quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Governador confirma pedido do Governo Federal para não aumentar tarifas de CPTM e Metrô


Fonte: Messenger notícias

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, confirmou na manhã desta quarta-feira, 15, que o governo federal também pediu para que o Estado segure o reajuste nas tarifas do metrô, CPTM e EMTU no primeiro trimestre deste ano, com o objetivo de evitar pressão nos índices inflacionários. De acordo com Alckmin, que integra o PSDB, partido de oposição ao PT da presidente Dilma Rousseff, o Estado fará "todo o possível" para atender à solicitação.

"O governo federal nos solicitou se podíamos não fazer a correção (das tarifas) no primeiro trimestre, em razão de evitar um pico inflacionário. Então nós vamos fazer todo o possível", afirmou o governador, durante visita a um complexo no Jaguaré, na zona oeste da capital, onde será construído um parque tecnológico.

Alckmin afirmou, no entanto, que a decisão sobre aumentar ou não as tarifas deve ser tomada apenas no mês que vem. "Precisamos verificar o suporte do metrô, EMTU e CPTM. Mas vamos analisar sim. Então este é um tema para fevereiro", garantiu, ressaltando que esses reajustes costumam ocorrer a cada doze meses. "E o mês (dos reajustes) tem sido em fevereiro (nos últimos anos)", afirmou o governador.

Na terça-feira, o prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse, em entrevista à Rádio Estadão, que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, pediu que ele adiasse o reajuste na tarifa de ônibus da Capital para não pressionar a inflação. O reajuste estava previsto para este mês de janeiro, mas Haddad adiou o aumento para início de junho.

Jeitinho brasileiro
Um dos jornais que serve de referência para o mundo das finanças, o Financial Times, ironizou hoje em um artigo o "jeitinho brasileiro" aplicado aos temas monetários e chegou a apontar que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o Banco Central estariam se transformando em "profissionais" nisso.

Mantega também estaria usando o jeitinho para combater a inflação. Citando a Rádio Estadão, o FT aponta que o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, confessou que Mantega o pediu para não elevar as tarifas de transporte, para segurar a inflação. Segundo o jornal, Mantega já um "especialista no jeitinho", diante de sua administração do crescimento e da própria moeda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores