quarta-feira, 20 de junho de 2012

Estação Suzano tem demolições iniciadas para obra

Estação Suzano, em obras
Fonte: DAT

Uma máquina e cerca de 20 funcionários do consórcio Constran OAS iniciaram os trabalhos para a demolição completa dos imóveis que foram desapropriados e desocupados nos últimos meses pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para a construção da nova estação ferroviária na área central de Suzano. Previsão da companhia indica que a nova estrutura de embarque orçada em aproximadamente R$ 40 milhões deverá ser inaugurada entre o final de 2013 e início de 2014. 
 No final da manhã de ontem, o trabalho se concentrava na demolição de três construções instaladas na rua Prudente de Moraes, a partir da rua Benjamin Constant em direção ao viaduto Ryu Mizuno. De acordo com informações passadas por trabalhadores do consórcio, todos os imóveis que foram desocupados na via (no sentido Suzano-Poá) serão derrubados nos próximos dias. Ainda de acordo com os funcionários ouvidos pelo DAT, a área que será liberada nos próximos dias deverá ser utilizada inicialmente como pátio de trilhos e dormentes.  
 A reportagem pediu a CPTM informações mais detalhadas sobre a operação iniciada para e derrubar as construções desapropriadas, mas até o fechamento da edição a companhia não se manifestou. 
Indefinição
Na semana passada a CPTM informou que dos 40 imóveis que terão de ser removidos para a implantação da nova estrutura de embarque, todos já foram notificados, mas somente 26 deles tinham sido desocupados até o dia 12 desse mês. "Os prazos para a desocupação dos imóveis são determinados pelo Poder Judiciário. 
O cronograma para a liberação dos imóveis depende do andamento das ações judiciais individuais", argumentou a assessoria de Imprensa para deixar claro que a liberação de toda a área que a empresa precisa para levantar a nova estação não depende diretamente da companhia.  
Segundo as últimas informações transmitidas pela CPTM, enquanto as desocupações e demolições não são concluídas, as equipes da empreiteira Mendes Junior (contratada em 2009 por meio de concorrência pública) estão trabalhando na execução das salas técnicas e caixas d´água. 
"O início de operação da estação provisória é o pré-requisito para o começo da reconstrução da nova estação de Suzano. A estação provisória está prevista para entrar em operação no segundo semestre (de 2012)", completou a assessoria em nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores