quarta-feira, 18 de abril de 2012

CPTM já entregou 13 trens para a Linha 8-Diamante

Dos 36 trens adquiridos, 13 já estão em operação
Fonte: Diário da CPTM (clipping)


A CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos], ja entregou 13 de um total de 36 novos trens da Série 8000 para a Linha 8-Diamante agora restam 23 composições a serem entregues.


Fabricados pela CAF, em Hortolândia - SP, formados por oito carros cada, os trens são equipados com tecnologia de ponta, ar-condicionado, sistemas de informação audiovisual [monitores de vídeo e displays] e de sinalização de abertura e fechamento de portas. Além disso, contam com monitoramento feito por meio de câmeras instaladas no interior e na parte externa do primeiro e último carros, o que permite visualizar o movimento de usuários, inclusive, na plataforma da estação.

O diferencial é o salão contínuo de passageiros [passagem livre entre os carros]. Com 170 metros de comprimento, a parte externa do trem segue o padrão adotado pela CPTM no processo de modernização da frota e conta com design arrojado, layout moderno e funcional no seu interior. As composições são acessíveis para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e contam também com dispositivos para orientar usuários com deficiência auditiva [mapa dinâmico] ou visual [áudio].

Desde 2006, já foram adquiridos 105 trens. Com a entrega dessas três composições, o número em operação chega a 67. Os 38 trens restantes serão entregues gradativamente até 2013.

Desafio: a CPTM está realizando altos investimentos para sua modernização. A exemplo de 2011, neste ano, serão aplicados recursos da ordem de R$ 1 bilhão nas obras de infraestrutura [sinalização, telecomunicações, energia, rede aérea e via permanente], além da modernização das estações mais antigas e da frota de trens.

Hoje o maior desafio que a CPTM enfrenta é executar as obras de modernização sem deixar de atender aos usuários. Fazer esse trabalho exige uma série de medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros, aos finais de semana, feriados e de madrugada, o que prolonga o tempo de implementação das obras, já que a linha não pode ficar fechada para a execução dos serviços, o que com certeza prejudicaria ainda mais o usuário.

2 comentários:

  1. É, ta acabando a era do gigante 5000, o eterno "fepasão".

    ResponderExcluir
  2. Vc sabe me dizer quantos Fepasões ainda Rodam ?

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores