terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Tarifa da CPTM poderá ser de R$ 3,00 esse ano

Trem série 2070 - Imperatriz Leopoldina - Linha 8-Diamante
Por Diego Silva

Caros leitores e usuários, se preparem... o aumento das tarifas vem aí. Ainda não é uma informação oficial, mas correm nos bastidores que a tarifa da CPTM deverá ser de R$ 3,00 ainda esse ano (segundo o que nos foi passado, após o carnaval viria esse aumento).

Esse aumento vem numa péssima hora para os usuários, pois juntamente com o aumento do salário mínimo para R$ 622, noticiado pela presidente Dilma Rousseff, já ficamos a par do aumento de diversos produtos de consumo, tanto alimentício como de utilidade pública. Nessa viagem, os transportes metropolitanos deverão embarcar junto. A mesma fonte que passou essa informação teve uma conversa com uma pessoa da SPTrans, que adiantou que os ônibus de São Paulo poderão aderir à tarifa de R$ 3,20. Lembrando que, se a CPTM tiver esse aumento na tarifa, o Metrô também terá reajuste, pois ambos são interligados.

20 comentários:

  1. TODO MUNDO PRO CHÃO, ISSO AQUI É UM ASSALTO. (A mão armada e sem chance de defesa).

    Apesar de não ser nenhuma novidade, o aumento de tarifas ainda me causa espanto (e revolta) R$ 3,20 é muita coisa, nesse ritmo chegaremos em 2022 com a passagem a R$ 5,20, ou seja R$ 10,00 não servirá para absolutamente nada.

    E a CPTM, R$ 3,00 para viajar num trem de 55 anos. AH já sei, ele é turístico, a CPTM que esqueceu de avisar ;D.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zocateli, o aumento das tarifas já era esperado. Se o salário mínimo tem aumento, é óbvio que tudo irá ter alteração de preço junto. CPTM e Metrô a R$ 3 não será nenhuma novidade. Será um aumento até considerável, pois dez centavos ainda será uma alteração 'justa', diga-se de passagem. Mas a SPTrans a R$ 3,20, isso sim é um assalto!

      Excluir
  2. O aumento em si nao é tao alarmante, mas o que eu queria saber se este aumento pode ser justificado, dado que a CPTM vem prometendo melhorias, mas ate agora nsda aconteceu. A passagem da cptm e realmente muito cara, mas o serviço... (Baixissimo...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arquiteto, apesar de termos uma das passagens mais caras dos sistemas de transporte ferroviário do Brasil, há de se considerar que nosso sistema é um dos melhores também. Na Supervia (RJ), um sistema falido e desqualificado perante os passageiros, a passagem é equivalente à atual vigente em SP. O MetrôRio já circula com tarifas de R$ 3,20, com apenas duas linhas, igualmente lotado.
      Apesar do serviço da CPTM estar em declínio, ainda podemos ter certas vantagens com isso. Dado que a operação e a manutenção custam uma fortuna...

      Excluir
  3. Melhoria não tivemos, mas em compensação a Linha 10 - Turquesa teve piorias... e nós iremos pagar mais caro pela nossa idiotice em ter votado nesses caras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabio, como citei acima, o aumento era esperado. Reajuste irá ocorrer todos os anos, se permitirem. A manutenção e a operação custam uma grana firme para a CPTM e para o Governo do Estado. Apesar do sistema estar com problemas, ainda somos um dos melhores.

      Excluir
    2. Diego concordo com você que, comparado com o preço da passagem cobrado pela SP Trans, o aumento de 10 centavos não é tão alarmante e, considerando-se, corrija-me se eu estiver errado, a manutenção e operação são mais caras que a dos ônibus de São Paulo...

      Excluir
  4. Qual o valor do dinheiro???

    Muitos reclamam que R$ 3,00 é muita coisa, sendo que você pode ir à vários lugares na região metropolitana e a um custo infinitamente menor que se fosse de carro ou moto, mas na hora de pagar R$ 6,00 ou mais numa Bohemia ou qualquer litrão as pessoas não pensam duas vezes... O Metrô é uma empresa que dá lucro, embora seja totalmente aplicado na empresa ao contrário da CPTM, que depende do governo estadual para tocar os seus projetos, folha de pagamentos, manter o serviço e etc...

    Não sou à favor do aumento, mas as pessoas preferem gastar o dinheirinho suado que consegue durante o mês com coisas mais fúteis do que com transporte público... se são contra o aumento utilizem o carro ou a moto e depois venham aqui dizer se num prazo de 30 dias o gasto foi o mesmo, considerando o tempo no trajeto percorrido e o valor pago com combustível!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pra que você ganha dinheiro? Nós não somos todos robôs, ninguém é de ferro... o que você considera fútil? Tudo que não for gasto essencial para se manter vivo? Pra que viver então se você só vai dormir e trabalhar, gastar o dinheiro só com coisas "essenciais", comida, transporte, etc...
      E outra, a grande maioria de nós depende do transporte público para chegar ao trabalho ou aos estabelecimentos de ensino... e esse dinheiro sai todo do nosso bolso, pagar pra trabalhar é escravidão demais, não acha? No final das contas, todo o nosso dinheirinho ganho tão arduamente acaba indo para uma empresa dessa "que não dá lucro".... para que eles gastem o nosso dinheirinho com "futilidades"... ;)

      Excluir
    2. Fábio, tá vendo só como são as coisas!!!

      Era exatamente esse tipo de sentimento que eu queria despertar aqui... com algo essencial como alimentação, transporte, saúde, educação e etc as pessoas não se conformam com o aumento... mas na hora de pagar mais de R$ 20,00 num lanche no Mc Donald's, num cinema, numa bebedeira com os amigos ou até mesmo num motel ninguém reclama dos aumentos, já pensou nisso??? E digo isso não como futilidade, mas tenho absoluta certeza que muitos que acompanham esse blog praticam isso e não reclama de nada!!!

      Excluir
    3. Oi, Juliano. É justamente essa a diferença. Transporte, alimentação, etc. são gastos compulsórios... você TEM que gastar com isso queira você ou não... todos os outros gastos são opcionais... você escolhe se você vai comer no Mc Donalds, no Burger King, se vai beber uma Bavária, Original, etc...

      Excluir
  5. E da lhe aumento hein? Que notícia ruim.
    Para quem usa o meio de transporte para ir diariamente indo e voltando de condução, vai acabar gastando 120 reais só disso (multiplica 6 da ida e volta por 20 dias úteis ao mês).

    ResponderExcluir
  6. O engraçado é que gastar com besteiras ae ninguém reclama, mais com o aumento da passagem, que depois servira para modernizaçao,manuntenção e compra de carros novos todos reclaman, fico indgnado com tudo isso, chega de reclamar povão com aumento de passagens e vamos nos lembrar que com a tarifa paga por nós a cptm podera investir em melhorias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não me incomodaria em pagar mais caro se a CPTM realmente tivesse melhorado, em vez de "capar" a linha 10...

      Excluir
    2. Fábio Pinho, é preciso relembrar algumas coisas para entender como funciona o sistema, e olha só o que você postou:

      "Eu não me incomodaria em pagar mais caro se a CPTM realmente tivesse melhorado, em vez de "capar" a linha 10..."

      Lembra como eram os trens quando a passagem custava R$ 0,50??? Em Salvador e outras capitais do Nordeste ainda é assim, basta assistir qualquer vídeo no Youtube sobre os trens que circulam por lá!!! Se ainda assim não for o bastante procure saber como é a operação da Supervia no RJ, onde eles operam 2 ramais que nem sequer são eletrificados e fazem pouquíssimas viagens por dia!!! As composições são operadas por um carro movido à diesel, precariedade total!!!

      A CPTM tem sido um divisor de águas no transporte ferroviário no Brasil, e muitas melhoras que estão sendo vistas agora levaram anos para serem sentidas pelos usuários, e eu me incluo entre eles!!!

      Excluir
    3. Olá, Juliano. Qual linha da CPTM você pega todo dia e em qual horário?

      Concordo com você que, comparado com o resto do Brasil, o transporte da CPTM dá de 10 a 0. O que ocorre é que, infelizmente, o transporte ferroviário aqui no nosso País ficou estagnado por muito e muito tempo, e somente na última década o Governo começou a investir mais nesse tipo de transporte. Apesar de termos a melhor malha ferroviária de todo o Brasil e os "melhores trens", ainda assim estamos anos -luz aquém da nossa necessidade. Seria inimaginável pensar em São Paulo sem pelo menos a estrutura que nós temos, porque, afinal, a nossa demanda é, claro, muito maior do que a do resto do Brasil. Como trabalho para o setor público, posso afirmar claramente que, não houvesse corrupção e se os impostos altíssimos que pagamos fossem empregados devidamente (em todas as esferas: municipal, estadual, federal), não haveria necessidade de pagarmos um valor tão alto comparativamente com o salário médio de um trabalhador paulistano pela passagem para custear os gastos com transporte. A mesma coisa vale para a passagem de ônibus. Como você justificaria o aumento na passagem do ônibus?

      Em tempo: parece-me que nesta última Gestão os esforços no setor de transporte estão sendo mais dirigidos à Copa de 2014 do que às necessidades diárias da população.

      Excluir
    4. Então Fábio, eu utilizo a linha 12-Safira entre 05:45 e 06:15 hs da manhã para ir pra faculdade e depois a linha 10-Turquesa para o trabalho, que fica em São Caetano do Sul...

      Agora, quanto à essa questão dos impostos, como você trabalha para o setor público sabe que em 70% dos orçamentos seja ele municipal, estadual e federal são destinados para o funcionalismo... tem é claro a corrupção, o pagamento de juros da dívida pública e outros empréstimos, aí sobra pouco para investimentos em infraestrutura, que é o que debatemos aqui no blog!!!

      Excluir
    5. Juliano, a sua fonte de informação que afirma que 70% dos orçamentos são destinados para a folha de pagamento de funcionários está equivocada. De qualquer maneira, vale lembrar que entra na classificação de despesa com funcionalismo tanto o Presidente, Prefeito, Governador, como os parlamentares e todos os benefícios a eles concedidos. Para citar um exemplo na esfera Federal, todos os anos o governo elabora e o congresso nacional aprova o Orçamento Geral da União, o link abaixo nos dá uma idéia de como foi gasto o dinheiro por tipo de investimento:
      http://contasabertas.uol.com.br/WebSite/Orcamento/Uniao/RelatorioResultado.aspx?Ano=2011&Tipo=GND
      Dados do SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal)

      Excluir
    6. Mas eu concordo com você que apenas uma pequena parte do imposto é gasta com investimentos em infraestrutura, e essa mesma pequena parcela também é mal empregada devido a inaptidão em gerir projetos e contratos... ainda assim afirmo que se os impostos fossem melhor administrados, as tarifas não precisariam ser tão "altas".

      Excluir
    7. Então Fábio, conhecendo um pouco sobre finanças públicas fica em torno disso mesmo, entre 60 à 70% o gasto com funcionalismo somando tudo lógico, na maioria das esferas... agora essa inaptidão a qual você cita é coisa de estatal mesmo: na CPTM só pra citar tem estações provisórias, algo inaceitável em qualquer lugar, na linha 10-Turquesa por exemplo, tem um córrego raso que fica embaixo da estação Santo André... como é que ainda não resolveram isso??? Toda e qualquer chuva e logo a linha opera do Brás até São Caetano e de Rio Grande da Serra até Mauá... e ainda querem fazer o tal Expresso ABC???

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores