segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Expresso Leste é prioridade para Mogi das Cruzes

Mogianos querem a chegada do Expresso Leste
Fonte: Mogi News

A chegada em definitivo do Expresso Leste, a extinção das cancelas e a reforma das quatro estações de trem de Mogi das Cruzes serão as prioridades de investimentos que a administração municipal irá solicitar ao governo estadual. Os pedidos encabeçarão "o caderno de necessidades" que será encaminhado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Metropolitano.

Eles irão atender a uma determinação do secretário estadual Edson Aparecido, que participou de uma reunião do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), realizada na quinta-feira desta semana, no Paradise Golf & Lake Resort, em Jundiapeba. Aparecido não revelou quanto o governo pretende investir no Alto Tietê, mas recomendou que as prefeituras da região elaborassem projetos que considerem essenciais. A promessa é que eles serão analisados pelo governador Geraldo Alckmin e, partir desta apreciação, o valor repassado ao Alto Tietê seja definido.

No ano passado, em processos administrativos semelhantes ao iniciado na quinta-feira no Alto Tietê, o governo estadual anunciou investimentos de mais de R$ 18 bilhões para as regiões do ABC Paulista, Campinas e Santos. É com base nesses valores que o Condemat estima um investimento para o Alto Tietê de R$ 4 bilhões a R$ 6 bilhões.

"Acabei de sair de uma reunião na Prefeitura com todos os secretários municipais de planejamento do Alto Tietê e eles começaram a desenvolver um trabalho de especificação de prioridades", contou o prefeito Marco Bertaiolli, durante inauguração da creche em Brás Cubas, na tarde de ontem.

"Nós de Mogi já estamos elaborando o caderno de necessidades para o desenvolvimento da cidade e da região e não sei quais e quantas demandas serão apresentadas, mas uma que tenho absoluta convicção que fará parte do documento é a reformulação do transporte de trilhos. Temos que acabar com as porteiras", garantiu o prefeito.

Questionado se a extensão do serviço até César de Souza faria parte desta lista com os pedidos de investimentos, Bertaiolli afirmou que a expansão será solicitada "após a chegada do Expresso Leste em todos os horários até a estação Estudantes e com todas as passagens de nível resolvidas". "Após a conclusão destes projetos a chegada dos trens até César será inevitável", disse.Bertaiolli adiantou que apresentará as mesmas solicitações ao presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), Manoel Bandeira. Ele estará no município na próxima segunda-feira.

2 comentários:

  1. Isso aí, Bertaiolli. Garantir primeiro o trem até a estação Estudantes. César, a gente vê depois. Uma coisa de cada vez, parabéns..!!

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores