Senai CPTM


A história do Centro de Formação Profissional 'Engenheiro James C. Stewart' é impossível de se distinguir da própria história da formação profissional ferroviária no Brasil, mais especificamente no estado de São Paulo. 

O primeiro centro de formação foi formado em 1943, nas oficinas da São Paulo Railway, com número reduzido de alunos. Em 1951, com instalações apropriadas, foi transformada na Escola Profissional Ferroviária de Paranapiacaba. Em 1954, mais uma escola iniciou suas atividades, recebendo o nome de Escola Profissional Ferroviária da Lapa. Com a criação da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), e, em 1961, com o evento do acordo entre RFFSA e SENAI, o nome dessas escolas passou para Escola SENAI Ferroviária de Paranapiacaba e Escola SENAI Ferroviária da Lapa.


Com o objetivo de unificar as duas escolas num único Centro de Aprendizagem, em 1972, foi fundado o Centro de Formação Profissional de São Paulo, que mais tarde, em 1975, com novas instalações, recebeu o nome de Centro de Formação Profissional 'Engº James C. Stewart'. Seu nome foi escolhido carinhosamente nos assentamentos da RFFSA para homenagear James Cleghorn Stewart, nascido em Edimburgo (Escócia), em 23/11/1890. Contratado em Londres para trabalhar na antiga São Paulo Railway - SPR, veio para o Brasil em 1913, destacando-se, profissionalmente, por sua capacidade e dedicação. Faleceu em 04/08/1973, ainda em atividade.

O Centro de Formação Profissional é mantido, desde 1994, pela CPTM, por meio de convênio de cooperação técnica, firmado com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI.

Em 1994, quando a CPTM assumiu os sistemas de trens da região metropolitana, tendo como objetivos principais: recuperar, concluir, otimizar e expandir o sistema de transporte de passageiros sobre trilhos, promovendo a remodelação e a modernização do sistema, tornou-se imperioso o trabalho para a preparação de profissionais com formação específica em transporte sobre trilhos, profissionais estes que o mercado não oferece com características tão próprias.

Os cursos desenvolvidos ao longo dos anos, no Centro de Formação Profissional, demonstraram eficácia e eficiência na formação de profissionais que atuaram e atuam, na ferrovia, formando alunos que poderão vir a ser efetivados pela empresa e prestando serviços de treinamento aos empregados da CPTM.


Cursos oferecidos
- Técnico em Sistemas Eletroeletrônicos de Transporte sobre Trilhos
- Técnico em Sistemas Mecânicos de Transporte sobre Trilhos
- Técnico em Transporte sobre Trilhos
- Eletricista de Manutenção de Sistemas de Transporte sobre Trilhos
- Mecânico de Manutenção de Sisteams de Transportes sobre Trilhos
- Assistente Administrativo
- Agente Operacional de Sistemas de Transportes sobre Trilhos

O Centro de Formação atende a Lei do Aprendiz. Para ingressar nesta unidade, é necessário prestar um concurso público para aprendiz, promovido pela CPTM, através de uma empresa contratada para esse fim (atualmente, a empresa que realiza os concursos da CPTM é a Makiyama). As inscrições são feitas pela internet, pelo site www.makiyama.com.br . Os interessados deverão observar os pré-requisitos dos cursos no edital.

Maiores informações: http://www.sp.senai.br/ferrovia

Seguidores