sexta-feira, 29 de junho de 2012

Viário e praça são recuperados em Osasco

Novos acessos da estação Osasco
Fonte: CPTM

A CPTM entregou, nesta quarta-feira [27] o novo viário e uma praça no entorno da estação Osasco que foram recuperados pela Companhia. O evento contou com a presença do presidente Mário Bandeira, do diretor de Operação, José Luiz Lavorente, e de autoridades do município.

"É mais um compromisso da CPTM cumprido", afirmou Mário Bandeira. "As obras de ampliação da estação Osasco estão trazendo benefícios não só aos usuários, mas para toda a cidade. Além de melhorias no entorno da estação, como esse viário e a praça, a população terá também à disposição um bicicletário, totalmente gratuito, que possibilita as pessoas virem até a estação de bicicleta e economizar os custos com o transporte", ressaltou o presidente.

No total, foram asfaltados 12.290 m² de vias, o equivalente a 3,5 km, com sinalização horizontal e vertical de solo. Também foram instalados 19 postes de iluminação e 500 metros de gradis. Além disso, foi construída uma base para abrigar agentes da Guarda Municipal, com 87 m² de área.

No lado norte da estação, a rua Erasmo Braga e o futuro terminal de ônibus urbano foram pavimentados. O estacionamento do terminal rodoviário, que dispõe de 49 vagas, passou por readequação e a via férrea recebeu novo gradil, aumentando a segurança.

Localizada no acesso sul da estação Osasco, a praça Antonio Menk, que conta com 3.580 m² de área, ganhou novo calçamento e iluminação. Em uma área de 258 m², foram implantados um bicicletário com 160 vagas, e sanitários [masculino e feminino] equipados com itens de acessibilidade.

Ampliação da estação Osasco
As obras que estão em curso têm o objetivo de atender o aumento da demanda de usuários. Com a ampliação, o edifício, de 10.000 m², terá praticamente o dobro de área: 19.600 m². A estação recebe atualmente cerca de 50 mil usuários por dia útil. As obras permitirão que essa capacidade seja praticamente duplicada. Além disso, está sendo implantada a terceira plataforma no local.

No início de março, foram liberados dois acessos da estação Osasco: um novo pelo lado norte, que faz conexão com a rodoviária, e outro modernizado no lado sul, junto à praça Antônio Menck. Os usuários foram beneficiados com a entrega de dois elevadores e cinco escadas rolantes, que melhoraram o conforto e a acessibilidade. A estação já conta com sanitários públicos e adaptados para pessoas com deficiência.

O investimento na ampliação da estação Osasco é da ordem de R$ 64,4 milhões e inclui as obras do viário concluídas neste mês.

Desafio
A CPTM está investindo na modernização de suas seis linhas. A exemplo de 2011, neste ano, serão aplicados recursos da ordem de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura que contemplam a implantação de novos sistemas de sinalização, telecomunicações, energia, rede aérea e via permanente. As estações mais antigas estão passando por obras de modernização e acessibilidade e a frota de trens está sendo renovada.

Hoje, o maior desafio que a CPTM enfrenta é executar as obras de modernização e, ao mesmo tempo, atender aos usuários. Fazer esse trabalho exige uma série de medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros, aos finais de semana, feriados e de madrugada, o que prolonga o tempo de implementação das obras, já que a linha não pode ficar fechada para a execução dos serviços, o que prejudicaria ainda mais o usuário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores