sábado, 15 de setembro de 2012

Expresso Jundiaí ainda vai demorar


Fonte: Revista Ferroviária

Hoje, a CPTM estará publicando no seu site o edital de licitação dos projetos básico e executivo para a implantação do Trem Expresso Jundiaí. O endereço eletrônico é www.cptm.sp.gov.br, e o texto pode ser baixado livremente. Escolhido o vencedor, será preciso esperar quatro anos para a conclusão dos projetos, o que por sua vez condiciona a abertura de PPP, segundo Silvestre Rocha Ribeiro, diretor de Planejamento da CPTM. "não podemos oferecer PPP sem ter a modelagem, e não podemos ter a modelagem sem o projeto executivo". A possibilidade de recorrer a uma MIP (Manifestação de Interesse Privado), como tem feito o Metrô de São Paulo, para acelerar o processo é descartada por Silvestre: "não precisamos disso".

O  eventual desinteresse dos parceiros privados - como aconteceu no Expresso Aeroporto -  também não o preocupa. Hoje, a CPTM tem no seu programa de obras a Linha 13-Jade para Guarulhos, partindo do Brás,  e estuda a  Linha 14-Ônix para o aeroporto, saindo da Luz. Nada impede que o mesmo aconteça com o Expresso Jundiaí:  "você acha que o governo estaria disposto a gastar R$ 150 milhões num projeto que não pretende executar?", pergunta o diretor.

O Expresso Jundiaí será um serviço rápido de ligação entre Jundiaí e São Paulo, com cerca de 47 km de extensão e tempo de viagem estimado em 25 minutos, e seguirá ao lado da atual ferrovia, que passa por Perus. A viagem terá duas paradas, uma na Água Branca, na capital paulista, e a outra no centro da cidade do interior. O valor do investimento na obra é estimado em R$ 3,2 bilhões.

Um comentário:

  1. torno a profanar ... porque diabos é tão dificil implantar um trem saindo da barrafunda que apenas 4 plataformas da quase dezena operam e na maior parte usar o trilho central que existe entre as linhas de operação comercial e nos trechos onde nao existe 3 linha ou terminar de ampliar como ja esta ocorrendo entre pirituba/jaragua/vila aurora ... e extender até a area que ja tem o 3 trilho denovo ... em vez de criar um traçado novo ... trens novos mais equipados ... obras...intervenções...gastos...etc...etc...etc ... sera que o governo precisa tanto assim mostrar um projeto "cuti cuti "? cheio de intrincas e luxos para prestar um serviço a um "povão" que mais quer sair de jundiai e chegar em sp sem precisar baldear e parar em tudo que é estação para finalmente chegar no centro de sp para poder trabalhar ... sera que precisa mesmo de um trem com bancos estofados ? bancos numerados ? wi-fi ? ou simplesmente algo funcional e que torne util ao cidadao que esta cansado da superlotação na linha 7 e uma solução facil e barata que seria apenas implantar esse trem por hora calculando intervalos que acesse os desvios de linha desviando das composições normais presentes na linha até se construir um 3 trilho onde não existe ainda ... e futuramente por uma linha segregada no traçado atual

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores