sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Linha 10 no Brás em definitivo

Notícia foi capa do Diário do Grande ABC ontem
Fonte: Diário do Grande ABC

Acabou o mistério. Um mês após conclusão das obras de modernização na via férrea da Estação Luz, na região central da Capital, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos finalmente confirmou que a Estação Brás continuará a ser o destino final da Linha 10-Turquesa, que parte de Rio Grande da Serra. Com isso, continua a necessidade de baldeação entre as duas estações por meio da Linha 11-Coral.

O novo modelo operacional da Linha 10 foi adotado após conclusão de pesquisa realizada por amostragem com cerca de 403 mil pessoas, segundo a CPTM. O estudo indicou que 55,7% dos usuários avaliam como ótimo e bom o serviço prestado na Linha Turquesa. Outro motivo indicado pela companhia para a mudança é o significativo crescimento da demanda de usuários na Estação Luz, por onde circulam 465 mil passageiros por dia, com a entrada em operação da Linha 4-Amarela do Metrô. Foi ressaltado ainda o fato de a estação centenária ser patrimônio histórico da cidade e, por isso, haver restrições para intervir em sua arquitetura original.

Na Estação Brás, a Linha 10 passou a dispor de duas plataformas: uma para o embarque e outra para o desembarque, e os intervalos entre os trens foram reduzidos para cinco minutos, de acordo com a CPTM. A equipe do Diário percorreu o trajeto da Estação Prefeito Celso Daniel, em Santo André, até a Estação Luz em 45 minutos, sendo que a baldeação entre as duas estações via Expresso Leste demorou dez minutos. Apesar de a mudança ser definitiva, todas as placas de embarque indicam que a linha tem como destino final a Estação Luz.


INSATISFAÇÃO
A mudança afeta parte dos 366 mil passageiros que utilizam a linha diariamente, aqueles que precisam seguir rumo à Luz. A opção, nesse caso, é utilizar, além dos trens do Expresso Leste, na Estação Brás, a transferência gratuita para a Linha 3-Vermelha do Metrô. A principal reclamação dos usuários é em relação ao transtorno de precisar trocar de plataforma para embarcar em meio ao empurra-empurra na composição do Expresso Leste que, na maioria das vezes, está cheia, já que traz passageiros da Estação Estudantes, em Mogi das Cruzes.

Além disso, os passageiros consideram desrespeitoso o fato de a CPTM ter informado inicialmente que esta situação só seria mantida enquanto durassem as obras na Estação Luz. "Isso foi enganoso", considera o especialista em recuperação de crédito Luís Marcelino, 41 anos. Segundo ele, que mora em Santo André e trabalha na Rua Libero Badaró, é mais rápido e causa menos transtorno acessar a Linha Vermelha do Metrô e ir até a Estação Sé para embarcar na Linha Azul do Metrô do que utilizar o Expresso Leste.

A assessora jurídica Elaine Aparecida de Queiróz, 30, também prefere utilizar o metrô para chegar até seu trabalho, no Anhangabaú. O novo percurso - pela Linha Vermelha do Metrô até a Estação Sé, onde embarca na Linha Azul - faz com que o trajeto diário fique 20 minutos mais demorado.

Para quem faz o sentido inverso - mora na Capital e estuda ou trabalha na região - também há transtornos. O presidente do diretório acadêmico Sigma da Universidade Federal do ABC em São Bernardo, Johnny Seron Bispo, é um dos estudantes que protestam contra a medida. "O tempo de viagem aumentou em até 20 minutos,, sem falar do desconforto, porque utilizamos a linha nos horários de pico.",


CPTM em Foco antecipou mudança em outubro de 2011

Os leitores que nos acompanham diariamente viram, na postagem do dia 03 de Outubro de 2011, previmos e antecipamos que a Linha 10-Turquesa iria ficar em definitivo na estação Brás. Se falou muito em boatos, não haviam informações concretas, mas noticiamos em primeira mão, desde o primeiro burburinho do que deveria acontecer. Os usuários da Linha 10 que nos acompanham estavam informados desde o primeiro momento em que se cogitou fazer isso.


Ou seja, já estamos anunciando há bastante tempo sobre essa decisão da CPTM. O que mostra que antecipamos a decisão da companhia, alertando aos usuários sobre a mudança antes mesmo da empresa se manifestar ou da mídia descobrir. É mais um passo de confiança que o blog conquista com o seu leitor, sempre priorizando o interesse e o conforto do usuário. O blog se posiciona cada dia mais como uma fonte confiável de notícias sobre a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. 

16 comentários:

  1. Essa notícia só poderia mesmo ter sido dada numa Sexta-Feira 13... sem comentários... claramente nós, que estamos descontentes com a "decisão" somos em maior número, deveríamos nos unir e abrir Processo em massa no Ministério Público...vocês perceberam que a enquete no blog do Diário da CPTM, que indicava que 80% dos visitantes do Blog reprovavam o Terminal da Linha 10 no Brás foi "convenientemente" retirada do site???

    ResponderExcluir
  2. A estação da Luz foi projetada para ser estação de trens de longo percurso, e não de trens de subúrbio, por isso ela não suporta a gigantesca demanda de usuários.

    Como já tinha dito aqui, sou favorável em levar a Linha 7 - Rubi até a estação Brás, deixando a Luz apenas como ponto de passagem dessa linha, o que reduziria, em parte, a demanda do Expresso Leste e da linha 3 - Vermelha no metrô, que já circulam muiito lotados, além de ter uma linha a menos na Luz. Além disso, também defendo a integração entre as estações Júlio Prestes e Luz, por meio de um túnel, o que poderia aumentar a demanda da Júlio Prestes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes, quando só tinha a linha 10 e a 7 fazendo terminal na LUZ, não havia nenhum problema! Após a inclusão de mais uma linha, no caso, a mais superlotada linha do sistema da CPTM, a linha 11 Rubi (expresso leste), na LUZ, a situação ficou caótica mesmo! Quase um ano depois resolverem retirar a linha 10 da LUZ, porque a LUZ estava superlotada e apresentava riscos aos passageiros. Por que será, né? Na minha opinião, criaram um problema para justificar a a pior solução. Outro detalhe é que a linha, 10 durante mais de 200 anos sempre esteve na LUZ. Ela faz parte da Santo-Jundiaí e antes disso da São Paulo Railway, Além da região atendida pela linha 10 ser a que gera quase 60% do PIP paulista. Realmente o ABC se sentiu traído e excluído!

      Excluir
    2. Fabio, quando o Expresso Leste chegou na Luz (em 2003), a demanda e a necessidade de transporte eram completamente diferentes. Em quase dez anos, a demanda de passageiros quase dobrou. Também fui contra a retirada da L10 da Luz, mas por uma questão de segurança, foi uma decisão acertada. Se hoje, com as linhas 7/11 e 1/4 já está um caos completo, imagina se a 10 ainda estivesse lá?

      Excluir
  3. eu não acredito linha 10 no brás? não pode ficar assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Gabriel, acredito que nós usuários dessa linha da CPTM temos que reclamar mesmo, mas temos que ser unidos neste sentido, TODOS OS USUÁRIOS DEVEM RECLAMAR E EXPOR O QUE ESTAMOS ENFRENTANDO, pois não é nada fácil entrar nos trens da zona leste, e se nós é quem ficamos impedidos de desembarcar na estação da Luz, por que eles não tiraram o da zona leste que é muito mais lotado que a nossa linha???

      Excluir
  4. Isto é um verdadeiro descaso com os passageiros da linha 10 que tem que prosseguir viagem sentido Fco Morato. Manda a família desses dirigentes tentar entrar num trem que vem de Guaianazes as 8H da manhã na estação do Brás, ou tentar entrar no que vai para Guaianazes as 18h da tarde

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com a Sandrinha. É um absurdo fazerem o que estão fazendo com os passageiros, um descaso e não passam de um bando de mentirosos a CPTM. Provavelmente os dirigentes da CPTM vão de carro trabalhar, por isso decidiram isso. Que pouca vergonha, que empresa mediocre.

    ResponderExcluir
  6. Uma amostra de 403 mil pessoas, de uma população de 366 mil passageiros? Não entendo mtoo de estatística, mas tem coisa errada ai. Alguém me corrija pfv, pq sei q estou falando bobagem :S

    ResponderExcluir
  7. Aliás, apoio o movimento e tals, mas uma questão paira na minha cabeça: Durante meses, os usuários da Linha 7 sofreram qdo as obras eram do lado Luz - Barra Funda. Depois foi a nossa vez. E praq? Só para os trens manobrarem. Sei que as obras ñ consistiam apenas na troca dos AMVs, mas isso ñ pode ser considerado uso desnecessário do NOSSO dinheiro público? Afinal, do jeito q tá agr, podiam mto bem usar os AMVs antigos.

    ResponderExcluir
  8. É por essas e outras que eu digo: as linhas 7,8,10 e 11 deveriam ter como a estação terminal a Barra Funda!!!

    E isso não é difícil... basta ver a quantidade de plataformas sem utilização, basta colocar os trilhos e deixar a Luz como passagem para as linhas 10 e 11, desativar a estação Júlio Prestes e ao mesmo tempo iria desafogar o Metrô, uma vez que os usuários da CPTM teriam mais opções!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o Juliano!!! Além de tudo o que ele listou, não podemos esquecer que na Barra Funda existe um terminal Rodoviário, onde saem onibus para o interior de Sâo Paulo, interligação com o metrô e CPTM

      Excluir
  9. Isso não acontece só na linha 10, na Linha 8 - Diamante, o trecho entre Itapevi e Amador Bueno foi desativado em 2010 e foi prometida a sua modernização em um ano e meio, já passou o prazo e nada. O trecho está sendo reconstruído, mas a passos de tartaruga, e só acontece graças ao apelo do deputado da região, João Caramez, pois tenho certeza que a intenção da CPTM era desativar definitivamente o trecho.

    ResponderExcluir
  10. É quando começaram as obras na Luz em agosto do ano passado,prometiam que iria melhorar mas......bato na mesma tecla que o serviço ficou pior para nos usuários da linha 10 que dependemos desse trem para ir até Luz,mudar de plataforma e tentar embarcar no expresso leste é terrível,pois quem trabalha na região da Santa Efigenia e Bom Retiro que são a maioria não utiliza metrô,portanto esse papo de linha amarela congestinada é conversa fiada.
    Eu recebi uma resposta da minha reclamação na STM sobre isso,é sempre aquelas mensagens já prontas e bem técnicas,ou
    seja é só para maquiar e nos enganar.
    Quer saber eu acho que o tal de Expresso ABC Luz-Mauá é outra mentira que com certeza não sairá do papel.
    Mais uma vez deixo claro que para mim esta gestão é péssima.
    Poderiam extender a linha 10 até a Barra Funda e deixar a Luz como passagem seria o mais correto,antigamente era assim,mas
    como disse esta gestão é péssima e colocarão obstáculos caso alguém venha a sugerir isto para eles.

    Clayton-Abc

    ResponderExcluir
  11. Não votem nos candidatos apoiados pelo governo estadual. É a única linguagem que entendem.

    ResponderExcluir
  12. Que pesquisa foi essa que a CPTM fez?!?! Entrevistaram as pessoas que moram no ABC?!?! Até agora não vi um comentário favorável à essa decisão!!! Quem tomou não faz uso dessa linha no dia-a-dia!

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores