quinta-feira, 10 de maio de 2012

CPTM 20 Anos - Linha 9-Esmeralda

Estação Santo Amaro, da Linha 9, possui integração com o Metrô
Fonte: Wikipédia

A linha 9 estende-se por 32,8 quilômetros de Osasco a Grajaú, passando por dezoito estações. Faz a ligação da região sul do município de São Paulo com o município de Osasco, percorrendo quase toda a extensão da marginal do rio Pinheiros.

A linha foi inaugurada, já eletrificada, em 1957 pela Estrada de Ferro Sorocabana, como forma de encurtar a distância entre o centro da capital e a descida da serra feita pela linha Mairinque-Santos daquela ferrovia. Os serviços de subúrbio se iniciaram na mesma época, partindo da estação Júlio Prestes e atingindo, em algumas épocas, a longínqua estação Evangelista de Souza, no extremo sul do município de São Paulo, quase à beira da Serra do Mar. Os trens circulavam em via única e a maioria de suas estações não passavam de estruturas precárias.

Em 1971 foi incorporada à Fepasa, que passou a chamá-la de Linha Sul. No final da década a Fepasa interrompeu os serviços suburbanos para a duplicação da via e o alargamento da bitola para 1,60 metros. Em 1981 os serviços seriam reinaugurados, agora partindo de Osasco até Pinheiros, e em 1987 atingiram novamente a estação Jurubatuba. Em 1992 foi inaugurada uma extensão operacional até Varginha, de bitola de um metro, que circulou até 2001.


A partir de 1994 a linha passou a ser administrada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), sendo a Linha C-Celeste. Baseado em projeto originado ainda sob a administração da FEPASA, denominado "Dinamização da Linha Sul", a CPTM, em 1998, iniciou a re-estruturação da linha, construindo mais sete estações, seis delas entre a longa distância existente entre Pinheiros e Santo Amaro, caracterizando-a com o padrão de metrô de superfície. Planejava-se então incorporá-la efetivamente à malha metroviária, passando a ser a Linha 9.

Desde outubro de 2007 a linha passou a se chamar "Linha Esmeralda" por decreto do governador José Serra, ao ser entregue juntamente com a Estação Autódromo, e passou a ser administrada de maneira conjunta pelo Metrô e pela CPTM.

A linha recebeu doze trens novos de quatro carros cada, que estão em operação desde novembro de 2008. Em 2010 e 2011 recebeu mais trens de oito carros cada (dezesseis de quatro carros), devido à previsão de um grande aumento na demanda com a inauguração da Linha 4-Amarela do Metrô e a integração entre as duas linhas na Estação Pinheiros, aberta em junho de 2011.

Extensão até Varginha

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou em 29 de junho de 2011, a licitação de mais duas estações da Linha Esmeralda: Mendes e Varginha.

2 comentários:

  1. parabéns pela postagem ! nossa, no passado esta linha até varginha, então o governo atual tá demorando muito para novamente esta linha chegar até varginha! oxalá que a linha 5 chegue logo até a chacará klabin, para que a linha 9-esmeralda fique menos "lotada" !

    ResponderExcluir
  2. a linha 9 nunca foi administrada de forma conjunta entre metrô e CPTM. sua administraçao é exclusiva da CPTM.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores