sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Ministério Público irá apurar causas de acidentes com trens em SP

Descarrilamento ontem, na Linha 9, causou sérios problemas
O Ministério Público informou nesta quinta-feira (16) que irá investigar as causas dos acidentes com trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) em São Paulo. Nesta tarde, um trem vazio descarrilou na região da Estação Ceasa, da Linha 9-Esmeralda, na Zona Oeste da capital paulista. 

Na quarta-feira (15), uma locomotiva de serviço bateu em um trem com passageiros na Estação Clarice, em Pirituba, e deixou 51 pessoas feridas. Os promotores querem saber se houve falha humana, técnica ou de sinalização nas ocorrências, segundo o SPTV. 

O Ministério Público pediu ainda que a CPTM envie informações sobre todos os acidentes com trens ocorridos nos últimos seis meses. A companhia disse que abriu uma sindicância interna para investigar o acidente desta quinta e que trabalha com a hipótese de sabotagem. Além disso, a CPTM também requisitou à Secretaria da Segurança Pública que participe da apuração dos fatos. 


Descarrilamento 
O acidente da tarde desta quinta aconteceu por volta das 16h20 na altura da Estação Ceasa, da Linha 9-Esmeralda. A composição trafegava no sentido Grajaú e estava vazia. Por conta disso, não houve registro de feridos. 

Por volta das 19h, a circulação entre as estações Ceasa e Osasco permanecia interrompida. A CPTM acionou a Operação Paese para que os passageiros pudessem seguir viagem. Os ônibus da operação, gratuitos, trafegavam entre as estações Ceasa e Domingos de Morais, na Linha 8-Diamante, que tem ligação com a Linha 9.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores