quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Técnicos iniciam reforma provisória da Luz

Foto: Renato Cerqueira - Divulgação - Futurapress
Por Diego Silva

Na tarde desta quarta-feira, técnicos do IPT (Instituto de Pesquisas Técnicas de São Paulo) estiveram nos escombros e cinzas da estação Luz, juntamente com bombeiros e técnicos da CPTM. A expectativa era analisar as condições do prédio e saber se é possível reabrir a estação para atendimento dos mais de 400 mil usuários que por ali passam diariamente. Era possível ver dois guindastes erguendo pedaços de madeira e alguns aparatos que restaram do incêndio ocorrido na última segunda-feira, 21 de dezembro.

Segundo a primeira análise do IPT, ainda há risco de desabamento das paredes da estação, por isso o prédio não foi entregue para a circulação de trens. Técnicos do Instituto dizem que, no momento, isto é 'secundário' (devolver a circulação de trens no local). Nesta quarta, iniciam-se algumas obras emergenciais no local, a fim de evitar maiores danos e um possível desabamento. Para a CPTM, há esperança de reabrir a estação na segunda-feira, dia 28. Mas tudo dependerá de uma análise profunda dos técnicos envolvidos na perícia e reforma do centenário prédio.

Enquanto isso, usuários enfrentam lotação e demora nas integrações com o Metrô nas estações Brás e Palmeiras-Barra Funda. Como o fluxo praticamente triplicou, principalmente de manhã, há dificuldade no embarque nas citadas estações. Alguns usuários reclamaram da dificuldade na integração do Brás, observado pelo blog hoje de tarde, mas não houve nenhum contratempo verificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Obrigado por comentar no blog. Pedimos a gentileza de não usar palavras ofensivas contra a empresa nem contra seus funcionários, ou mesmo contra o blogueiro. O objetivo do blog é informar e compartilhar conhecimento.

Siga o blog por email

Seguidores