sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

CPTM suspeita de sabotagem em acidente na Linha 11-Coral

Trem da série 4400 foi atingido no acidente: composição chegou a explodir diversas vezes
Fonte: G1

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) suspeita que uma sabotagem tenha provocado a falha na extensão da Linha 11-Coral, na região de Poá, registrada na madrugada desta sexta-feira (25). Equipes de manutenção ainda trabalhavam para solucionar o problema por volta das 10h. 

Técnicos da companhia encontraram um objeto de madeira e arame, que foi lançado sobre a rede aérea de alimentação da linha que liga Guaianazes – Estudantes.

Segundo a CPTM, o caso foi comunicado à polícia, que já investiga ações semelhantes. “ A suspeita é que o ato de vandalismo seja, na verdade, uma ação de sabotagem, pois o dispositivo sobre a rede elétrica provocou um curto circuito durante a passagem do primeiro trem naquele ponto, paralisando a via férrea ”, diz nota divulgada pela companhia nesta manhã.

Os trens circulavam por uma única via no trecho entre as estações Calmon Viana e Guaianazes. Segundo a companhia, a circulação está normal entre Estudantes e Calmon Viana.
A opção para quem vai para o Centro de São Paulo é fazer a transferência em Calmon Viana, para a Linha 12-Safira (Brás - Calmon Viana).

Linha 9-Esmeralda
Em 4 de janeiro, uma falha registrada na Linha 9-Esmeralda, que liga o Grajaú, na Zona Sul, a Osasco, na Grande São Paulo, também levantou a hipótese de sabotagem. Técnicos localizaram um cabo amarrado a um pedaço de madeira que teria sido jogado por alguém que estava na Ponte do Morumbi, segundo o governador Geraldo Alckmin. A madeira atingiu o pantógrafo, responsável pela alimentação de energia do trem, causando a pane. Alckmin garantiu que não houve falha do sistema.
Na época, a CPTM afirmou que "toda a estrutura de rede aérea na região é nova, assim como os trens que circulam naquela linha, não sendo identificada, a priori, nenhuma razão técnica para a ocorrência" e que registrará boletim de ocorrência para apurar o ocorrido.

3 comentários:

  1. Acredito mesmo em sabotagem! moro próximo da linha férrea, bem no trecho onde teve o problema, parecia uma cena de fim do mundo! um barulho enorme e um alto curto circuito que corria por um longo trecho da via...diversas pessoas saíram de suas casas onde podíamos observar um enorme clarão seguido do enorme barulho. Tudo isso por volta das 4.10 da manha!

    ResponderExcluir
  2. ainda bem que a molecada de ontem cresceu ... e fita k7 nao se acha tao facil nos dias de hoje ... pq se jogar essa fita na rede aerea virar moda .... nao quero nem ver ... lembro quando criança que agente aqui do bairro estourava transformador de poste com isso....

    ResponderExcluir
  3. AS AUTORIDADES BRASILEIRAS DEVERIAM COLOCAREM LEIS BEM SEVERAS CONTRA PESSOAS QUE ATENTAM CONTRA O PATRIMONIO PÚBLICOE DA CPTM E OUTROS ÓRGÃOS ASSIM COMO CONTRA A OPERAÇÃO DA CPTM, ESSAS AÇÕES EXIGEM QUE A POLÍCIA PROCURE INVESTIGAR COM MAIS PROFUNDEZA A OCORRENCIA DESSES FATOS E PUNIR SEVERAMENTE OS AUTORES DESSES ATOS EXECRÁVEIS QUE ATRAPALHAM A VIDA DOS USUÁRIOS DA CPTM E COLOCAM EM XEQUE A CREDIBILIDADE DO SISTEMA POR PARTE DOS USUÁRIOS, POR ISSO ESSES CASOS COMO O OCORRIDO NA LINHA 9 E AGORA NA LINHA 11 PRECISAM SEREM INVESTIGADOS MAIS PROFUNDAMENTE E CHEGAR ATÉ AS PESSOAS QUE COMETEM ESSES CRIMES CONTRA A CPTM.

    ResponderExcluir

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores