quarta-feira, 27 de maio de 2015

Ferroviários da CPTM adiam greve e decidem esperar negociações


Por Diego Silva
Fonte: Divulgação Sindicatos

Os funcionários da CPTM tiveram nesta terça uma nova audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho, em São Paulo. Os representantes da empresa fizeram uma nova proposta de reajuste, de 7,72%. O percentual foi maior que o proposto anteriormente, de 6,65%, porém, menor do que o índice proposto pelo TRT (que foi de 8,25%).

Na assembleia, os ferroviários rejeitaram a proposta da CPTM e definiram uma contra-proposta de 9,29%. Apesar disso, os sindicatos entenderam que houve avanço nas negociações. Uma nova reunião está agendada para o dia 2 de junho, juntamente com uma nova assembleia (na noite do mesmo dia 2/6), para decidir sobre uma possível paralisação dos serviços à partir do dia seguinte.

Em nota publicada no Facebook, a CPTM diz ''confiar na responsabilidade de seus empregados em garantir a prestação de serviço e não prejudicar os cerca de 3 milhões de passageiros que diariamente utilizam o trem como meio de transporte'', reforçando assim, o funcionamento normal de suas seis linhas nesta quarta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores