sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Usuários da Linha 10 enfrentaram dificuldades com chuva e alagamento na via ontem à noite


Por Diego Silva

A noite de ontem foi um pouco mais complicada para quem precisou retornar à região do ABC de trem. Uma forte chuva alagou dois pontos na região da estação Santo André, impedindo o tráfego dos trens em ambos os sentidos. O tempo de espera entre as composições chegava à meia hora quando a Companhia decidiu por interromper parcialmente a circulação.

Partimos da estação Brás por volta das 22h e tivemos o trem evacuado na estação de São Caetano, cerca de vinte minutos depois. As plataformas, já lotadas, recebiam ainda mais pessoas com a chegada de uma terceira composição, também evacuada, por conta da impossibilidade de seguir viagem à frente. 

O que se percebia era um grande fluxo de pessoas aguardando uma composição que pudesse seguir viagem. Em questão de vinte minutos, a CPTM informou que o trecho seria liberado em alguns instantes, o que de fato aconteceu. 

Com a plataforma lotada, os usuários aguardavam nas partes com cobertura, pela oportunidade de poder retornar aos seus lares. Com duas composições, todo o problema já estava resolvido e a circulação normalizada na Linha 10.

Desencontro de informações
Ao ser informado sobre o alagamento, entrei em contato nas redes sociais e os blogueiros e tuiteiros mais próximos informavam além do alagamento, uma descarga elétrica na subestação de Santo André. O fato não foi confirmado, mas soubemos através de um maquinista que a circulação estava sob autorização no trecho Prefeito Saladino x Capuava, devido pane nos sinais.

Abuso dos usuários nas plataformas
Com a circulação interrompida, usuários fizeram o que bem entenderam nas plataformas da estação São Caetano. Algumas pessoas foram vistas fumando sem a menor preocupação, enquanto outros praticavam comércio ambulante sem qualquer impedimento. Enquanto isso, três seguranças terceirizados ficavam parados apenas observando. Ao serem informados pelo sistema de sonorização sobre a partida de um dos trens estacionados, usuários pularam as vias e ameaçaram praticar vandalismo na estação. 

Notou-se nenhum comprometimento da CPTM e da segurança terceirizada com o bem-estar dos usuários, uma vez que diversas pessoas desceram à via. A coisa tomou tal rumo que, um dos seguranças chegou a ficar batendo papo com um dos ambulantes, como se nada estivesse acontecendo.

Orientação
Ontem foi só o começo de uma temporada de fortes chuvas. Como já sabemos, a Linha 10 alaga com facilidade. Nesses casos, reiteramos a necessidade de manter a calma, não descer na via e tampouco acionar freios/sistemas de emergência dos trens. A CPTM tem por procedimento paralisar a circulação dos trens quando a água cobrir os trilhos. Essa é uma medida de segurança, tanto para a operação quanto para os usuários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores