quinta-feira, 22 de novembro de 2012

CPTM inicia obras na estação Poá, ao custo de R$ 16 milhões


Fonte: DAT

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) iniciou há poucos dias a obra para modernização da estação central de Poá. O investimento para adequação da estrutura que atende cerca de 300 mil passageiros por dia poderá chegar a R$ 16 milhões.

Nessa fase inicial dos trabalhos o que mais chama a atenção na iniciativa da CPTM é a inusitada avaliação feita por vários usuários do serviço ouvidos pelo Diário do Alto Tietê no final da manhã de ontem. Para os entrevistados, as atuais instalações de embarque e desembarque estão em boas condições de uso e nem precisariam passar por adequação ou modernização.

Inaugurada em 1984, a estação poaense dispõe de cobertura nas escadas que dão acesso às plataformas, banheiros públicos e razoável acessibilidade para usuários que tem mobilidade reduzida. As facilidades oferecidas aos passageiros que utilizam a estação de Poá são bem maiores, por exemplo, que as oferecidas pela CPTM aos usuários de estações instaladas em Itaquaquecetuba, que só deverão ser revitalizadas a partir de 2013.

As atuais estruturas de embarque nas estações de Suzano e Ferraz, que recebem até 50% mais passageiros por dia que a estação de Poá, também são inferiores. Em Suzano, as escadas de acesso às plataformas só deverão ganhar cobertura em 2014, com a inauguração da nova estação que está sendo construída no centro.

Projeto
Para os estudantes Gabriel Santos Silva e Hélder da Costa, não é preciso fazer grandes investimentos no prédio, que completará 30 anos de inauguração em 2014. Gabriel chegou a dizer que a estação do centro da cidade oferece melhores condições aos usuários que a estação de Calmon Viana, cuja reconstrução ao custo de pouco mais de R$ 8 milhões, foi entregue pela CPTM em 2010. "Se colocarem escadas rolantes ficará melhor ainda (a de Poá), mas hoje ela é melhor que a de Calmon", observou o adolescente.

E mesmo com os usuários (entrevistados) satisfeitos com a estrutura, a companhia começou os trabalhos pela construção de um escritório que deverá servir de base de operações da empreiteira Pedra Coral, contratada pelo governo do Estado por meio de concorrência pública para reconstruir a estação.

5 comentários:

  1. ESSA OBRA É UMA COISA DESNECESSÁRIA POIS A ESTAÇÃO DE POÁ ESTÁ EM BOAS CONDIÇÕES DE USO,SÓ BASTASSE MELHORAR A COBERTURA ENFIM COBRIR TODA A PLATAFORMA E INSTALAR ELEVADORES PARA PESSOAS
    COM MOBILIDADE REDUZIDA PARA ASSIM FACILITAR A VIDA DE PESSOAS NESSAS CONDIÇÕES MAS POR OUTRO LADO A CPTM ESTÁ SE MOSTRANDO UMA EMPRESA FALHA E DECADENTE DIGO ISSO PORQUE POR OUTRO LADO AS OBRAS DA ESTAÇÃO DE FERRAZ DE VASCONCELOS SEGUEM A PASSOS MAIS LENTOS DO QUE OS DE UMA TARTARUGA E SEM FALAR QUE AS VIAS DA LINHA 11 CORAL SÃO CHEIAS DE RESTRIÇÕES DE VELOCIDADE,COISAS QUE ATRASAM E MUITO A VIAGEM DOS USUÁRIOS DA LINHA,E A CPTM NÃO FAZ ABSOLUTAMENTE NADA PARA MELHORAR ESSA SITUAÇÃO EU ESTIVE CONVERSANDO COM UM ENCARREGADO DA ESTAÇÃO DE GUAIANAZES E ELE ME DISSE QUE ISSO ACONTECEU POR PROBLEMAS COM LICITAÇÕES ,MAS ASSIM DISSE ELE QUE TUDO JÁ ESTÁ RESOLVIDO E QUE O ANO QUE VEM AS OBRAS VÃO SE INTENSIFICAR NAS LINHAS 11 E 12,MAS O QUE NOS RESTA É BOTAR FÉ NISSO E ESPERÁRMOS QUE ISSO REALMENTE SE TORNE VERDADE,POIS AS LINHAS 11 E 12 ESTÃO SERAIMENTE DOENTES DIANTE DE TODOS ESSES PROBLEMAS ,QUE SÃO GRAVES

    ResponderExcluir
  2. DIEGO, PRECISO TE PERGUNTAR UMA COISA,EU VENHO SEMPRE AQUI NO BLOG COMENTANDO SOBRE RESTRIÇÕES DE VELOCIDADE QUE EXISTEM NAS LINHAS 11 CORAL E 12 SAFIRA, QUERO PERGUNTAR SE VC TEM ALGUMA ESTIMATIVA DE QUANDO A CPTM VAI INICIAR OBRAS PARA RESOLVER ESSE PROBLEMA E SE A CPTM TEM PLANOS DE FAZER OBRAS DE GRANDE PORTE NAS VIAS E DEMAIS ESTRUTURAS DESSAS DUAS LINHAS ,DESDE JÁ MUITO OBRIGADO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas obras já ocorrem todos os finais de semana, Márcio. Por conta disso, existem tantas dificuldades para se transitar aos sábados e domingos. Obras mais leves na via (como substituição dos trilhos, Amv's) e substituição das catenárias e rede aérea, tudo para suportar mais trens, num menor intervalo.

      Excluir
  3. Uma pergunta?!!
    Porque que a CPTM não faz obras e manutenção durante a noite como ocorre no METRO? assim não ficaria dependendo apenas dos domingos e feriados como ocorre hoje...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberto, a CPTM também realiza obras de manutenção nas madrugadas, quando a circulação é interrompida. Nesse meio tempo, alguns trabalhos mais simples são realizados, visando a adequação dos trilhos e sistemas de energia. Aos finais de semana, devido às obras mais complexas, é necessário interromper trechos e causar todas as inconveniências que já estamos cientes. Casos como trocar trilhos, dormentes e cabeamento elétrico, trabalho este que exige desligamento de energia e consequente interrupção da passagem dos trens, é de louvável realização aos domingos.

      Excluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores