sexta-feira, 23 de março de 2012

CPTM intensifica troca de sistemas na Linha 9

Alstom 2070 na estação Autódromo - Linha 9-Esmeralda
Fonte: Revista Ferroviária


A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vai intensificar as obras para troca e modernização dos sistemas de sinalização, rede aérea e via permanente da Linha 9-Esmeralda, que liga Osasco a Grajaú. Para isso, a companhia anunciou, nesta quinta-feira (23), que irá paralisar o tráfego de trens na via nos próximos quatro domingos, a partir do dia 25/03. Depois, por mais cinco domingos, a paralisação será parcial, com circulação de trens liberada apenas no trecho entre as estações Osasco e Pinheiros.

O presidente da CPTM, Mário Bandeira, explicou que o “forte ataque” – como denominou a intensificação nas obras – será feito para agilizar o cumprimento dos contratos e finalizar a troca dos equipamentos, já que, até então, as empresas tinham apenas um período de 3 horas por dia, na madrugada, para realizar intervenções. “Sabemos que isso vai gerar desconforto, mas não tem como fazer diferente. Se não for assim, vai demorar anos”, ressaltou. A troca de 1000 postes da rede aérea, por exemplo, poderá ser finalizada nos quatro domingos de total parada dos trens. Com as intervenções noturnas, o ritmo de troca era de três a quatro postes por noite.

Para compensar a paralisação, que afetará cerca de 100 mil passageiros que utilizam a linha aos domingos, a CPTM acionará o PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência), colocando 40 ônibus gratuitos, normais e biarticulados, para circular no trecho desativado.  Os ônibus farão rotas as entre Grajaú e Osasco, Santo Amaro e Pinheiros, e Pinheiros à estação Leopoldina. A ciclovia Rio Pinheiros, que recebe cerca de 6 mil ciclistas aos domingos, também será desativada no período.

Ao todo, estão sendo investidos R$ 307 bilhões na modernização da Linha 9-Esmeralda, sendo R$ 55 bilhões apenas nesta etapa de troca dos sistemas.

Problemas na linha
Bandeira explicou que a intervenção na Linha 9-Esmeralda tem como objetivo aumentar a confiabilidade e regularidade da malha, e que não tem relação direta com as seguidos problemas que a linha registrou em 2012 – até agora, foram 5 ocorrências notáveis, ou seja, que geraram algum tipo de transtorno ao usuário. “Essa paralisação já estava prevista para os próximos 30 ou 40 dias”, disse. O presidente reforçou, entretanto, que a modernização do sistema não assegura o fim dos problemas na via. “Não existem sistemas sem falhas. Mas temos que ter um parâmetro”.

A empresa também afirmou que esse tipo de intervenção, com paralisação temporária do tráfego de trens, deverá ser feito nas outras linhas do sistema. Mas, nesses casos, a execução deverá ser mais delicada, já que a CPTM compartilha as vias com os trens de cargas. “Teremos que conversar com a ALL e a MRS para ver como compensar os dias em que a via ficará paralisada”, ressaltou o presidente.

Um comentário:

  1. A cptm é um lixo só trabalham pessoas inúteis nela que não sabem o que estão fazendo, infelizmente o paulistano precisa dela pra ir aos seus destinos, porque se não a cptm teria acabado a muito tempo com a sua incompetência, todo dia tem um problema nas linhas, não tem um dia que o paulistano diga "Hoje eu cheguei rapido no meu destino sem nenhum problema" não tem um final de semana que o trem não pare ou não ande com velocidade reduzida. Ta na hora de começar a trabalhar direito cptm ta na hora de dar orgulho aos usuarios e não desgosto, odio e etc. Se bem que eu acho que vcs não estão nem ai pro usuario né? Não é do salario de vcs que sai o desconto do atraso por conta desse lixo de serviço prestado pela cptm.

    Sem Mais agradeço o espaço que tive para desabafar a minha decepção como usuária e espero que depois desse domingo em que terei que duplicar o horário que eu tenho que sair de casa pra ir ao trabalho valia a pena para que futuramente não tenhamos que ter problemas com a Linha 9 - esmeralda.

    At Gabriela Castro

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores