terça-feira, 27 de março de 2012

Setor privado vai atuar em plano de trens em SP

Trem série 1100 - Estação Francisco Morato - Linha 7-Rubi
Fonte: Folha de São Paulo

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo assinou terça-feira um acordo para que a entidade privada Adtrem (Agência de Desenvolvimento de Trens Rápidos entre Municípios) participe do desenvolvimento do plano diretor dos trens regionais do Estado.

Pelo contrato, a entidade, que reúne empresas do setor de passageiros, atuará com a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), segundo Guilherme Quintella, presidente da Adtrem.

A entidade vai colaborar tecnicamente com o projeto, por meio de estudos e pesquisas para a implantação de sistemas de trens de passageiros entre municípios e regiões metropolitanas.

"Será feita uma harmonização entre os projetos dos trens de alta velocidade com os regionais", diz o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

"Os trens não precisam concorrer, podem se complementar", diz Quintella.

A ideia é que os estudos de harmonização, além de evitar que haja conflitos entre as linhas de trens, ajudem a promover as ligações necessárias para conexões dos passageiros no Estado.

"Temos de fazer com que o passageiro de Sorocaba vá para o Rio sem trocar de estação. Ele quer chegar a São Paulo e pegar trem para o Rio no mesmo lugar", diz.

A UIC (International Union of Railways), organização internacional do setor, da qual Quintella também é membro, vai oferecer informações técnicas para o desenvolvimento das pesquisas.

O executivo afirma que a ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres) pode vir a fazer parte da cooperação nos próximos meses.

Em uma segunda etapa, os estudos poderão traçar trechos entre municípios menores, que não serão necessariamente ligados à capital. "Pode ser uma ferrovia entre Ribeirão Preto e Araraquara, por exemplo", diz Quintella.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores