quarta-feira, 23 de maio de 2012

CPTM 20 Anos - Estratégias para uma viagem melhor

Estação Brás: como uma das mais movimentadas, operações especiais são feitas
Por Diego Silva

Caros leitores, imaginem quase 3 milhões de usuários, para uma frota de quase 200 trens. Parece desproporcional, não é mesmo? Mas é assim que a CPTM opera. Durante o horário de pico, a operação necessita de estratégias para tudo poder correr sem maiores problemas. Operação loop, trens vazios e 'embarque melhor' são as principais operações que podem ser citadas.

Operação loop em Mauá
Operação loop
Horário de pico. Nesse momento, o peso maior de usuários está se deslocando em um único sentido. Hora da CPTM começar a operação loop. Em todas as linhas (com exceção da Linha 11), acontece uma manobra ainda não compreendida pelos usuários, que imaginam ser algo dispensável que a Companhia realiza. A operação loop funciona da seguinte forma: o fluxo de demanda está num mesmo sentido. Se a demanda está concentrada nas estações centrais, a CPTM oferece trens que seguem até certa estação, para fazerem a volta mais rápido. Com isso, é possível atender a demanda de maneira mais rápida, sem que haja perda de tempo nem muita espera, com menores intervalos.

Linha 7-Rubi: Luz x Lapa (sentido Francisco Morato) / Caieiras x Luz (sentido Luz) [ambos pico da manhã]
Linha 8-Diamante: Palmeiras-Barra Funda x Barueri (pico da manhã)
Linha 9-Esmeralda: Pinheiros x Jurubatuba (pico da manhã e da tarde)
Linha 10-Turquesa: Brás x Mauá (pico da manhã e da tarde)
Linha 12-Safira: Brás x Engenheiro Manoel Feio

Trens vazios: maior oferta de lugares para os usuários
Trens vazios
As operações especiais de trens vazios acontecem principalmente no loop das linhas 10 e 12. No caso da linha do ABC, os trens que atendem operação loop fazem a volta em Mauá e retornam vazios, sem atender as estações da linha, chegando ao Brás e estacionando vazios. No caso da Linha 12, algumas composições que retornam de Engº Manoel Feio seguem vazias até a estação Tatuapé, onde normalmente passam a atender escala. Quando não acontece, vão até Brás, onde estacionam vazias e saem carregadas, dando um alívio momentâneo na plataforma, até a chegada da próxima composição.

''Plataforma 7, operação verde''
Embarque melhor
Na estação Brás, os agentes operacionais costumam avisar pelo sistema de som sobre as 'operações' que irão acontecer nas plataformas. As séries de trem são identificadas por cores, dando uma ideia de qual operação deverá ser realizada. Com isso, agentes operacionais, seguranças, agentes de segurança operacional e seguranças auxiliam na operação Embarque Melhor. A primeira porta de cada trem é isolada para desembarque, enquanto as demais são orientadas para embarque. Com isso, a CPTM oferece um desembarque mais seguro para os usuários.

- Operação amarela: trem série 4400 (seis carros)
- Operação safira: trem série 7000 (oito carros, ar-condicionado)
- Operação verde: trem série 1400/1600 (seis carros)
- Operação vermelha: trem série 5550 (oito carros)
- Operação especial: trem vazio estacionando

Um comentário:

  1. Na boa, nunca vi nenhum procedimento de segurança pelas estações que já passei e afirmo com muito embasamento que não me sinto seguro dentro da CPTM. Essa história de "Embarque Melhor" é tudo balela, pois outro dia estava voltando para casa e tinha acabado de descer do trem. O carro à frente do qual eu desembarquei estava abarrotado de gente e tinha mais passageiros querendo entrar. Vi gente empurrando as outras para entrar, mas empurrar mesmo, como se estivesse empurrando uma caixa muito pesada. Firmou o pé no chão e com a ajuda das mãos e das costas começou a empurrar. E em frente à esse carro, na plataforma, havia três funcionários do "Embarque com Segurança" rindo da situação e dois "seguranças" da CPTM conversando. O carro do qual eu havia descido estava cheio, porém comportava muito mais gente do que esse em que as pessoas estavam se matando para entrar. Por que ninguém orientou alguns passageiros a se deslocarem para o vagão seguinte? Não iria demorar muito, questão de 15 segundos no máximo. Por que a CPTM não adota esse tipo de estratégia?

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores