segunda-feira, 22 de outubro de 2012

CPTM apresenta simulador de trens da estação Brás para blogueiros e participantes de redes sociais

Posto de observação
Por Diego Silva

Caros leitores, alguns de vocês devem ter achado estranho eu ter parado de escrever matérias. Não é pelo momento ruim da empresa, mas sim pela questão da minha ocupação semanal. O atual trabalho tem me tomado muito tempo, o que tirou um pouco minha concentração para escrever esses relatos. Hoje eu consegui um tempinho livre e aproveitando um momento de inspiração, venho contar para vocês sobre uma visita que fiz na CPTM na véspera do feriado de 07 de setembro, onde fui convidado para conhecer o novo simulador de trens, na estação Brás.


Quando recebi o convite da Companhia para visitar o simulador, até fiquei surpreso. 'Poxa, lembraram que eu existo? (risos)', foi o primeiro pensamento que veio à mente. A CPTM não é muito adepta de receber os líderes de comunidades sociais e blogs que falam sobre a empresa, ao contrário do Metrô de São Paulo, que faz questão de nos receber bimestralmente para um bate-papo descontraído. Só a critério de informação, a equipe do Metrô nos recebe para uma conversa informal, a fim de saber o que as mídias acham do atual serviço, o que pode ser melhorado, adaptado e também novas sugestões e opiniões. Um trabalho digno do Diretor de Operações, com participação de vários setores, como Segurança Operacional, Relacionamento com a Comunidade, Diretoria de imprensa e de marketing. 

Mas voltando à CPTM, que ainda é muito restrita com essa questão, o convite foi aceito e fiz essa visita no Simulador de Trens da Estação Brás, junto com outros admiradores, blogueiros e líderes de comunidades sociais. Recebido por duas funcionárias do 'Relacionamento com o Usuário', além do supervisor de tração Lourenço, das linhas 11-Coral e 12-Safira (um parêntese: ótimo profissional, muito calmo e paciente para sanar todas as dúvidas pertinentes à operação), fizemos uma breve introdução e nos foi permitido acessar os equipamentos para conhecer a rotina do maquinista. Para quem me acompanha há algum tempo, sabe que não é a primeira vez que participo de tal atividade, uma vez que fazia treinamentos constantes no Senai da CPTM, inclusive no Simulador de Trens da Lapa.

Aproveitando a oportunidade para relembrar alguns procedimentos operacionais
Deixei o espaço aberto para quem não conhecia os simuladores, já que possuía algum conhecimento. Os demais participantes se divertiam com todo o procedimento, uma vez que nunca tinham visto ou operado nada parecido. Como foi aberta a possibilidade de operar o trem por 20 minutos de simulação, aproveitei para relembrar alguns procedimentos (como o reestabelecimento do trem em caso de falha no ATC, muito bem observado pelo supervisor Lourenço). Foi uma visita rápida, algo em torno das 09h às 12h. Mas foi bacana ser lembrado pela Companhia, que anda muito distante das mídias sociais. Fico contente que ainda se lembrem das pessoas que 'perdem seu tempo' comentando sugestões e melhorias na empresa, tanto no Facebook como em blogs, Twitter e SSC. Agradecimento às duas funcionárias que nos receberam e ao supervisor Lourenço, pela paciência e pelas explicações.

4 comentários:

  1. Muito bom o blog,meu amigo que recomendo,ai vir conferir e eu vou recomendar tb,e acompanha..me recomendaro esse site de rastreamento pois eu tava precisa http://rastreamentodecelular.net sera que é bom? rsrsrsrs abraços..parabens pelo blog

    ResponderExcluir
  2. qual a diferença na simulação em dias normais e dias chuvosos? pois na realidade a velocidade ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dias normais: velocidade máxima pertimitida e boas condições de visibilidade. Dias de chuva: visão prejudicada, velocidade reduzida e maior campo de frenagem.

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores