segunda-feira, 11 de junho de 2012

Poluição sonora lidera ranking de reclamações na CPTM

Diariamente, usuários sofrem nos salões de passageiros
Fonte: G1

A poluição sonora lidera o ranking de reclamações dos passageiros da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. De um total de 17.045 notificações em 2011, 4.620 foram sobre o barulho. O número de reclamações recebidas também aumentou - por mensagem de texto, passou de 228 em 2008 para 16.489 em 2011. Pelo telefone 0800 da companhia, o aumento foi de 31 reclamações em 2008 para 556 em 2011.
Os passageiros reclamam de pessoas que falam alto ao celular, escutam música alta, ambulantes nas estações e dentro dos vagões, da falta de respeito em relação aos assentos preferenciais (para idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo e deficientes físicos), pessoas que fazem pregações religiosas nas estações e nos vagões, entre outros.


CLASSIFICAÇÃO 2008 2009 2010 2011
Poluição sonora 18 1.178 2.183 4.620
Ambulantes 65 1.206 1.274 2.202
Comportamento inadequado de outros usuários 26 879 1.589 2.879
Pregação 30 320 261 387
Outros 120 1.874 3.294 6.957
Total 259 5.457 8.601 17.045  

As boas maneiras dentro dos vagões são tão raras que algumas atitudes merecem elogios, como a de um rapaz que cedeu lugar para um senhor de 84 anos. “Tem pessoas que fingem estar dormindo para não dar lugar para pessoas idosas”, diz a agente administrativa Eliete Gomes.

Não é raro também ver passageiro sentado no chão do vagão. Há pessoas que conversam tão alto no telefone que o vagão inteiro escuta a conversa. “Às vezes a gente não quer, mas acaba ouvindo por tabela. Briga de casais, relacionamentos que acabam”, relata o mecânico Geraldo Magela.

Na Linha 9-Esmeralda, a passageira fala sobre escala de trabalho. “Eu não folguei domingo, como é que vou folgar quinta?”. Também é possível ouvir a conversa de outra moça, que não gostou da atitude do amigo. “Ontem eu pedi o celular da Kelly, mas o babaca do irmão dela não me passou. Menino besta”.

Na linha 11-Coral, passageiros usam o banco para apoiar os pés. Nas estações e nos trens da CPTM também é proibido vender qualquer tipo de mercadoria, mas os ambulantes ignoram. Eles entram e anunciam os produtos.
 
Denúncias
As denúncias podem ser feitas através de mensagem de texto para o número 7150-4949 ou pelo telefone do disque-denúncia da CPTM: 0800-055-0121. “A pessoa deve mandar um torpedo que será recebido num telefone nosso. Essa imagem é transportada para uma tela de computador e o operador, tão logo tem a notícia do ocorrido, aciona via rádio o segurança da próxima estação. Se os dados estiverem bem consolidados, a possibilidade de sucesso é muito grande”, explica o gerente de segurança da CPTM Iran Figueiredo Leão.

Um comentário:

  1. Algumas pessoas fazem questão de estigmatizar os trens, pensam que lá podem instaurar a 'CASA DA MÃE JOANA' onde acham que podem fazer o que bem intendem.
    Na malha ferroviária só a CPTM evoluiu enquanto certos usuários foram mesmo para a contramão.

    Um dia no trem vi um pedinte mudo distribuindo fichinhas de papel para os passageiros implorando por uma doação de R$ 0,50. Vi pelo menos umas 20 pessoas comovidas doarem. Antes do deficiente descer, ele recolheu as fichas, guardou o dinheiro e na estação seguinte ele desceu e embarcou para o outro vagão pedir mais. Na verdade a maioria dos pedintes não precisa de ajuda, até se aproveitam... É por isso que eu não compro de ambulantes e nem faço doação a pedinte nenhum. Doação só para uma instituição séria.
    Já a poluição sonora é incrível como algumas pessoas ficam sem-noção quando ouvem uma música que para eles é tão espetacular que todos são obrigados a ouvir. Odeio essa gente sem educação, que não se toca, não tem o mínimo bom-senso. Poxa, é tão símples: Utilizar um fone de ouvido. Dá pra ouvir a música preferida num volume agradável e sem incomodar o próximo. Se não tem, vai a uma loja e compra um. O meu custou só R$15,00 rsrs.

    Conversa de celular já ouvi cada coisa. O récorde são as crises de relacionamento.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores