sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

‘Teve muita gritaria’, diz socorrista sobre colisão entre trens em SP

Trens bateram ontem à noite, próximo de Itapevi
Fonte: Globo.com
Imagem: Terra

Socorristas que atenderam as vítimas da colisão entre dois trens em Itapevi, na Grande São Paulo, disseram ter se surpreendido ao encontrar poucos feridos no acidente ocorrido na noite de quinta-feira (26). “Tinha muita gritaria. Pensamos que as proporções eram bem maiores”, disse Edmar Reis dos Santos, que trabalha em uma base do Samu ao lado dos trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O choque entre as composições aconteceu por volta das 21h20, perto da estação Itapevi da CPTM. “O barulho foi bem alto. A gente chamou mais equipes e cortamos a tela sobre o muro que separa nossa base dos trilhos, para facilitar o trabalho. Mas todas as vítimas estavam caminhando.”

Ao todo, sete pessoas ficaram feridas. Seis foram encaminhadas para o pronto-socorro Central da cidade, que fica a poucos metros do local do acidente. Destas, quatro foram liberadas após receber os primeiros-socorros -apenas um homem de 31 anos, com ferimento na perna, e o maquinista de um dos trens, que estava em estado de choque, permaneciam na madrugada desta sexta (27) em observação. Uma mulher com fratura no quadril foi encaminhada pelo Samu ao Hospital Geral de Itapevi.

Testemunhas disseram que havia poucos passageiros no trem que seguia para Itapevi. A composição que vinha em sentido contrário tinha apenas o maquinista em seu interior. Logo após a colisão, a maioria dos passageiros saiu dos vagões e caminhou pelos trilhos.
Mãe de um dos feridos, a dona de casa Ivone da Silva Grajave, de 52 anos, disse que o filho pulou do trem logo após o acidente. “Ele acabou machucando o joelho. Mas está bem.”

Em nota, a CPTM disse que abriu sindicância para apurar as causas do acidente. O comunicado acrescenta que, por conta da ocorrência, os trens da Linha 8-Diamante (Júlio Prestes - Itapevi) circulavam apenas entre as estações Júlio Prestes e Jandira. “O trecho entre Jandira e Itapevi está sendo atendido por ônibus gratuitos da operação Paese [Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência].” A assessoria da companhia disse que não havia previsão para a retirada das composições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores