uma plataforma para as Linhas 7 e 10, oq provaria que os argumentos da CPTM ñ tem fundamento.

    Eu já ñ acredito mais nesse projeto, se sair do papel, será apenas mais uma obra visando marketing do governo. A copa esta chegando, é uma ótima justificativa pra se gastar mtoooo dinheiro em obras, pra q elas saiam rapidamente, sem o devido cuidado de para onde o dinheiro vai. E se sair, pode ter certeza que para na Mooca. Simplesmente ñ acredito em Expresso na Luz se a linha paradora ñ voltar agr pra lá. Irão soltar os msm argumentos, deq poucos usuários da linha utilizam a estação, e toda a baboseira de sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Eduardo, a questão do 'empréstimo' dos CAF 7000 para praticamente todas as linhas foi algo no mínimo estranho. Se prometeram número X de trens para tal linha, deveria ter sido cumprido. Não foi à toa que fizeram aquela campanha enorme do Expansão São Paulo.

      Quanto ao Expresso ABC ir para a estação Luz, num primeiro momento eu até acreditaria, mas onde ele ficaria? Não existe espaço físico, como você bem disse. Existe um projeto, da construção da Nova Luz, que seria onde hoje são as oficinas, mas é um 'elefante branco' para o momento atual. Se o Expresso vier mesmo, será basicamente o que temos hoje na estação Brás: um trem passa para Rio Grande da Serra, outro 'Expresso' para Mauá.

      Excluir
    2. Existem vários pontos críticos com relação ao percurso do Expresso.

      Embora na maior parte da linha existam várias vias abandonadas, em outros há pouco espaço. Em Prefeito Saladino por exemplo, ou no Brás e na Luz.

      Existem algumas plataformas sem uso, destinadas a Linha 12 no Brás, mas é fisicamente impossível utiliza-las como ponto final ou do Expresso ou da linha paradora.

      Caso se consiga transpor o Brás, o problema é a estação Luz. Se o Expresso tiver seu ponto final lá, a situação voltaria a estaca zero como já disse.

      A ideia de mais fácil implementação, seria levar a Linha 11 para Barra Funda e deixar a 7 lá, e retornar a Linha 10 para a Luz. Embora o mais lógico fosse para se manter a simetria no mapa, seria haver um Expresso na Linha 7, e que ele chegasse até a estação Brás. Mas há o espaço físico, demanda, fluxo, e vários outros fatores.

      Por isso é tão delicado se retirar opções dos usuários. E oq me preocupa, é q a CPTM parece ñ ligar pra isso. Ñ se foi feito nem um esforço para, no minimo, manter as coisas como estavam. Do msm modo que uma simples integração pode melhorar mtooo a mobilidade, a retirada de uma estação, ñ importa qual seja, pode ter impactos desastrosos.

      Excluir
  3. ---

    A sim que maravilha de comentário acima.

    O Expresso ABC e a linha 10 tem ponto final na Luz.

    ---

    E os outros usuários

    das outras linhas que se virem para chegar no centro ...

    ---

    Parabéns por tamanha

    demonstração de cidadania.

    RSSSSSSSS

    BRASIL-IL-IL-IL-IL

    ---

    ResponderExcluir
  4. ---

    E não sei como vcs não estão inteirados (principalmente trabalhando na empresa).

    Porque na Barra Funda, todos dão como certo.

    Que a linha 11 vai ter ponto final na Barra Funda.

    Até a Copa do Mundo.

    ---

    ResponderExcluir
  5. quem falou em deixar ambas as linhas (paradora e expresso) na Luz?

    ResponderExcluir
  6. definitivamente n da pra conversar com troll. pra ele e mais importante se impor e se auto vangloriar, doq fazer um comentario q agregue algo. triste

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores