quinta-feira, 7 de junho de 2012

CPTM remobiliza trens acidentados, após longo período

Composição 1716, que esteve envolvida em colisão, circulou em testes
Por Diego Silva

Caros leitores, boas notícias para quem acompanha o sistema da CPTM. A companhia enfim conseguiu remobilizar trens que estavam fora de operação por conta dos ainda inexplicáveis acidentes ocorridos nos últimos tempos. Durante troca de informações com amigos que também acompanham as novidades da empresa, soubemos da remobilização de pelo menos quatro trens, ou seja, praticamente todos aqueles envolvidos em acidentes.

A composição 1716/1715, metade do trem que foi atingido pela composição 7005/7008 em Palmeiras-Barra Funda, em julho de 2011, voltou à operação após passar por diversas avaliações. A composição sofreu um impacto de um dos novos trens, sendo que a cauda (1717/1718) sofreu maior impacto, sendo destruída parcialmente. A composição 1717/1718 foi restaurada ao longo de 2011, retornando à operação há pouco tempo. Outro trem da mesma série que está passando por revisão e deverá retornar em breve é a composição 1712, que era metade do trem que foi atingido por uma locomotiva na estação Vila Clarice.

Q01, que descarrilou em São Miguel, retorna após meses parado
Q01 esquecido no abrigo Roosevelt
Outros dois trens que retornaram após longos períodos são composições novas. Os trens 7001/7002 e 7025/7026 (o primeiro havia descarrilado em São Miguel Paulista, enquanto o segundo foi atingido por um trem série 1100 na saída da estação Luz, causando um 'rasgo' na máscara) já estão entregues de novo à operação. O primeiro sofreu um longo período, tendo peças retiradas e passando parte de seus dias imobilizado no abrigo Roosevelt, coberto por uma camada de poeira. Já ontem, foi visto em operação novamente, na Linha 12-Safira, trecho para o qual foi entregue.

A composição Q01 foi entregue em 28 de março de 2010, sendo o primeiro de um total de quarenta novos trens. Vindo da Espanha junto com a segunda composição, serviu de base para a CAF brasileira construir as 38 unidades restantes, que encontram-se em circulação (com exceção do Q02, acidentado).

Q07 (7025), passando por reparos em Presidente Altino
Já a composição Q07 (7025/7026) teve destino parecido. Após ser atingido por um trem da série 1100 no sinal da estação Luz, sua máscara foi 'rasgada'. Meses em Presidente Altino, peças retiradas para abastecer outros trens e, recentemente, após a conclusão dos reparos, o trem retorna para a operação. Ainda permanece no Abrigo Lapa, recebendo os últimos cuidados, mas pronto para circular novamente.

Composição 1741/1742 poderá receber 'companhia'
Mafersa baixado há quase 7 anos pode retornar
Comenta-se nos bastidores que a CPTM poderia estar preparando o retorno de um trem que está baixado há mais de meia década. A composição 1707/1708, baixada ao lado do Abrigo da Lapa, poderia estar recebendo peças do acidentado 1745. Segundo informações extra-oficiais, dentro de pouco tempo poderemos ter o segundo mafersa no padrão prata circulando. A outra composição encontra-se na extensão da Linha 7-Rubi, que liga Francisco Morato até Jundiaí.

21 comentários:

  1. Parabens Diego, excelênte matéria!

    ResponderExcluir
  2. para nossa alegria, trens 7000 Q01 Q07 irão voltar, fora os mafersa 1700 e a linha 7 irá ganhar mais um trem da cor prata. Mas com a volta do Q01 (7001 R001 R002 7002) Q07 (7025 R025 R026 7026) pode virá Q50???, ou tirar a unidade Q49 e retornar as unidades Q01 e Q07???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desfizeram a composição Q49 para tornar as composições originais Q01 e Q07.

      Excluir
  3. Bom dia Diego, esse 1700 prateado que esteve baixado na Lapa vai curcular no trecho Luz-Morato?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, ainda não temos informação oficial sobre a remobilização desse trem, mas é provável que ele venha para o trecho principal.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Também o vi em Brás, Ricardo. Estava circulando no Expresso Leste.

      Excluir
    2. Vi ele na Luz , na quarta!

      Excluir
  5. E o série 7000 q foi envolvido naquela batida na barra funda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A composição Q02 dificilmente volta, Leonardo. A colisão afetou toda a estrutura do trem.

      Excluir
  6. Uma ótima noticia pelo menos trens que estavam parados vão voltar a circular.

    ResponderExcluir
  7. ueba ... essa me animou do 1700 pintura antiga cptm voltar ... podiam juntar os 2 e fazer um só nesse padrao para aumentar a demanda no trecho principal ... e colocar um dos 1600 que estão imobilizados depois da revisao para voltar a operação na ligação ...

    alias falando em remobilização ... alguem sabe por que diabos de domingo parassado para segunda feira tiraram uma parte de uma das litorinas e um vagao de um 1600 baixado do patio da lapa para o lugar onde ficam estacionados os trens para manutenção na lapa tb ... eram as que ficavam bem na frente quando se vinha da lapa para pirituba ... moveram para o lado da oficina

    ResponderExcluir
  8. otima materia diego,alias o Q1 7001-7004 era da linha 12 e agora infelizmente voltou para a linha 11,oq quero saber é se o Q7 7025-7028 quando estiver 100% vai voltar para a LINHA 7 ou vai ser enviado para outras linhas tbm,ja que a cptm adora mudar os trens de linhas neh... alias diego e o concurso como esta? alguma novidade? passou para a proxima etapa?

    ResponderExcluir
  9. DS você já percebeu que só os trens novos vem se envolvendo em acidentes por que?

    ResponderExcluir
  10. Essa noticia me deixa muito feliz!!!! hehe

    Mais assim o 1700 "prata", não está todo detonado fisicamente? A CPTM vai reforma-lo suponho?

    Uma pena que o Q02 não pode voltar a circular!! :/

    E o 1700 que está no pátio da Luz (metade metropolitano outra metade prata) a CPTM pretende por ele pra circular também?

    ResponderExcluir
  11. Provavelmente Carlos Fatore, se deve ao fato de termos uma tecnologia muito avançada para ferrovias tão velhas...

    ResponderExcluir
  12. Finalmente duas notícias excelentes! Uma pena é que a CPTM, de novo, errou ao colocá-lo na linha. O Q1 foi para outra linha (E.L) e não para a Linha 12 (Origem) ou a 7 (Mais necessitada).Sobre o 1700, é realmente uma boa notícia, e eu ainda acho que tem mais unidades que têm condições de serem realocadas na L7, e até penso que pode a CPTM vir a fazer isso...

    ResponderExcluir
  13. Se vier um 1700 prata na linha principal da L7 vai ser show.

    ResponderExcluir
  14. Diego, apenas uma informação. O Q1 não foi imobilizado devido ao descarrilamento de São Miguel. Dizem que foi devido a um descarrilamento ocorrido na região da Lapa (e imediações), quando o mesmo foi fazer um trabalho em Presidente Altino.

    ResponderExcluir
  15. Eh uma pena que o Q2 nao volte, um disperdicio pois axo os trens da serie 7000 um dos melhores trens em questao de conforto e velocidade, eh uma pena perder uma unidade daquelas, ainda mais que era da L7 q esta rodando com muitos trens antigos, e maioria ja estao muito velhos a ponto de se ver rachaduras no piso dele, uma coisa boa q a cptm poderia fazer eh uma reforma geral nos 1700 e aplicar o novo padrao, ele ficaria show de bola, eh um otimo trem

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores