quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Demanda por trens turísticos aumenta

Expresso Turístico, da CPTM
Fonte: Webtranspo/ANPTrilhos

Cada vez mais os brasileiros estão recorrendo aos trens como uma alternativa de passeio turístico, uma prova disso é que este tipo de uso das linhas férreas cresceu 21%, no ano passado em relação a 2010, este desempenho foi levantado pelo Abottc (Associação Brasileira das Operadoras de Trens Turísticos e Culturais).

Tendo isso em vista, o Governo Federal pretende oferecer serviços melhores aos turistas que procurarem esta opção, para tal, serão repassados ao setor, pelos cofres púbicos, R$ 500 milhões até 2015. Com esta quantia, serão adquiridas novas composições, outras serão reformadas e a malha ferroviária será revitalizada. Estas medidas visam, sobretudo, a Copa do Mundo e as Olimpíadas, quando este tipo de turismo será muito explorado.

Se, em 2011, os trens turísticos movimentaram quase três milhões de pessoas, este número deverá subir 65% e chegar a cinco milhões de passageiros em 2015. “Nosso setor começa a despertar interesse econômico, como boa oportunidade de investimento. Parte dos recursos, que será investido, compõe um elenco de ferrovias consideradas prioritárias pelo BNDES”, destaca Sávio Neves, presidente da Abottc.

O Brasil possui, atualmente, 32 trens turísticos em funcionamento em 11 Estados. Este número deve subir consideravelmente, uma vez que, de acordo com o Ministério do Turismo, existem 50 projetos de prefeituras e entidades privadas sendo analisados pelo grupo de trabalho de turismo ferroviário, criado em fevereiro de 2010. Somado a isso, 44 solicitações para este tipo de serviços estão sendo avaliadas.

O passeio de trem turístico mais requisitado é o do Corcovado, no ano passado foram transportadas 850 mil pessoas de acordo com a Associação. “Com a chegada de quatro novos trens, prevista para o final de 2013, e investimento privado de R$ 64 milhões, vamos ter capacidade de transportar 615 passageiros no Corcovado por hora, ante os 300 de hoje”, afirma Sávio Neves.

Outros roteiros requisitados são os do Vinho, no Rio Grande do Sul; do Pantanal, em Mato Grosso do Sul; e o da Vale Ouro Preto Mariana, em Minas Gerais; Serra do Mar, no Paraná e a Estrada de Ferro de Campos do Jordão, em São Paulo.

3 comentários:

  1. O trem turístico é um importante passo para a retomada dos trens regionais. Mas já passou da hora de vermos as viagens de média e longa distância para passageiros apenas com um olhar nostálgico e começar a ver com um olhar de futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo passando por altino eu notei que ja tem mais 4 8000 adesivados.porem mais uma vez foi pulada 1 unidade. S4 e o 65 novo trem S5 e o 66. S7 e o 67 e o S9 e o 68. E vdd que o S8 nao xegou.e e vdd q a caf ta correndo com os 8000 pq esta atrasada nas entregas? Alias vi que xegou mais 1 ontem. Este sera o S8 que foi pularam ou o S10 ? E o R1 qq aconteceu que ele n entra em operacao?

      Excluir
  2. Amigo Tarcisio
    Eu não sei como estão as séries, mas sei que andaram "pulando" alguns. Ontem chegaram os carros que estavam faltando de mais um 8000.
    Eu não sei se a Caf está atrasada. Acho que o problema está mais relacionado ao espaço físico para a CPTM receber esses trens. Segundo um funcionário de Hortolândia, já está pronto inclusive o S21. O R1 está passando por manutenções no teto.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores