quinta-feira, 1 de março de 2012

CPTM reconhece falha na divulgação de mudança em linha

Linha 10 faz terminal no Brás desde agosto de 2011
Fonte: Diário do Grande ABC

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) reconheceu publicamente que errou ao não comunicar com antecedência a população do Grande ABC sobre as mudanças na Linha 10-Turquesa. Em agosto, a empresa passou o ponto final do itinerário da Estação Luz para o Brás, sob alegação de que a medida seria temporária e em função de obras de modernização da via férrea. No entanto, após a conclusão dos serviços, a linha não voltou à Luz. O anúncio oficial de que o Brás seria definitivamente o destino final foi feito pela apenas em janeiro.

"Faço aqui um mea culpa. Nós falhamos na comunicação. Deveríamos ter feito trabalho melhor para alertar os passageiros antes da decisão final", admitiu o presidente da CPTM, Manuel Bandeira. A direção da empresa esteve ontem na Câmara de Santo André para audiência pública com o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. A reunião foi marcada para que a companhia expusesse à população da região os motivos que levaram à alteração no trajeto.

Bandeira reiterou que o Brás continuará sendo o terminal da linha, o que provocou insatisfação na plateia. "A Luz não comporta três linhas de trem. Isso coloca em risco a segurança dos passageiros, por isso optamos pela mudança", explicou. Por lá, passam cerca de 500 mil pessoas diariamente. Segundo Bandeira, o itinerário que vem à região foi escolhido para o corte por já ter outras duas conexões com o Metrô, nas estações Tamanduateí e Brás. Segundo ele, passageiros das linhas 11-Coral e 7-Rubi têm mais necessidade de desembarcar na Luz.

Para compensar os prejuízos aos usuários do Grande ABC, Bandeira citou o Expresso ABC, com previsão para entrega em 2015, além da reforma de todas as estações da linha e o aumento nas composições, que passarão a ter oito vagões - dois a mais do que os atuais.
O presidente do Consórcio e prefeito de Diadema, Mário Reali (PT) demonstrou insatisfação quanto às explicações. "Temos várias perguntas sem respostas. Não vimos a pesquisa feita com a população e tem dados difíceis de entender."

Antes da audiência, o deputado estadual Alex Manente (PPS) também se reuniu com Bandeira para tentar reverter a decisão. "Vamos buscar subsídios técnicos para provar à CPTM que é possível a volta à Estação Luz."

São Caetano

A Câmara de São Caetano vota hoje projeto de lei que autoriza o Executivo a firmar convênio com a CPTM para que o sistema ferroviário se integre ao serviço municipal de transporte. A reforma da estação é necessária para receber os trilhos do Expresso ABC. "Como São Caetano será uma parada do trem, é necessária melhor integração com os ônibus", explica o vereador Fábio Palácio (PR), que preside a Comissão de Mobilidade Urbana no Legislativo.
Segundo Palácio, a reforma será complexa. "Será feita a demolição completa e depois uma nova estação", reitera o parlamentar.

Um comentário:

  1. Foto da saturação da estação LUZ.

    http://www.orkut.com.br/Main#AlbumZoom?uid=10580787169393869158&pid=1329746233971&aid=1329720989$pid=1329746233971

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores