domingo, 12 de fevereiro de 2012

Aos domingos, trens da CPTM demoram até 30 minutos

Trem série 2000 - Estação Brás - Linha 11-Coral
Fonte: Mural da Folha
Reportagem de: Leandro Machado

Além da lotação e de constantes problemas nas viagens durante a semana, os usuários da linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vêm enfrentando outro desafio também aos domingos: a espera pelos trens chega, em média, a 25 minutos.
A linha 11 liga a Luz (centro de SP) a Guaianases, bairro da zona leste. O site da estatal informa que, nos finais de semana, o intervalo entre uma composição e outra é de 10 minutos.
Não foi o que constatou o Mural em visita à estação Luz nos últimos três domingos. Os trens demoravam de 25 a 30 minutos para passar. Com o intervalo maior, as plataformas e os trens ficaram lotados.
Plataforma da estação Luz fica cheia com o intervalo maior entre os trens
 
“Todo final de semana é a mesma coisa. Se eu quiser ir sentada, preciso esperar outro”, diz a balconista Ângela de Fátima, 24. Ela trabalha na Liberdade, no centro, e demora 2h30 para chegar ao Itaim Paulista, bairro onde mora, na zona leste.
 
O técnico agrícola Marcos Mengel, 30, diz que, aos domingos, leva 1h30 da Luz até Mogi das Cruzes, cidade da Grande São Paulo. “Durante a semana, a viagem não passa de 1h”, diz Mengel. “Essa demora vem acontecendo há muito tempo, sei porque uso muito essa linha nos finais de semana”.
 
“Às vezes, a espera é maior do que a viagem no trem”, diz Aline Queiroz, 21, recepcionista e moradora de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Ela trabalha próximo aos Hospital da Clínicas (região central) e leva 1h40 até em casa. “E a gente acha que no domingo vai ser tranquilo, que nada. É pior que durante a semana”.
 
Trem fica lotado na estação Luz, no domingo, 5 de fevereiro
Nos horários de pico de dias úteis, o intervalo dos trens é de 5 minutos, segundo o site da CPTM.
Em nota, a assessoria de imprensa da companhia disse que os atrasos nos finais de semana ocorrem por conta de obras de manutenção e modernização da linha e que procura avisar os usuários por meio de notas em seu site e de sinalização nas estações.
 
No dia 29 de janeiro, não havia placas na Luz falando do atraso. Nos 22 de janeiro e dia 5 de fevereiro, um cartaz informava que os trens circulavam com maior tempo de espera, mas não dizia quantos minutos seriam. No alto falante, um funcionário da companhia anunciava: “Em virtude de obras na linha, os trens estão circulando com maiores intervalos e tempo de parada nas estações. A CPTM conta com sua compreensão”.

6 comentários:

  1. Fazer oq.seria pior se a cptm resolvesse fechar no fds pra arrumar suas vias.instalar sistemas e realizar todas as suas intervencoes.e n tem oq fazer.tem certas coisas que n da pra fazer durante as unicas 4 horas que a cptm tem por dia duarante a semana.e como a cptm mesma diz. E a mesma coisa que tentar arrumar um carro ou tentar trocar os pneus do mesmo em movimento...nao da neh...e complicado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. So axo que a cptm poderia tentar conscientizar mais os seus usuarios e trazer mais os usuarios pra perto dela em vez de a cada dia distanciar mais seus usuarios cm esta fazendo.igual nas campanhas de concientizacao de nao segurar as portas que o metro faz dizendo que atrasa todos os trens.sobre a faixa amarela.sobre seus objetos pessoais.sobre suas intervencoes no fds agora na linha 2 verde.sabe n vejo ngm reclamar das intervencoes do metro.pelo contrario.as pessoas entendem que e uma melhoria.parece que o metro transporta gente e a cptm transporta gado.sinto uma grande diferenca de tratamento por ambas as empresas.por isso que metro e metro e cptm e oq e...na epoca do avelleda a cptm estava comecando a pensar mais nos usuarios e estava estreitando mais seus lacos com os usuarios.mais cm o bandeira...td voltou a ser oq era antes...

      Excluir
    2. Não seria necessário parar a linha toda, só uma parte, como na Linha 2. Claro, há linhas onde essa estratégia poderia ser utilizada sem muitos problemas, enquanto em outras não. Mas é uma ideia a ser discutida e que poderia acelerar as obras de melhoria. Mas é como o KLEBER30 falou: a CPTM precisa conscientizar os usuários antes. Não é raro os usuários reclamarem da demora e ñ saberem o motivo. Qdoo o trecho Mauá - Capuava ficou interditado pela ultima vez, mtos nem sabiam q isso iria acontecer, achavam q ao pegar o ônibus da paese que levavam até mauá, teriam q "se virar" pra chegar ao seu destino... coisas assim asuhaush

      Excluir
  2. So espero que esta modernizacao chegue ao fim, o que nao pode acontecer e existir uma modernizacao ou manutencao eterna,pois sendo assim nao seria necessario modernizacao ou manutencao, sendo que se e para ter uma melhoria o resultado tem de ser a uniformizacao do intervalos durante a semana ou fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Todo equipamento precisa de manutenção.

    Principalmente trens e linhas que ficam expostos a chuva e sol.

    Depois acontece uma tragedia,

    vem chorar pitangas e culpar de irresponsabilidade.

    Isso não vai mudar nunca, melhor ir se conformando.

    ResponderExcluir
  4. MEUS CAROS, 2012 SE PASSOU E PRATICAMENTE NENHUMA MELHORIA FOI FEITA NA LINHA 11 CORAL, POIS A MESMA ESTÁ COM AS VIAS CHEIAS DE RESTIÇÕES DE VELOCIDADE,A ESTAÇÃO DE FERRAZ DE VASCONCELOS AS OBRAS ANDAM A PASSOS MAIS LENTOS DO QUE OS DE UMA TARTARUGA,A SINALIZAÇÃO NÃO É DAS MELHORES E NOTEI QUE 2012 SE FOI E NADA FOI FEITO PARA MELHORAR ESSA VERGONHOSA SITUAÇÃO SINCERAMNETE DIGO QUE A CPTM E A LINHA 11 ESTÃO E SERIAMENTE DOENTES E POUCO OU NADA SE FAZ PELA MELHORA DESSA SITUAÇÃO...

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores